Home Academia Loja Inglês Login Site Login Socio Newsletter Redes Sociais Compras Logout Site Login Socio Newsletter Redes Sociais Compras Login Site Logout Socio Newsletter Redes Sociais Compras Logout Site Logout Socio Newsletter Redes Sociais Compras
HomeClubeHistóriaBiografias

 

Vítor Manuel Afonso Damas Oliveira nasceu a 8 de Outubro de 1947, em Lisboa.

Chegou ao Sporting aos 14 anos, trazido por um vizinho que jogava ténis de mesa. Ele queria ser avançado, tal como Vasques e Travassos, os seus ídolos de infância! Curiosamente, o seu primeiro treinador (na categoria de principiantes) foi o próprio José Travassos: os treinos ocorriam a seguir aos jogos da equipa de reservas – e então dezenas de Sócios deixavam-se ficar ali, só para ver Damas o ‘miúdo de borracha’ que já então começava a ganhar nome. ‘Não posso mais, senhor Zé’, dizia ele ao treinador, Travassos, que o enchia de remates durante treinos inteiros.

Era elegante, valente, eficaz e os seus enormes reflexos, misturados com a extraordinária elasticidade, permitiam-lhe muitas vezes ‘aparecer do nada’ como um relâmpago, surpreendendo os avançados que já festejavam o golo. O próprio Eusébio afirmou: ‘Foi o melhor guarda-redes que alguma vez defrontei’. Estreou-se, em 1966, na equipa principal com apenas 19 anos.

Entre 1975 e 1980 jogou em Espanha no Racing de Santander, onde se tornou ídolo absoluto. Quando regressou a Portugal foi jogar no Vitória de Guimarães, onde Pedroto conseguiu, finalmente, trabalhar com o guarda-redes dos seus sonhos: ‘As pessoas já me consideravam velho com 32 anos, mas mais nove haveria de jogar. Só me posso arrepender de não ter entrado em Portugal directamente para Alvalade’.

Voltou ao Sporting Clube de Portugal como o filho pródigo, mas não conseguiu concretizar o grande sonho de ser novamente Campeão Nacional.

Em 1984 esteve no Europeu de França (onde Portugal ficou em 3º lugar) e dois anos depois, despediu-se da Selecção Nacional no Campeonato do Mundo realizado no México. Entre a primeira e a sua última internacionalização decorreram 17 anos, um recorde ainda por bater.

Quando aos 41 anos abandonou a carreira, a sua contribuição ao Sporting ainda não tinha esgotado: foi treinador de guarda-redes do plantel sénior até 1999, treinador principal do clube-satélite Lourinhanense e ainda da equipa B dos leões em 2001. Vítor Damas foi um atleta prodigioso e aquele que mais envergou a camisola leonina: 743 vezes, um recorde difícil de igualar.

Faleceu antes de completar 56 anos (a 13 de Setembro de 2003), vítima de doença prolongada que lhe deu tempo ainda para uma última homenagem, no novíssimo Estádio José Alvalade.

Curriculum:
   Nome: Vítor Manuel Afonso Damas de Oliveira
   Local de Nascimento: Lisboa
   Data de Nascimento: 8 de Outubro de 1947
   Início de Carreira no Sporting: 1961
   Internacionalizações: 29

   Títulos conquistados ao serviço do Sporting:
           2 Campeonatos Nacionais
           3 Taças de Portugal

Untitled Document
Albano Alfredo Trindade Àlvaro Cardoso Anselmo Fernandez Armando Marques António Stromp Bessone Basto Beto Acosta Carlos Gomes Carlos Lopes Carlos Xavier Carvalho César Prates Cinco Violinos Damas Dionísio Castro Domingos Castro Faísca Fernando Mamede Fernando Mendes Francisco Stromp Hilário Jardel Jesus Correia João Azevedo Joã Martins Joã Morais Joã Rocha Joaquim Agostinho Jordão Jorge Vieira Jos&;eacute Alvalade Juca Júlio Rendeiro Lídia Faria Luís Figo Livramento Manuel Brito Manuel Caldeira Manuel Fernandes Manuel Marques Manuel Oliveira Marco Chagas Máio Lino Mascarenhas Moniz Pereira Oceano Osvaldo Silva Pedro Gomes Peter Schmeichel Peyroteo Reis Pinto Ricardo Ferraz Salazar Carreira Travassos Vasques Visconde de Alvalade Yazalde

RSS Política Privacidade Termos e Condições Contactos Investidores Recomendar Site Ajuda