Home Academia Loja Inglês Login Site Login Socio Newsletter Redes Sociais Compras Logout Site Login Socio Newsletter Redes Sociais Compras Login Site Logout Socio Newsletter Redes Sociais Compras Logout Site Logout Socio Newsletter Redes Sociais Compras
HomeNotíciasFutebolFutebol Profissional
26-12-2011
Luís Vidigal: "O Sporting é paixão, é acreditar"
Luís Vidigal, em exclusivo ao jornal «Sporting», concede a sua primeira grande entrevista após o regresso ao Clube. O antigo médio «leonino» faz quase que um balanço de vida e, de coração aberto, fala do seu amor ao Sporting.

Jornal "Sporting" – Como é que o Luís Vidigal nasceu para o futebol?
Luís Vidigal
– O meu pai encontrou no futebol a forma de satisfazer os filhos. Pertenço a uma família numerosa, somos 12 irmãos – oito rapazes e quatro raparigas. Vivemos tempos difíceis ao fugir da guerra em Angola e não era fácil para um pai encontrar solução para satisfazer tantos filhos, em altura de festas de família como o Natal. A bola conseguia resolver esses problemas. A determinada altura, percebemos que tínhamos algum jeito, daí começarmos a organizar torneios de bairro, a construirmos o nosso próprio campo de futebol, em Elvas, num terreno baldio, e a pedir «emprestadados» uns barrotes de madeira para fazermos as balizas. Foram tempos espectaculares e é com alguma tristeza que, hoje, quando volto a Elvas, já não encontro esse campo de futebol.

Como é que o Vidigal, que cresceu para o futebol num clube com poucas condições, analisa a Academia Sporting/Puma?
Contra algumas opiniões, temos ali o melhor lugar para se poder fabricar jogadores. Mas, também tenho de comentar as poucas condições que tive: essa falta de condições está a fazer falta. É preciso sentir dificuldades para se chegar à equipa principal do Sporting. Dentro da Academia, temos de criar rotinas de competição internas. Os miúdos têm de perceber que, em cada ano, têm de justificar a sua permanência e não podem sentir que naturalmente sobem de escalão. Tem de haver uma luta diária, para que se possam formar como jogadores. As facilidades não ajudam ninguém. As coisas quando são fáceis, nem sabor têm. Chegar à equipa principal não pode ser algo que pensem ser banal.

Leia a entrevista na edição do Jornal "Sporting", terça-feira nas bancas.

Subscreva o Jornal Sporting

Partilhar
25-12-2011
Clássico a 7 de Janeiro
25-12-2011
Bilhetes à venda
24-12-2011
Sorteio da Taça a 28 de Dezembro
24-12-2011
Em todas as frentes!
22-12-2011
‘Ganhar todos os títulos’

RSS Política Privacidade Termos e Condições Contactos Investidores Recomendar Site Ajuda