Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

18
Andebol - Seniores

Carlos Carneiro

  • 36 Anos Central
  • Data de nascimento 03 março 1982 1,85m | 88 kg
  • País Portugal

Está aqui

Biografia
Carlos Carneiro

Carlos Carneiro trocou o Benfica pelo Sporting movido pela vontade de ser campeão, em Alvalade. Consigo, trouxe também a ponta de sorte que tem faltado ao Clube

Num primeiro olhar, saltam à vista as tatuagens. Embora não sejam “tantas como gostaria que fossem”, existem dados, a data de nascimento e uma carpa chinesa, que simboliza a sorte. No braço direito, em grande plano, vê--se um jogador de andebol. Imponente, em posição de remate. Por baixo, o número 18. Precisamente aquele que Carlos Carneiro irá envergar nas próximas três épocas de ‘leão’ ao peito.

O ex-capitão do Benfica chegou ao Sporting depois de oito anos ao serviço do rival. “O meu ciclo no Benfica fechou e precisava de um novo estímulo. A partir do momento em que surgiu uma proposta do Sporting, era impossível recusar. O Sporting é um grande Clube, com uma história tremenda em todos os desportos e nunca poderia rejeitar esta possibilidade”, explica o central de 33 anos.

Carlos Carneiro, que até começou por jogar futebol no Vitória de Guimarães, antes de trocar os pés pelas mãos no clube minhoto, encara esta mudança para Alvalade com apenas uma grande meta em mente: “Quero ser campeão aqui. É esse o nosso grande objectivo, desde a estrutura aos jogadores. É algo que foge há bastante tempo, não só a mim como ao Clube, e a intenção é recuperar esse título”, afirma o central, acrescentando: “Não venho para marcar golos ou brilhar. Claro que quero jogar bem, mas cheguei única e exclusivamente para ser campeão”.

Quanto a expectativas, o número 18 apenas promete “trazer experiência e companheirismo, lutar pelo Sporting e muita vontade vencer”. O ‘leão’, que foi nomeado o melhor jogador da Liga em 2011 e 2013, conhece bem os Sportinguistas. Afinal de contas, foram oito anos a defrontá-los... “Sei que os adeptos do Sporting, na altura, não deviam gostar muito de mim porque, para além de ser do rival, tinha uma forma de jogar que, às vezes, é complicada. Mas espero ser recebido da melhor maneira porque o Sporting tem uma massa associativa fantástica, sempre senti isso quando defrontei o Clube e espero provar que vim para ajudar e ter a confiança deles quando entrar em campo”, confessa, lançando argumentos merecedores do apoio ‘leonino’: “Vou entregar-me ao Clube, aos adeptos e dar tudo de mim para lhes oferecer alegrias e defender as cores do Sporting. Quero tanto ou mais do que eles ser campeão nacional”.

Carlos Carneiro confessa que defrontar o Benfica “vai ser especial, tal como era quando jogava contra o Sporting”, salientando que “será mais um jogo para vencer em busca do título”. Título esse que, na época passada, “esteve muito perto, mas faltou a estrelinha da sorte”. Para o ano, a falta de sorte não será desculpa: afinal, Carlos Carneiro trouxe consigo a carpa chinesa.

O LADO B DE CARLOS CARNEIRO

Como se define como atleta e colega? Trabalhador e companheiro

Hobbies? Poker, consolas e estar com os amigos

Livro favorito? 'A Guerra dos Tronos', de George R.R. Martin

Prato preferido? Rojões e arroz de cabidela

Bebida preferida? Água

Destino preferido? Madeira

Música preferida? 'One' e 'Wtih ou without you', U2

Filme favorito? 'Uma mente brilhante', com Russell Crowe

Clubes anteriores

V. Guimarães (formação)
1996-1999: Francisco de Holanda
1999-2001: ABC
2001-2002: Boavista
2002-2003: ABC
2004-2007: Madeira SAD
2007-2015: SL Benfica
2015: SPORTING CP

Prémios

1 - Taça Challenge (2017, pelo SPORTING CP)
4 - Campeonato de Portugal (2000, 2005, 2008 e 2017, o último pelo SPORTING CP)
2 - Taça de Portugal (2000 e 2011)
2 - Supertaça de Portugal (2011 e 2013)
2 - Taça Presidente da República (2007 e 2008)
1 - Taça da Liga (2009)
2 - Campeonato Nacionais de Juniores (2000 e 2001)