Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Foto Mário Vasa

Leão voltou a rugir

Por Jornal Sporting
16 Abr, 2018

Ao final de três meses, o Sporting B regressou às vitórias ao bater a formação secundária do FC Porto por 2-0

Com a partida a ser decidida na segunda parte, a equipa B do Sporting CP venceu o FC Porto B por 2-0, esta segunda-feira, no Estádio Dr. Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia, à passagem pela 34.ª jornada da II Liga. 

Numa primeira parte muito fraca de ambas as formações, foi dos pés de Inácio, jogador do FC Porto, que surgiu a primeira oportunidade de golo, através da marcação de um livre, para defesa fácil de Pedro Silva (10’). Na resposta, o Sporting CP esteve perto de marcar, com o remate de Pedro Marques a passar a poucos centímetros da baliza azul e branca (29’). Ao minuto 34', os leões voltaram a ameaçar o primeiro da partida, com Ary Papel a contornar dois dos oponentes e a chutar ao lado. Registava-se, então, um nulo ao intervalo.

O segundo tempo até começou melhor para os azuis e brancos, com a marcação de um livre na entrada da grande área e Bidi a atirar ao poste do Sporting B. A jogar com mais um, devido à expulsão de Moreto Cassamá (62’), por segundo amarelo, Rafael Barbosa, numa importante recuperação a meio campo, serviu Pedro Marques, que assistiu para o primeiro golo dos leões, da autoria de Pedro Delgado (66’).

Ary Papel esteve perto do segundo, ao atirar rente ao poste (71’), mas foi com a entrada de Cristian Ponde (85’) que a equipa verde e branca dilatou a vantagem aos 92’ - foi Rafael Barbosa a assistir o golo do avançado.   

Os leões voltam a entrar em acção no dia 23 de abril, para disputar a 35.ª jornada da II Liga, no Estádio Aurélio Pereira, frente ao Benfica B.

Sporting CP B e Famalicão dividem pontos

Por Jornal Sporting
11 Abr, 2018

Bês verdes e brancos empataram a uma bola na recepção à equipa famalicense com Tiago Djaló a marcar para os leões

A equipa B do Sporting CP empatou (1-1), nesta quarta-feira à tarde, frente ao Famalicão em jogo a contar para a 33.ª jornada da Ledman LigaPro. Os leões sofreram primeiro, mas demonstraram uma boa reacção, conseguindo o empate e tendo criado inclusive ocasiões para vencer.

Quem entrou melhor até foi a equipa leonina, com um bom remate cruzado de Pedro Delgado nos primeiros minutos, tendo criado depois duas ocasiões claras para marcar: primeiro, Pedro Marques surgiu isolado, mas rematou ligeiramente ao lado com o seu pé esquerdo; dois minutos mais tarde, também Paulinho ficou cara a cara com o guarda-redes famalicense, mas o brasileiro tentou a finta e não conseguiu finalizar outra oportunidade clara para inaugurar o marcador. Pelo meio, os forasteiros viram um golo ser-lhes invalidado, por fora-de-jogo, na sequência de um canto cobrado no corredor esquerdo.

Depois de um início com ascendente verde e branco, o final do primeiro tempo foi claramente dominado pelo Famalicão. Aos 33’, o árbitro Humberto Teixeira assinalou grande penalidade contra os leões num lance muito questionável, mas na conversão Pedro Silva foi quem saiu por cima, conseguindo defender o remate com a sua mão direita. Aos 37’, no entanto, os visitantes não voltaram a perdoar, chegando ao 1-0 por Jaime Poulson, que marcou de cabeça.

No regresso dos balneários, os visitantes ficaram perto de aumentar a vantagem aos 51’, mas aos 55’ foi o conjunto leonino que chegou ao empate, após um canto de Bruno Paz que encontrou Ivanildo Fernandes, mas sendo apenas na recarga de Tiago Djaló que a bola entrou na baliza contrária. Com o empate, a partida ficou muito disputada a meio campo, sem que nenhum dos conjuntos tivesse conseguido superiorizar-se, e só nos últimos 15 é que voltou a haver perigo nas duas áreas.

O Sporting CP B, por Pedro Delgado, foi o primeiro a tentar o golo, com o remate a ser defendido pelo guardião oposto, e depois foram os visitantes quem ficaram perto de se adiantar no marcador por duas vezes, mas também sem sucesso. Até final, a equipa da casa pressionou muito e jogou sempre perto da baliza adversária, ainda que a melhor oportunidade tenha sido na última jogada do encontro e para o Famalicão, que viu Pedro Silva negar o 2-1 com uma defesa fantástica.

Reviravolta dita novo deslize

Por Jornal Sporting
07 Abr, 2018

Sporting CP esteve por duas vezes na frente do marcador, mas acabou por perder frente à Oliveirense por 4-2

A equipa B do Sporting CP foi este sábado derrotada frente à Oliveirense por 4-2, em Aveiro, à passagem pela 32.ª jornada da II Liga.

Rafael Barbosa até colocou os leões em vantagem logo aos 4', mas Serginho restabeleceu a igualdade aos 11'. No segundo tempo, a formação verde e branca voltou a passar para a frente do marcador, através de um autogolo de Mathaus (60'), mas a reacção da equipa da casa não tardou: Brayan Riascos (79' e 82') e António Oliveira (86') operaram a reviravolta.

Com este resultado, o conjunto verde e branco ocupa a penúltima posição da tabela classificativa, com 32 pontos.

"Os jogadores do Sporting CP mereciam sair com a vitória"

Por Jornal Sporting
31 Mar, 2018

Luís Martins analisou a derrota da equipa B frente ao Nacional (2-3)

"É um resultado claramente amargo, mas estou satisfeito com a performance, pois foi aquilo que nos fez chegar ao 2-0 com uma grande qualidade frente a uma grande equipa como é o Nacional. Isso não pode ser apagado com estes últimos 15 minutos. O processo é este, mas o produto teima em não chegar para nós", quem o diz é Luís Martins, treinador da equipa do Sporting CP B, que foi esta tarde de sábado derrotada pelo CD Nacional (2-3), na Academia dos leões, em jogo a contar para a 31.ª jornada da Ledman Liga Pro.

O técnico dos leões frisou, ainda assim, as melhorias da sua formação nesta partida. "Não conseguimos atingir o resultado que queríamos e que merecíamos. Fomos uma equipa mais madura, com maior processo defensivo do que aquelo que tínhamos tido até agora, mas depois as coisas que nos têm afectado nos últimos jogos afectaram também neste e há-que aceitar a derrota", explicou.

Para concluir, Luís Martins reforçou a qualidade daquilo que os seus atletas fizeram em campo: "Não estamos, obviamente, satisfeitos. Estamos frustrados, porque estes jogadores profissionais do Sporting CP mereciam sair com a vitória", rematou.

Madeirenses levam a melhor

Por Jornal Sporting
31 Mar, 2018

Cambalhota no marcador fez Sporting CP perder frente ao Nacional (2-3)

A equipa B leonina cedeu, nesta tarde de sábado, frente ao CD Nacional por 2-3, depois de ter estado a vencer por dois golos de vantagem. Nesta 31.º jornada, a Academia Sporting recebeu a partida frente ao actual líder da segunda liga, contra quem os leões se debateram com toda a sua raça, mas não conseguiram conquistar os três pontos.

Ainda que a primeira hipótese da partida tenha sido assinada pelos madeirenses, o perigo surgiu do lados dos verdes e brancos. Aos 12 minutos de jogo, Pedro Marques rematou à figura e, aos 17', um drible de Ary Papel quase introduzia a bola na baliza.

O leão tanto rugiu que, à passagem do minuto 19, Pedro Marques marcou um golo extraordinário, pautado pelo cruzamento milimétrico de Rafael Barbosa. De ressaltar uma primeira parte de grande qualidade do número 94 do Clube de Alvalade, a ser a peça chave desta equipa que dificultou em muito a tarefa do adversário.

O Sporting CP voltou ainda a marcar, no regresso dos balneários, com Pedro Marques a bisar na partida (68'), com um golo que foi a cópia exacta do primeiro. Uma partida repartida desde o início, mas o Nacional começou a forçar a entrada na área leonina a todo o custo, algo que teve efeito quase imediato.

Aos 72 minutos, Ricardo Gomes reduziu para a equipa da Madeira, depois de vencer o duelo físico com Tiago Djalo. O empate foi feito por Bryan Rochez (84'), que acabaria ainda por dar a cambalhota no marcador, já nos descontos (90'+1).

O Sporting CP teve oportunidade de se destacar, mas acabou por cair. Importante focar ainda o domínio leonino na esmagadora maioria da partida, que acaba por não se expressar no resultado final.

Na próxima semana os leões deslocam-se até ao reduto do Oliveirense, onde irão disputar os três pontos da 32.º jornada (7 de Abril).

Bês empatam e saem da zona de despromoção

Por Jornal Sporting
18 Mar, 2018

Sporting CP B foi ao Estádio do Mar empatar a uma bola com o Leixões mesmo depois de ver Pedro Delgado ser expulso

A equipa B do Sporting CP empatou, neste domingo à tarde, com o Leixões, no recinto do adversário, a uma bola na 30.ª jornada da Ledman LigaPro. Com o resultado, os leões subiram um lugar na tabela classificativa e conseguiram assim sair da zona de despromoção, encontrando-se um ponto acima da linha de água.

A equipa de Luís Martins até entrou bem no jogo, criando perigo por intermédio de Pedro Delgado, mas foi o conjunto da casa que inaugurou o marcador, contra a corrente do encontro, por Luís Silva, na sequência de um pontapé de canto apontado aos 18' por Breitner. Até ao intervalo, o mesmo Breitner voltou a criar perigo de bola parada - desta feita, de livre -, mas o resultado não mais se alterou.

Após a ida para os balneários, o primeiro colectivo a ficar perto do golo até foi o Leixões, por Evandro Brandão, mas o Sporting CP B reagiu bem e foi atrás da igualdade. Pedro Delgado, aos 61', atirou ao lado, mas três minutos mais tarde o ponta-de-lança Pedro Marques não desperdiçou o passe de Rafael Barbosa e fez o 1-1.

Num momento em que teoricamente a equipa verde e branca tinha vantagem pela motivação inerente ao golo obtido, Pedro Delgado acabou por ser expulso (aos 72'), o que tornou a missão do Leixões mais fácil e fez com que a formação leonina terminasse mais recuada, perante a pressão exercida pela equipa caseira. Ainda assim, os leões conseguiram aguentar o empate, também por mérito do guarda-redes Pedro Silva, que se mostrou em bom plano nos instantes finais.

Foto César Santos

“Infelizes pelo resultado, satisfeitos com o desempenho”

Por Jornal Sporting
14 Mar, 2018

Francisco Barão, treinador adjunto, agradado com a exibição da formação leonina

A equipa B de futebol do Sporting CP perdeu frente ao FC Penafiel (3-4) esta quarta-feira, no Estádio Aurélio Pereira. Apesar de os três pontos não terem ficado na Academia, Francisco Barão, treinador-adjunto de Luís Martins nos bês leoninos, ficou satisfeito com a exibição.

"Grande partida. Duas equipas à procura de ganhar, que não vieram para fazer um jogo ‘feio’. Quem veio ver, gostou do jogo. O resultado foi mau para nós, não estávamos à espera, mais depois de estarmos numa situação de desvantagem, conseguimos dar a volta. No entanto, surgiram algumas falhas nas quais sentimos que os nossos jovens têm, como na maturidade; pouca agressividade no jogo aéreo".

O grande objetivo da equipa? Formar. "Sabemos o caminho que traçámos, sabemos o queremos – formar bem. Dar continuidade à formação, que vem de baixo e que, cada vez mais, a equipa principal se sirva deste viveiro da Academia. Sentimo-nos infelizes pelo resultado, mas satisfeitos pelo desempenho e felizes pelo trabalho que andamos a realizar”, afirmou o técnico.

A chamada de Luís Maximiliano, Ivanildo Fernandes, Rafael Barbosa e Ronaldo Tavares à equipa principal não podia deixar Francisco Barão mais contente. “É aquela prenda que nós precisávamos do trabalho que fazemos”, finalizou.

Foto César Santos

Fatídicos 20 minutos finais

Por Jornal Sporting
14 Mar, 2018

Ineficácia dos leões valeu a derrota frente ao FC Penafiel (3-4)

A equipa B de futebol do Sporting CP escorregou frente ao FC Penafiel (3-4) esta quarta-feira, no Estádio Aurélio Pereira, em jogo a contar para a 29.ª jornada da Ledman LigaPro. Num jogo muito disputado por ambas as equipas, os últimos minutos foram fatais para os leões.

Com as ausências de Luís Maximiliano, Ivanildo Fernandes, Rafael Barbosa e Ronaldo Tavares – na República Checa, ao serviço da equipa principal –, os comandados de Luís Martins entraram em campo com oito jogadores da formação, dois deles juniores de 1.º ano – Diogo Brás e Tiago Djaló. Uma equipa jovem que lutou do início ao fim da partida. Apesar do Penafiel ter inaugurado o marcador aos 16 minutos, por intermédio de Fábio Abreu, o Sporting não se deixou ir a baixo criando, por diversas vezes, oportunidades para marcar. Pedro Marques, a passe de Riquicho, cabeceou para o canto direito da baliza chegando ao empate a dois minutos do intervalo.

No segundo tempo, a equipa leonina entrou à procura da vantagem. Aos 56 minutos, Jovane, numa jogada individual, sprintou pelo lado esquerdo, puxou a bola para dentro e, fora da grande área, rematou para aquele que foi, sem dúvida, o melhor golo da partida. Com o pé quente desde a primeira parte, Pedro Marques voltou a brilhar (60’). Grande recuperação de Abdu, no meio campo, serviu Pedro Delgado que, por sua vez, assistiu Pedro Marques, que não hesitou em disparar contra as redes adversárias. Estava feito o 3-1.

As surpresas começaram a surgir a partir dos 70’ quando Tiago Djaló e Fábio Abreu saltaram para cabecear e, de forma automática, é assinalada falta contra a equipa da casa. Após a marcação do livre, a equipa do Penafiel aproveitou a recarga para fazer o 3-2, da autoria de Fábio Fortes. Embalados pelo golo, conseguiram não só chegar ao empate como também passar para a frente do marcador, com golos de João Paulo e Luís Pedro. Ficou assim escrito o resultado que ditou a derrota da equipa leonina.

O Sporting B volta a entrar em campo no próximo domingo, frente ao Leixões, em Matosinhos, às 15h. 

Equipa B perde nos Açores

Por Jornal Sporting
10 Mar, 2018

Bês verdes e brancos foram derrotados por 4-0 frente ao Santa Clara numa partida em que o conjunto açoriano até teve uma expulsão na primeira parte

A equipa B do Sporting CP foi derrotada, neste sábado à tarde, pelo Santa Clara, por 4-0, em jogo a contar para a 28.º jornada da Ledman Liga Pro. O conjunto dos Açores, a jogar em casa, confirmou o seu favoritismo e entrou forte, marcando logo aos 20' por Thiago.

Onze minutos mais tarde, Fernando viu o segundo cartão amarelo (o primeiro havia sido mostrado apenas dois minutos antes), mas os leões não conseguiram tirar proveito da superioridade numérica, sofrendo o segundo ainda na primeira parte, por João Reis (aos 35'). Com Luís Martins a realizar uma dupla substituição logo ao intervalo (entraram Filipe Ribeiro e Kennedy Co por Ricardo Almeida e Bubacar Djaló), e a querer arriscar fruto da desvantagem no marcador e de ter mais um em campo, foram os homens da casa quem ainda assim estiveram melhor.

Aos 72', Minhoca fez o 3-0, que encerrou as aspirações leoninas, e aos 76' Clemente fechou o marcador em 4-0, confirmando o triunfo do Santa Clara e a conquista dos três pontos que fazem com que a equipa suba à liderança da Ledman Liga Pro, com 49 pontos. O Sporting CP B, por sua vez, está agora no 17.º lugar, com 31 pontos.

Foto César Santos

"Valemos mais do que demonstramos"

Por Jornal Sporting
03 Mar, 2018

Luís Martins, técnico leonino, faz um balanço do encontro frente ao Arouca

Após a derrota frente ao Arouca, Luís Martins, treinador da equipa B do Sporting CP, analisou a partida frisando a falta de ineficácia revelada no encontro.

"Fizemos uma primeira parte muito mal conseguida. Sabemos que temos qualidade para fazer muito melhor. Valemos mais do que demonstramos. Na segunda metade entrámos melhores, a tentar alterar o resultado e tivemos duas ou três oportunidades mas não conseguimos ser eficazes. Temos a consciência que na segunda liga, quando se começa a perder, é sempre difícil inverter o resultado. Sabemos das nossas limitações, procuramos colmatá-las, mas pagámos caro pela má primeira parte que fizemos", concluiu.

Páginas

Subscreva RSS - Equipa B