Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Roller Hockey

Kyllian Gil convocado para a selecção espanhola de Sub-17

Por Jornal Sporting
23 maio, 2017

Jovem de apenas 14 anos, filho do jogador da equipa principal, Pedro Gil, nos eleitos do seleccionador Ivan Sanz

Kyllian Gil, jovem de apenas 14 anos que representa os Sub-15 leoninos, e que é filho de Pedro Gil, faz parte dos convocados da selecção espanhola para o Campeonato da Europa de Sub-17, que se realiza entre os dias 30 de Julho e 5 de Agosto em Fanano, Itália.

Kyllian chegou este ano ao Sporting CP vindo do Forte dei Marmi, de Itália, juntamente com o pai Pedro Gil. Recorde-se que o jovem representou este ano a selecção de Lisboa no Inter-Regiões, apontando mesmo o golo na final, que valeu a conquista da prova.

A Espanha integra o grupo A com Alemanha, Itália, Inglaterra e Israel, enquanto Portugal encabeça o grupo B, onde defrontará França, Andorra, Suíça e Áustria.

Foto César Santos

Arbitragem polémica dita derrota no Dragão Caixa

Por Jornal Sporting
20 maio, 2017

Livre directo no derradeiro minuto daria o empate ao Sporting CP, mas a equipa de arbitragem não validou o lance

Uma imagem vale mais do que mil palavras, diz-se. Se for televisa, ainda melhor (ou pior). Como foi o caso na visita do Sporting CP ao Dragão Caixa, para o duelo deste sábado com o FC Porto. Os leões estiveram perto de voltar a conseguir pontuar frente aos dragões, mas acabaram derrotados por 4-3, na 22.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. 

Muito por culpa da equipa de arbitragem, que não validou um livre directo a 45 segundos do final do encontro, que selava um empate a quatro. O problema é que as imagens televisivas são como o algodão, não enganam, tendo comprovado que o lance protagonizado por Caio terá cruzado a linha de golo. Um erro, entre outros, que acabou por custar caro à formação verde e branca, numa partida disputada taco a taco até ao fim.

Os azuis e brancos abriram o activo aos seis minutos, por intermédio de Hélder Nunes. Gonçalo Neves ainda desperdiçou uma grande penalidade, mas Pedro Gil também não fez melhor num livre directo, aos 13'. Ferran Font igualou aos 19', mas os azuis e brancos retomaram a vantagem aos 23', em golo marcado por Vítor Hugo. Ferran Font ainda dispôs de um livre directo, contudo não conseguiu impedir o resultado de 2-1 ao intervalo.

Depois do descanso, Hélder Nunes bisou na partida, no mesmo minuto em que Sergi Miras não converteu uma grande penalidade. O capitão João Pinto voltou a reduzir o diferencial aos 37', mas Rafa Costa superou a pressão leonina e fez o quarto para o FC Porto, com 46 minutos decorridos. 

A dois minutos do apito final, Caio voltou a repor a diferença para um golo de desvantagem, porém o hoquista leonino, como já referimos, viu o empate ser-lhe negado pela equipa de arbitragem, após um livre directo cobrado no derradeiro minuto da partida.

Uma falha grave que acabou por comprometer as aspirações leoninas que, agora, estão a 10 pontos dos azuis e brancos, em terceiro lugar,  quando faltam disputar quatro jogos do Campeonato Nacional.

O resultado deixa a indicação de que o quarto posto é a classificação mais provável para os leões, apenas dependentes de mais quatro pontos nos restantes compromissos para deixarem o Óquei de Barcelos arredado da qualificação para a Liga Europeia.

Foto César Santos

"Há que transpor a nossa enorme vontade para a pista"

Por Jornal Sporting
19 maio, 2017

Treinador de hóquei em patins do Sporting CP, Paulo Freitas, lançou a visita ao Dragão Caixa deste sábado

Paulo Freitas, treinador da equipa de hóquei em patins anteviu uma deslocação difícil ao Dragão Caixa. “Falamos de um rival com muita qualidade, de um jogo que é um clássico em qualquer modalidade, independentemente da situação em que esteja qualquer uma das equipas. Isso não colide minimamente com o nosso sentido, ambição, crença e superação do que vamos jogar”, começou por explicar, lembrando que foi precisamente na cidade Invicta, frente aos dragões, que se estreou no comando técnica da equipa leonina. “Recordo que a última deslocação ao Dragão foi três dias após a minha chegada à equipa e tive o cuidado de dizer que não me ia escudar nisso. Voltaria a dizê-lo. Temos noção do nosso valor, da nossa responsabilidade. Não representamos um clube qualquer: vestimos a camisola do Sporting Clube de Portugal, temos muito orgulho nisso e é isso que queremos passar para o resultado e que todo o universo leonino se reveja naquilo que construímos”.

O treinador verde e branco terminou ainda com uma tomada de pulso ao seu plantel para a visita ao FC Porto, agendada para este sábado, pelas 18 horas: “Disse precisamente aos jogadores que achava que a semana tinha corrido bem. Sinto que de dia para dia estamos cada vez melhor e que esse é um processo diário. Sinto-os com uma vontade enorme, um foco muito grande e é por aí que temos de lhe pegar e transportá-lo para a pista. Não vamos estar à espera de sorte, vamos procurá-la com empenhamento e superação”, rematou.

Foto José Cruz

"Ganhou quem mais procurou ganhar"

Por Jornal Sporting
30 Abr, 2017

Paulo Freitas considerou justa a vitória leonina por 5-3 frente ao Juv. Viana e diz pensar apenas jogo a jogo

O Sporting CP derrotou neste domingo à tarde o Juv. Viana, por 5-3, com dois golos de Poka, dois de Pedro Gil e um de Sergi Miras. Paulo Freitas, treinador dos verdes e brancos, considerou que a sua equipa foi justa vencedora.

"Ganhou quem mais procurou ganhar, os jogadores estão de parabéns e estou satisfeito com aquilo que eles produziram. A única coisa que dizemos é que estamos focados no próximo jogo. O próximo adversário é o FC Porto e é para esse jogo que vamos trabalhar. A classificação é sempre uma consequência do trabalho que realizamos. Enquanto conseguirmos ganhar, temos de estar satisfeitos", afirmou o técnico dos leões, tal como João Pinto, capitão de equipa, que sublinhou o orgulho em todo o grupo.

"É um grande orgulho ser capitão desta equipa, deste grupo fantástico. As coisas não têm sido fáceis, mas esta é uma equipa com muito carácter. Temos muito orgulho em jogar neste Clube e vamos representar este símbolo muito bem até ao fim. O resultado parece-me justo, estivemos bem, fizemos o que nos competia com a nossa atitude, a raça e entrega. Aqui dentro costumamos dizer que umas vezes ganhamos, outras empatamos e noutras aprendemos, levamos sempre algo de bom dos jogos", resumiu o jogador. 

Foto José Cruz

Leões vencem Juv. Viana por 5-3

Por Jornal Sporting
30 Abr, 2017

Bis de Pedro Gil e de Poka foram determinantes na vitória leonina em Alverca

A equipa de hóquei em patins do Sporting CP venceu neste domingo à tarde, no Pavilhão Municipal de Alverca, o Juv. Viana por 5-3. A partida, sempre bem disputada, mostrou a superioridade dos leões, que estiveram sempre na frente do marcador e a controlar o resultado.

Com um golo logo aos 5' por Sergi Miras, de grande penalidade, a equipa da casa adiantou-se e colocou-se desde o início numa posição cómoda na partida. Foi assim que, apenas dois minutos mais tarde, Poka fez o primeiro dos seus golos e aumentou a vantagem para 2-0. Ainda assim, e apesar do ímpeto criado com os dois golos, o Juv. Viana não se rendeu e conseguiu reduzir quase instantaneamente, aos 9', com Francisco Silva a finalizar da melhor forma, mas com Ângelo Girão a dar a ideia de que poderia ter feito melhor.

Até ao fim da primeira parte, os golos ficar-se-iam por aqui, chegando a partida ao intervalo com o Sporting CP a vencer pela margem mínima. No regresso dos balneários, o encontro prosseguiu no mesmo ritmo até aos 12', momento em que Pedro Gil apareceu e aumentou para 3-1. Poka, aos 18', fez o seu bis e quase sentenciou as aspirações do adversário que, além de ver a desvantagem aumentada para 4-1, também desperdiçou duas boas oportunidades para a reduzir aos 20' e aos 21'. Primeiro, de grande penalidade, depois de livre directo pela 10.ª falta leonina. 

Do lado contrário, também Poka desperdiçou a hipótese de fazer o hat-trick ao falhar um livre directo, oportunidade que o experiente Pedro Gil não desperdiçou aos 23', efectuando o 5-2, só alterado até final por Gonçalo Suissas, aos 24'.

Foto José Cruz

"Equipa que causa dificuldades a quem está acima"

Por Jornal Sporting
29 Abr, 2017

Capitão João Pinto elogia a Juventude Viana, mas realça o compromisso de vencer os jogos que restam no Campeonato Nacional

O capitão da equipa de hóquei em patins do Sporting CP, João Pinto, elogiou o adversário de domingo, a Juventude Viana, sexta classificada no Campeonato Nacional: "Enfrentaremos uma equipa com muita qualidade e que causa dificuldades a quem está acima. Conseguiram empatar com um candidato ao título [Benfica, 7-7] e preparam bem os jogos, conhecendo de antemão os clubes que enfrentam".

O dianteiro verde e branco, segundo melhor marcador da equipa na Liga, destacou o espírito de grupo e a vontade em cumprir os objectivos nos restantes seis jogos da Liga: "Queremos trazer sempre os três pontos. Encontramo-nos bem, sempre com a perspectiva de vencer. Trabalhamos com muito amor e confiança e somos um grupo unido que apresenta cada vez mais os processos assimilados".

O encontro da 21.ª jornada decorre no domingo, dia 30 de Abril, pelas 16h00.

 

Foto José Cruz

"Juventude Viana alia experiência à juventude e vale por um todo"

Por Jornal Sporting
29 Abr, 2017

Paulo Freitas realça dificuldade da recepção ao sexto classificado, apontando como exemplo o empate do adversário diante do Benfica

O treinador da equipa de hóquei em patins do Sporting CP, Paulo Freitas, destacou o perigo que representa a recepção à Juventude Viana, sexto classificado no Campeonato Nacional, equipa que diz aliar a juventude à veterania: “Encontraremos uma equipa que vem fazendo um campeonato competente, que apresenta um misto de experiência e juventude. Têm o André Azevedo e o Tó Silva, por exemplo, habituados a decisões de títulos, mas, essencialmente, valem pelo seu todo. Arrancaram um empate a um candidato ao título [7-7 frente ao Benfica], contudo pensamos em nós e, independentemente da qualidade dos adversários, pretendemos cumprir os nossos compromissos”.

O técnico assumiu o comando técnico do Sporting CP a 14 de Março e sintetizou os objectivos primordiais na sua gestão, não deixando de abordar o empate caseiro diante do Óquei de Barcelos como uma “oportunidade de crescimento”, mas também como reflexo de como a equipa tem de alterar algumas competências: “De forma gradual, as ideias estão a ser colocadas e considero que a mensagem tem sido bem absorvida pelos atletas. Não poderia haver um choque entre o que é a minha gestão e aquela que foi a condução técnica anterior. Em cada dificuldade há uma oportunidade. Ganhávamos 6-2 a três minutos do fim, mas fomos incompetentes nos últimos dois minutos. Existiu um colapso colectivo que impediu uma vitória justíssima. O grupo percebeu o que não podemos fazer. Costumo dizer que uma casa tem de ser construída por baixo. Se formos rigorosos, intensos e solidários no processo defensivo temos menos hipóteses de sofrer golos. Prioridade era melhorar os equilíbrios e sinto-me mais satisfeito com a evolução da equipa nesse ponto”.

A seis jogos do fim do campeonato, os leões estão a sete pontos do terceiro, FC Porto, e com nove de vantagem sobre a turma de Barcelos, quintos. Paulo Freitas foca a necessidade de vencer, começando pelo Viana para depois tentar a aproximação diante do FC Porto, e realça a competitividade da metade superior da tabela para poder escalar na classificação.
“A distância pontual é factual, não posso discordar disso. Agora, não queria deixar de dizer que não dependemos de nós, mas a classificação é consequência do que vamos realizar. O jogo que se segue é sempre o mais importante. É um campeonato competitivo, há equipas bem apetrechadas, com jogadores de qualidade, que, mesmo não estando a fazer uma Liga como desejavam, podem surpreender quem está acima na tabela. Não queremos sofrer por antecipação e temos de fazer o nosso trabalho: vencer todos os nossos encontros”, resumiu.

A recepção à Juventude de Viana decorre no domingo, dia 30 de Abril, às 16h00, no Pavilhão Municipal de Alverca.

Foto César Santos

Regresso às vitórias carimbada com forte reviravolta

Por Jornal Sporting
22 Abr, 2017

Vitória por 5-1 perante a Sanjoanense com bis de Ferran Font e Pedro Gil

O Sporting CP reagiu da melhor forma ao empate caseiro diante do Óquei de Barcelos ao vencer fora a Sanjoanense, por 5-1. A partida, referente à jornada 20 do Campeonato Nacional de hóquei em patins, até começou a favor dos visitantes, claramente premiados pela ineficácia dos leões. Tuco e Sergi Miras, no primeiro e terceiro minuto, respectivamente, não converteram grandes penalidades que poderiam abrir o marcador.

O Sanjoanense acabou por iniciar a contagem com um golo de Diogo Casanova (14'), mas André Centeno não tardou a responder, conseguindo o empate aos 16'. Aos 21, Ferran Font deu a cambalhota no marcador, resultado com que finalizaria o primeiro tempo.

O espanhol prosseguiria o caminho, alcançando o bis aos 32', já depois de Luís Oliveira não ter aproveitado um livre directo.

Pedro Gil 'roubaria' o protagonismo ao compatriota e chegaria também ele a dois golos. Aos 37' e 47', o dianteiro leonino dissipou dúvidas que houvessem e carimbou o regresso às vitórias, permitindo a chegada aos 45 pontos, a quatro do terceiro classificado, FC Porto, ainda com um jogo à menor.

Foto César Santos

"Resultados passados não garantem futuro"

Por Jornal Sporting
21 Abr, 2017

Paulo Freitas desvalorizou o resultado da primeira volta (7-2) frente à Sanjoanense

A 20.ª jornada do campeonato de hóquei em patins volta a colocar frente a frente Sporting e Sanjoanense, desta feita em São João da Madeira. Na jornada 7, os leões venceram por 7-2, mas Paulo Freitas, técnico verde e branco, garantiu que esse resultado não dá nenhuma vantagem aos verdes e brancos.

"Resultados passados não garantem futuro se não formos sérios e competentes e se não respeitarmos a Sanjoanense iremos ter claros problemos. Estamos a falar de um adversário que não ocupa um bom lugar na classificação, mas com jogadores valorosos, que recebem um enorme apoio em casa", começou por dizer o treinador.
 
No seguimento da antevisão, Paulo Freitas falou também da paragem para os compromissos internacionais. "Não gostamos muito, até porque os três jogadores chegaram fatigados [Pedro Gil, André Centeno e João Pinto], principalmente o André e o João, que disputaram cinco jogos em cinco dias, mais treinos e viagens. Temos de saber preparar estas coisas e agora estamos desejosos de voltar à pista", vincou. 
 
Por último, a mensagem para o que ainda falta disputar do campeonato: "Desde que cheguei que seguimos uma linha: a da coerência. O objectivo é actuar sempre na causa. Desta vez, a causa é o encontro com a Sanjoanense. Em termos classificativos, vamos continuar a pensar que no final é que se fazem as contas". 
 
A partida disputa-se às 18h de sábado entre o último (11 pontos) e o quarto (42 pontos) classificados. 
Foto César Santos

"Sabemos que temos qualidade para mais"

Por Jornal Sporting
20 Abr, 2017

Na antevisão ao jogo da 20.ª jornada, frente à Sanjoanense, Pedro Gil vincou que a equipa quer subir na classificação

O quarto lugar na tabela classificativa que os leões ocupam neste momento, com 42 pontos, não deixa satisfeitos os jogadores do Sporting CP. Nesse sentido, Pedro Gil abordou a partida da 20.ª jornada contra a Sanjoanense como mais uma hipótese de encurtar distâncias para as formações do topo da classificação. 

"Não nos sentimos bem no quarto lugar porque sabemos que temos qualidade para mais. Todas as deslocações à Sanjoanense são complicadas, mas o objectivo é trazer os três pontos", vincou.
 
Na primeira volta, os verdes e brancos superaram a equipa de São João da Madeira por 7-2, um conjunto "jovem e irreverente" na opinião do avançado leonino. Antes de concluir a antevisão, Pedro Gil aproveitou ainda para projectar o que falta disputar do campeonato.
 
"Restam poucas jornadas até final. Contudo, vamos jogar com todas as equipas que estão à nossa frente. Há que trabalhar para demonstrarmos que somos melhores", rematou.
 
A partida entre Sanjoanense-Sporting disputa-se às 18h de sábado.

Páginas

Subscreva RSS - Hóquei em Patins