Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Handball

Foto Mário Vasa

‘Bicampeonato’ já mora no Museu Sporting

Por Jornal Sporting
24 maio, 2018

Presidente Bruno de Carvalho recebeu o troféu e não poupou nos elogios aos jogadores leoninos

Com Esforço, Dedicação e (muita) Devoção, não havia forma de a Glória não terminar no Museu do Sporting, onde a equipa de andebol verde e branca entregou esta quinta-feira o troféu de campeão nacional (2017/18) ao Presidente Bruno de Carvalho.

Pelo segundo ano consecutivo, os bicampeões nacionais fizeram a festa, sob o olhar atento do líder leonino que, na companhia de Rui Caeiro, membro do Conselho Directivo, não se cansou de elogiar e deixar palavras de incentivo ao plantel verde e branco, após mais uma conquista histórica.

"É o culminar de todo o trabalho que este grupo e respectivo staff fizeram desde Agosto. Entregámos a Taça ao Presidente, que era o que mais queríamos, e oferecemos este título aos Sócios, que nos apoiaram e também merecem", começou por dizer ao Jornal verde e branco Carlos Galambas, director da secção verde e branca, feliz pelo sentimento de dever cumprido.

"Quem está no Sporting CP sabe que o dever é ganhar. Eu sei disso e foi o que me pediram. É também o que o Presidente quer e ambiciona: apenas e só ganhar. Conseguimo-lo com todo o mérito. Os jogadores, o staff e até a Direcção, que sempre nos apoiou, estão de parabéns! Esperamos que daqui a uma semana voltemos aqui para entregar mais um troféu [Taça de Portugal]", afirmou o dirigente dos leões, passando a bola ao míster Hugo Canela.

"É um sentimento muito bom. Acaba por ser a materialização daquilo que fizemos este ano. Estar aqui, junto dos nossos atletas, no Mundo Sporting, que nos dá tantas alegrias... este é mais um momento especial para recordar", frisou o treinador leonino, destacando a união da sua equipa, que considera ter sido o segredo para o sucesso.

"Todas as individualidades têm de se encontrar para se tornarem uma equipa. Felizmente, estas excelentes pessoas encontraram-se muitas vezes para cumprirem o mesmo objectivo e acho que esse é o segredo das coisas terem corrido bem. Estarmos todos juntos nos momentos difíceis foi importante para não desistirem quando estivemos sem forças, pois sempre nos apoiámos. Isso fez toda a diferença", explicou.

Por último, o capitão Carlos Carneiro destacou o orgulho num título que considerou "inteiramente justo". "Esta equipa merece receber este prémio, seja em que circunstância for. Estamos orgulhosos e contentes. Foi uma época longa, mas conseguimos o objectivo principal, que era sermos campeões. Fizemos um campeonato exemplar, inteiramente justo e reconhecido por toda a gente", rematou.

Foto César Santos

“Com os Sportinguistas do nosso lado somos muito mais fortes”

Por Jornal Sporting
24 maio, 2018

Carlos Carneiro lançou a final-four da Taça de Portugal e deixou uma mensagem a todos os Sócios e adeptos do Clube

“Conquistar a Taça de Portugal seria a cereja no topo do bolo”. Mais do que um desejo, um grande objectivo que Carlos Carneiro fez questão de frisar ao Jornal Sporting, na antevisão à final-four da prova-rainha de andebol, que se vai disputar este fim-de-semana no Peso da Régua.

Finalistas vencidos nas duas últimas edições, no prolongamento, frente ao ABC (35-33) e Benfica (36-35), os leões estão apostados em somarem mais um título ao palmarés – contam com 15 exemplares, sendo a equipa que mais vezes ergueu a Taça –, após a conquista recente do bicampeonato. “É uma prova diferente e para ganharmos teremos dois jogos em dois dias. Vamos com o intuito de vencer, obviamente”, afirmou o capitão leonino, consciente das dificuldades que vão encontrar frente ao FC Porto, o adversário da meia-final (FC Gaia e Benfica medem forças na outra eliminatória).

“Fizemos um campeonato irrepreensível e é normal que as equipas contra nós tenham uma motivação diferente. Vamos ter pela frente uma equipa com muito valor, que tem o mesmo objectivo do que nós”, explicou.

No passado ficou já o deslize frente aos dragões (26-31), na última jornada do Campeonato Nacional. “É normal que depois de nos sagrarmos campeões houvesse uma certa descompressão, mais emocional. Baixámos um pouco a intensidade de jogo e até a própria concentração, mas agora vamos estar focados e com outro espírito. Vamos dar outra reposta”, garantiu Carlos Carneiro, terminando com uma mensagem destinada a todos os Sócios e adeptos do Clube.

“Aproveito para pedir o apoio de todas as pessoas que estejam perto da Régua, que nos apoiem como o fizeram durante toda a época. Foram fundamentais na conquista do campeonato. Por isso, compareçam em massa. Com os Sportinguistas do nosso lado somos muito mais fortes”, rematou.

Foto José Cruz

“Se fosse adepto desta equipa ficaria orgulhoso”

Por Jornal Sporting
19 maio, 2018

Treinador bicampeão nacional comentou o último jogo do campeonato

Hugo Canela desvalorizou a derrota na última jornada do campeonato, frente ao FC Porto, e colocou o foco na final-four da Taça de Portugal. “Estamos a lidar com atletas muito experientes e, apesar de sabermos a responsabilidade que temos de ganhar todos os jogos, eles sabem que para a semana têm um jogo que decide um título. Entrámos para dar uma alegria aos nossos adeptos, mas por uma reacção inconsciente não foi possível”, afirmou.

A falta de eficácia no ataque, bem como a exibição de Quintana, foram motivos apontados pelo treinador bicampeão nacional para justificar o resultado. “Estávamos a defrontar a única equipa que nos tinha ganho aqui. Falhámos bolas fáceis que não costumamos falhar e o guarda-redes deles deve ter feito umas 18 ou 19 defesas. Apesar de o nosso Manuel Gaspar ter estado fantástico, quando um guarda-redes faz tantas defesas dá muita segurança. Criámos muitas ocasiões, mas depois falhámos”, lamentou.

Na opinião do técnico verde e branco, o nível do encontro não foi elevado. “Acho que foi um jogo horrível. Sinceramente, a minha sensação é a de que não teve nem a intensidade nem a qualidade que as duas equipas conseguem apresentar. Foi um jogo muito contido”, analisou.

Apontando para a Taça de Portugal, Hugo Canela mostrou-se convicto de que a massa adepta do Sporting CP vai ajudar a chegar a mais um título. “No Peso da Régua teremos certamente um apoio fantástico, porque os nossos adeptos estão em todo o lado. Se eu fosse adepto desta equipa e visse como abordou cada jogo deste campeonato, ficaria orgulhoso do que eles fizeram ali dentro. São grandes pessoas e grandes homens que estão aqui a dignificar o Clube”, garantiu.

A terminar, o técnico leonino confirmou a despedida de Pedro Portela, Michal Kopco, Felipe Borges e Janko Bozovic. “Na próxima época, o Sporting CP não contará com a sua ajuda e decidiu hoje prestar-lhes um agradecimento”, explicou.

Foto José Cruz

Nem a derrota estragou a festa

Por Jornal Sporting
19 maio, 2018

Desaire não belisca o percurso dos bicampeões nacionais de andebol

Caiu o pano no campeonato de andebol 2017/2018. Já com o estatuto de bicampeão nacional, o Sporting CP foi derrotado pelo FC Porto (26-31) e despediu-se do Pavilhão João Rocha com um resultado negativo.  

Apesar de termos assistido a uma primeira parte equilibrada, com o marcador empatado várias vezes, foram os leões que tiveram de correr atrás do resultado. A agressividade defensiva do FC Porto (por vezes excessiva, levando o árbitro a expulsar Salina) dificultou o ataque organizado e Quintana foi um obstáculo praticamente intransponível através de remates de meia distância. Assim sendo, as saídas rápidas foram fundamentais para que a turma de Hugo Canela mantivesse o marcador próximo – Pedro Portela marcou 4 golos na metade inicial. Do outro lado, Manuel Gaspar também somou intervenções positivas, respondendo à altura ao guarda-redes adversário. Ao intervalo, registava-se uma diferença mínima de 13-14 para os dragões.

O conjunto portista voltou a ser mais eficaz no recomeço do encontro, alargando distâncias para cinco golos (15-20). Faltavam mais de 20 minutos para jogar, mas os leões não teriam capacidade para fazer a reviravolta. Como no primeiro tempo, Quintana foi um muro e matou as esperanças dos bicampeões nacionais, que se revelaram perdulários na finalização (desperdiçaram, inclusive, dois livres de sete metros). Apesar do resultado, o público presente no Pavilhão João Rocha despediu-se com muito apoio para os bicampeões nacionais e, especialmente, para Pedro Portela – homenageado no último jogo em casa com a camisola do Sporting CP. Agora, a equipa de Hugo Canela vai concentrar-se na conquista da Taça de Portugal, em que terá precisamente o FC Porto como adversário na meia-final.

Boletim clínico

Por Jornal Sporting
19 maio, 2018

Informações médicas do plantel às ordens do técnico Hugo Canela

O Departamento Clínico do andebol do Sporting Clube de Portugal informa que os atletas Carlos Ruesga e Bosko Bjelanovic foram submetidos a artroscopia do joelho para tratamento de lesão meniscal no dia 16 de Maio.

As cirurgias estiveram a cargo do Dr. Pedro Pessoa e decorreram sem intercorrências. É expectável um regresso à competição na próxima época desportiva.

O atleta Cláudio Pedroso sofreu entorse do joelho direito no jogo contra o SL Benfica e cumpre tratamentos na expectativa de poder dar o seu contributo nos jogos da Taça de Portugal.

Também a participação do guarda-redes Skok na Final-Four da Taça de Portugal está pendente de avaliação clínica nos próximos dias.

Foto José Cruz

“Gostaríamos muito de ver o Pavilhão cheio”

Por Jornal Sporting
18 maio, 2018

Orgulhoso da equipa, Hugo Canela lançou o último duelo da época frente ao FC Porto

Hugo Canela, treinador da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, lançou a partida deste sábado (18h), no Pavilhão João Rocha, a contar para a 10.ª jornada da fase final do campeonato, frente ao FC Porto. Prestes a disputar o último duelo da época, os leões mostraram-se confiantes na vitória.

"Tenho pena de não ter conseguido vencer o jogo na Madeira porque era um objectivo ganhar todos os jogos da segunda fase, mas lutámos e isso deixa-me bastante feliz. Vamos ter o último jogo em casa perante os nossos adeptos, vamos tentar que seja uma boa partida. A única certeza que tenho: tudo faremos para ganhar este jogo, para sairmos daqui contentes", começou por dizer o técnico.

Prestes a disputar o último jogo do campeonato em ‘casa’, o treinador leonino apelou à presença de todos os Sportinguistas para pintar as bancadas do Pavilhão João Rocha. "Independentemente do que aconteça amanhã, as pessoas sabem que o andebol do Sporting é um andebol que luta e quer ganhar. Pelo que fizeram esta época [atletas] mereciam ser aplaudidos em sua casa. Gostaríamos muito de ver o Pavilhão cheio para acabar esta fase muito bem mas para isso precisamos dos adeptos para o fazer. Apelo que venham ver, aqui, pela última vez, este ano, apoiar esta excelente equipa", finalizou.  

Foto César Santos

“Faremos de tudo para conseguir mais uma vitória”

Por Jornal Sporting
18 maio, 2018

Com os adeptos a servir de amuleto da sorte, Tiago Rocha acredita na vitória frente ao FC Porto, no encerramento do campeonato

"Foi uma época bastante longa e, felizmente, conseguimos o nosso principal objectivo: ser campeão nacional". Quem o garantiu foi Tiago Rocha, jogador de andebol do Sporting Clube de Portugal na antevisão à partida frente ao FC Porto, no próximo sábado (18h), no Pavilhão João Rocha, à passagem pela última jornada da fase final do Campeonato Nacional.

"É o último jogo em casa, queremos estar com os nossos adeptos e festejar este título que foi conquistado há duas jornadas atrás. É um clássico por isso vai ser, certamente, um jogo muito bom para os adeptos verem e festejarem", afirmou o leão.

Apesar da infelicidade na Madeira, no passado sábado, o atleta leonino não retira mérito à equipa. "Tivemos sete vitórias em sete jogos, apesar da infelicidade na Madeira, muito devido a algumas lesões e fadiga", justificou.

Para fechar a época da melhor forma possível os atletas contam com o apoio de todos os Sportinguistas no Pavilhão. "Os adeptos estão felizes por termos sido campeões. Por termos honrado esta camisola, lutado e conseguido o principal objectivo. Faremos de tudo para conseguir mais uma vitória para festejarmos com eles este título", finalizou.

Foto José Cruz

Sporting CP triunfa em Avanca na penúltima ronda do campeonato

Por Jornal Sporting
16 maio, 2018

Equipa de Hugo Canela deslocou-se ao Pavilhão Municipal Comendador Adelino Dias Costa e venceu por 31-29

O Sporting CP deslocou-se ao terreno do Avanca na penúltima (9.ª) jornada da fase final do campeonato e venceu a equipa de Carlos Martingo por 31-29, somando agora 63 pontos no primeiro lugar da tabela classificativa. 

Ao intervalo, os campeões nacionais superiorizavam-se pela margem mínima (15-14), sendo que o equilíbrio entre os dois conjuntos se manteve até ao final do desafio. Nota para a excelente exibição de Pedro Valdés, ex-jogador da formação da casa, que foi o segundo melhor marcador dos leões, com oito golos apontados. Em grande nível esteve também Frankis Carol, levando para casa o prémio de 'goleador' da partida, com nove remates certeiros. 
 
A última ronda da competição disputa-se no Pavilhão João Rocha contra o FC Porto e está marcada para as 18h de sábado.
Foto César Santos

“Faremos tudo para voltar a vencer”

Por Jornal Sporting
15 maio, 2018

Hugo Canela lançou a deslocação ao reduto do Avanca, confirmando estar à espera de dificuldades

O treinador da equipa bicampeã de andebol do Sporting Clube de Portugal, Hugo Canela, analisou a partida de amanhã (quarta-feira), a contar para a nona e penúltima jornada da fase final do campeonato, frente ao Avanca, no Pavilhão Comendador Adelino Costa (21h), onde revelou o que esperar do adversário.

"Sabemos que vai ser difícil, tal como nós jogam muito bom andebol. Em casa e perante os seus adeptos, o Avanca certamente quererá ganhar ao campeão nacional e mostrar que tem uma equipa que se consegue debater com o Sporting CP", assumiu.

O técnico dos verdes e brancos fez questão de mostrar ainda a vontade que os leões têm de vencer as últimas duas partidas. "Vamos tentar contrariar o cansaço e faremos tudo para voltar a vencer, conquistando cada ponto que tivermos à disposição", explicou.

Para terminar, Hugo Canela revelou como tem corrido a preparação para a última deslocação do campeonato: "Estamos a passar uma fase em que temos de tentar recuperar os nossos atletas porque tivemos muitas lesões, devido a jogos muito duros e essa tem sido a nossa maior preocupação. Vamos com as armas que temos disponíveis para tentarmos fazer o melhor possível", rematou.

Foto José Cruz

Bicampeão travado na Funchal

Por Jornal Sporting
12 maio, 2018

Primeira derrota na fase final foi frente ao Madeira SAD (31-29), uma semana depois da revalidação do título

Precisamente sete dias depois de se sagrar bicampeão nacional, o Sporting CP foi ao Funchal defrontar o Madeira SAD, para a 8.ª jornada da fase final do campeonato, sofrendo a primeira derrota nesta derradeira parte da competição.

Os oito golos de Tiago Rocha – o melhor marcador, a par do insular Elledy Semedo – e os sete de Frankis Carol – tantos quantos os de Bruno Moreira, do Madeira SAD –, não foram suficientes para ajudar a levar de vencida a equipa orientada por Paulo Fidalgo. Ao intervalo, os leões perdiam por três golos de diferenças (16-13), distância que acabou por ser encurtada na etapa complementar, mas não o suficiente para levar de vencida a equipa da casa, terminando a partida com o resultado em 31-29.

A formação de Hugo Canela terá agora, na próxima ronda (9.ª), uma deslocação ao terreno do Avanca, recebendo no final a equipa do FC Porto.

Páginas

Subscreva RSS - Andebol