Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Sports

Foto César Santos

Medicina e fisioterapia fecham discussão sobre rendimento desportivo

Por Jornal Sporting
18 Out, 2018

Sporting Olympics organizou debate de ideias pelo terceiro ano consecutivo

No terceiro e último dia do III Seminário de Optimização do Rendimento Desportivo, que se realizou no Auditório Artur Agostinho, o tema da medicina e fisioterapia juntou alguns dos principais especialistas do Sporting CP. Em primeiro lugar, Manuel Sousa, responsável médico das modalidades desde 2012, e Ricardo Figueira, médico e antigo jogador de hóquei em patins, discutiram as vantagens e desvantagens de treinar descalço ou calçado, com o contributo de Madjer – falando do menor número de lesões musculares dos futebolistas de praia em comparação com os companheiros do futsal e do futebol - e de Carlos Silva, treinador de atletismo.

De seguida, abordou-se a gestão da dor pelo atleta, desde a percepção até à actuação para ultrapassar o problema. A campeã Naide Gomes - antiga atleta de salto em comprimento e actual fisioterapeuta no Sporting CP - foi uma das oradoras, bem como Luís Ribeiro, coordenador e fisioterapeuta do Gabinete Olímpico.



Sílvia Saiote, responsável pelo departamento, garantiu que o balanço do seminário não podia ser mais positivo. “O Gabinete Olímpico pretende permitir que os atletas de alta competição possam optimizar o seu rendimento, seja no trabalho complementar ou no trabalho técnico dos treinadores, mas acima de tudo nestas várias valências, como a fisioterapia ou a nutrição. O objectivo foi proporcionar ao Universo Sporting uma oportunidade de tirar dúvidas e ouvir os especialistas”, explicou.

A caminho de Tóquio’2020, Sílvia Saiote prometeu que o Gabinete Olímpico será um aliado inseparável dos atletas. “Esta equipa tornou-se fundamental, na minha perspectiva, para o alto rendimento no Sporting CP. É um Clube que vive de grandes resultados e vamos continuar a trabalhar para ajudar estes atletas”, afirmou.



Naide Gomes participou em Jogos Olímpicos, sendo uma voz importante dentro do mundo leonino. “Enquanto atleta, aproveitei e tive bons resultados. Agora estou deste lado a apoiar os atletas e é uma área de que gosto muito, com a minha experiência de lesões e como fisioterapeuta”, assumiu.

Também Ricardo Figueira reconheceu a mais-valia de ter feito carreira como hoquista. “Fui atleta, sei as exigências, conheço os mecanismos de lesão. É fantástico trabalhar com atletas e apurar o mínimo detalhe, que pode fazer diferença no resultado final. Temos uma exigência altíssima, como podem comprovar os resultados das modalidades. Para nós, é um orgulho saber que fazemos parte deste projecto”, confessou. 

Foto José Cruz

João Rocha recebe escalões de formação e femininos

Por Jornal Sporting
03 Out, 2018

'Palco dos campeões' volta a ter um fim-de-semana em cheio, com cinco jogos de quatro modalidades a pintar a quadra

Nos dias 6 e 7 de Outubro, a casa das modalidades leoninas abre as portas às equipas de futsal feminino, voleibol feminino, juniores de andebol e juvenis de futsal, que disputam os repectivos campeonatos.

Numa clara aposta de 'dar palco' e reconhecimento aos escalões de formação e às formações femininas, o dia de sábado no Pavilhão João Rocha começa às 16h, com o jogo de futsal feminino entre o Sporting e o Venda Luísa, seguindo-se (18h30) a partida das leoas do voleibol contra o Gueifães, que marca a estreia na II Divisão.

No domingo, há mais duas partidas agendadas. Os juvenis de futsal disputam mais um jogo da primeira fase do Campeonato Nacional, frente ao Miranda do Corvo, pelas 15h. Logo depois, os juniores de andebol encontram o Benavente na quadra do João Rocha - 17h30 é a hora do jogo que marca a despedida de um fim-de-semana repleto de Sportinguismo no 'palco dos campeões'. Última nota, mas não menos importante: todos os desafios têm entrada gratuita

 
Foto José Cruz

Troféu Stromp marca regresso a casa

Por Jornal Sporting
20 Ago, 2018

Andebol e futsal apresentam-se aos Sócios do Sporting CP

Na última vez que ali jogaram, uns sagraram-se tricampeões nacionais e outros chegaram ao bicampeonato. Para 2018/19, o objectivo é continuar a ganhar. O futsal e o andebol leonino disputam amanhã, no Pavilhão João Rocha, mais uma edição do Troféu Stromp, frente a Leões de Porto Salvo (19h30) e Belenenses (21h30), respectivamente.

Nuno Dias destacou a vontade de conquistar o troféu, mas também de continuar a preparação para a nova temporada. “É mais um jogo de preparação que queremos vencer. É mais um momento em que avaliamos a evolução dos nossos atletas neste início de época, apesar de estarmos numa fase precoce. E é um bom indicador daquilo que tem sido o nosso trabalho”, explicou.

Pedindo a presença dos adeptos, o técnico verde e branco deseja corresponder com o triunfo e uma exibição à altura. “Esperamos, num troféu que nos diz muito, regressar a casa da melhor forma. É a apresentação aos nossos adeptos e queremos brindá-los com um bom resultado e uma boa exibição. Estamos no bom caminho para os objectivos”, garantiu.

Apesar de haver cinco caras novas no elenco, Nuno Dias destacou a facilidade com que se adaptaram. “A integração tem sido muito boa e há uma palavra a dirigir aos atletas que já pertenciam ao Sporting CP, que têm sido fantásticos”, elogiou.

Hugo Canela também se mostrou motivado com o arranque de temporada e com este Troféu Stromp. “Vai ser mais um jogo para vermos em que ponto estamos e que processo temos para melhorar. Será muito bom regressar a casa. Com certeza podemos estar junto dos nossos familiares que irão estar aqui e também dos nossos adeptos”, salientou.  

O técnico bicampeão nacional pretende dar uma alegria a quem se deslocar ao Pavilhão João Rocha para apoiar a equipa leonina. “Nunca queremos defraudar as expectativas dos adeptos. Temos a ambição de fazer mais e melhor aqui no Sporting CP e a nossa ambição é dar o melhor espectáculo aos nossos adeptos. Deixa-nos motivados dar-lhes alegrias”, afirmou.

É já no próximo domingo que os leões disputam a Supertaça, frente ao Benfica, e Hugo Canela não esqueceu essa competição. “Se os atletas não estiverem motivados para um título, como é a Supertaça, será difícil perceber quando é que estarão motivados. Não tenho dúvidas de que a minha equipa vai ter os maiores índices de motivação. E aí também precisamos de controlo emocional para decidir bem nas alturas certas. Esta semana de trabalho será muito importante”, finalizou. 

Foto D.R.

Reis/Kibinho sagram-se campeões

Por Jornal Sporting
19 Ago, 2018

Dupla de voleibol de praia venceu Freitas/Pereira na final, no Porto

Leões protagonizaram uma brilhante exibição hoje e conseguiram a revalidação do título pela terceira vez consecutiva com os parciais de 22-20, 13-21 e 14-16. Roberto Reis falou em mais dificuldades este ano, mas mostrou-se muito satisfeito com o momento. "Vamos saborear esta vitória. Passámos por muitos obstáculos, mas temos de dar os parabéns a todas as duplas que estiveram muito fortes", declarou.

Kibinho, que estava igualmente feliz, referiu o cansaço que sentiu depois de um ano de pavilhão. "Estava exausto no decorrer desta prova, mas conseguimos superar-nos e alcançar mais uma vez o título", rematou.
Depois de terem vencido na primeira etapa, em Portimão, e na segunda, em São Miguel, do Campeonato Nacional Activo Bank, Reis/Silva conquistaram o objectivo deste Verão e conseguiram ser campeões frente à dupla que tinha vencido as três restantes etapas da fase regular.

Foto Mário Vasa

Troféu Stromp marca regresso ao João Rocha

Por Jornal Sporting
17 Ago, 2018

Futsal e andebol voltam a casa na próxima terça-feira

Depois de algumas semanas de trabalho, as equipas de futsal e de andebol do Sporting CP apresentam-se aos Sócios na casa onde venceram os respectivos títulos de campeão nacional. Na próxima terça-feira, dia 21 de Agosto, o Pavilhão João Rocha vai receber dois jogos do Troféu Stromp, primeiro com o duelo entre a turma de Nuno Dias e os Leões de Porto Salvo (19h30) e, mais tarde, com o confronto entre os leões de Hugo Canela e Os Belenenses (21h30). Os bilhetes estão à venda no Estádio José Alvalade, com o preço de 5 euros para Sócios e 8 euros para adeptos – válidos para ambos os jogos, que também terão transmissão na Sporting TV. 

Foto José Cruz

Oitavo lugar de João Vital fechou participação da natação leonina em Glasgow

Por Jornal Sporting
09 Ago, 2018

Nadador do Sporting CP disputou a final do 400m estilos no Europeu

Depois de Guilherme Pina e Alexis Santos, João Vital fechou a participação da natação leonina em Glasgow esta quinta-feira. Na final dos 400m estilos do Europeu, o nadador do Sporting Clube de Portugal, que tinha nadado a eliminatória da disciplina em 4.15,87 minutos (novo recorde pessoal), completou a final de hoje em 4.19,79 minutos, a quase 10 segundos do medalha de ouro, David Verraszto (4.10,65 minutos). 

"O objectivo era fazer 4.16/4.17 minutos. Fiz 4.15, por isso superei o objectivo. Missão cumprida", afirmou o atleta após a sua participação. 
 
Entre os dias 10 e 11, o Clube vai ter em prova André Dias e Helena Carvalho, por Portugal, a participarem em triatlo individual e estafetas, respectivamente. 
Foto José Cruz

Glasgow: Alexis Santos e Pedro Fraga

Por Jornal Sporting
05 Ago, 2018

Nadador leonino entrou na corrida pelas medalhas, enquanto Fraga terminou em quarto a final B de LM2x

Alexis Santos foi o segundo nadador verde e branco a entrar dentro de água em Glasgow (depois de Guilherme Pina). Na prova dos 200m estilos, o atleta conseguiu conquistar um lugar na final, ao fazer o tempo de 1.59,89 minutos, chegando na quarta posição na meia-final. Já de manhã, Alexis tinha ficado em segundo lugar (2.00,24 minutos) no heat 4, o que lhe garantiu a presença nas semi-finais da competição. A disputa pela medalha de ouro tem data agendada para amanhã às 18h15.

Recorde-se que se encontram também a representar o Clube os nadadores Guilherme Pina e João Vital,. Este último estreia-se no próximo dia 7 nos 200m costas.

Remo

Em dupla com Afonso Costa, Fraga não conseguiu alcançar o principal objectivo de ficar entre os três primeiros lugares da categoria de remo, no European Championships, em Glasgow. Com um tempo de 6.28,33 minutos na manhã deste domingo, o atleta agarrou a quarta posição numa final que determinou quais os melhores entre as duplas que não atingiram a passagem à disputa da medalha de ouro.

 

Kryo Clinics associa-se aos leões

Por Jornal Sporting
12 Abr, 2018

Foi estabelecida uma nova parceria com o projecto Sporting Olympics com vista a melhorar o processo de recuperação de todos os atletas verdes e brancos

O Sporting CP, mais precisamente através do projecto Sporting Olympics, fechou acordo com um novo parceiro, a Kryo Clinics, com vista a melhorar o processo de recuperação dos atletas leoninos após treino e competição. Em questão está uma nova metodologia que permite recuperar de forma mais eficaz, como explica a co-fundadora da clínica, Alexandra Guimarães.

"A nosso clínica trouxe um tratamento para Portugal que é altamente inovador, a crioterapia, que trabalha com o frio, e o objectivo é a recuperação dos atletas. Sendo o Sporting CP um Clube onde há imensas modalidades, o benefício pode ser grande. É uma responsabilidade, mas ao mesmo tempo uma satisfação para nós associarmo-nos a este Clube. O que existe são os tanques de gelo, e nós trazemos uma maneira mais fácil e aprazível para os atletas", disse, à medida que Sílvia Saiote, coordenadora do Sporting Olympics, apresentou o lado do Clube na ligação entre as duas partes. 

"Esta parceria surge no sentido de procurarmos sempre produtos e serviços que possam aumentar a performance e os resultados dos atletas do Sporting CP. Não ajuda só o gabinete olímpico, mas promove também descontos para todos os atletas das modalidades do Clube. A crioterapia serve para uma melhor recuperação pós-treino quando o exercício é intenso, que é o que acontece no Sporting CP", finalizou Sílvia Saiote.

Explicação sobre o jogo de andebol em Mafra

Por Jornal Sporting
07 Mar, 2018

Impedimento na mudança de horário obriga equipa de Hugo Canela a jogar 'fora de portas'

A equipa de andebol irá defrontar o CF Os Belenenses, a contar para a última jornada da 1.ª fase do campeonato nacional. A de hóquei em patins irá discutir com os galegos do Liceo da Corunha a última ronda da fase de grupos da Liga Europeia. Como ambos tinham encontros agendados para o Pavilhão João Rocha e por não se poder alterar horas de jogo por se tratar de últimas jornadas em ambas as competições – o que colocava problemas na preparação da quadra entre um jogo e outro –, fica a formação orientada por Hugo Canela com o confronto marcado para o Parque Desportivo de Mafra, pelas 18h00 de sábado.

Como tal, a equipa leonina a jogar no Pavilhão João Rocha será a de hóquei em patins – tal como a do voleibol, que defronta o Castelo da Maia no 2.º jogo da meia-final do play-off, às 16h –, que irá defrontar o Liceo, para a Liga Europeia, também esta a última jornada da fase de grupos, sendo obrigatório o jogo iniciar-se às 20h00.

Ainda que o horário dos jogos seja diferente, em termos regulamentares não existiria o tempo necessário para preparar a quadra de uma modalidade para a outra. A escolha de ser o hóquei em patins a utilizar o Pavilhão João Rocha foi alicerçada no facto de se tratar de uma competição a nível europeu, o que faz com que sejam necessárias diferentes obrigações protocolares.

Foto José Cruz

"Podemos sonhar"

Por Jornal Sporting
25 Fev, 2018

No final da vitória frente ao Esmoriz (3-0), Hugo Silva lançou desde já o play-off e não escondeu a ambição do título nacional

A equipa de voleibol do Sporting CP venceu, neste domingo à tarde, o Esmoriz por 3-0 na última partida da fase regular do Campeonato Nacional. No final do jogo, Hugo Silva, treinador leonino, mostrou-se satisfeito pelo encontro que, diz, serviu essencialmente para testar novas soluções.

"Não estava grande coisa em disputa uma vez que a classificação estava resolvida, mas os jogadores estavam a ser testados na mesma. Serviu para dar jogo a quem tem jogado menos e ver até que ponto podemos contar com eles ou não nesta fase importante que aí, experimentar algumas soluções diferentes e pôr um jovem que foi o primeiro jogo que fez aqui, que foi o Afonso Reis. Penso que a cabeça de todos já estava um pouco no play-off", disse o técnico, lançando posteriormente a fase final do Campeonato Nacional e realizando simultaneamente uma retrospectiva da época até ao momento.

"Aparecer uma equipa e fazer o que já fizemos... tenho de dar os parabéns a todos estes jogadores, à equipa técnica e à própria Direcção que teve a ambição de construir uma equipa destes. Fazê-lo tudo de raiz não é fácil. Para já, foi um passo de gigante que demos. Agora, podemos sonhar com o que todos queremos que são títulos. Vamos atrás disso", prometeu Hugo Silva.

Já Afonso Reis, distribuidor de somente 18 anos que hoje actuou pelos verdes e brancos, manifestou a sua felicidade pela oportunidade que teve e admitiu estar a aprender muito por trabalhar ao lado de Miguel Maia e de Zé Pedro Monteiro, colegas que actuam na mesma posição que ele.

Páginas

Subscreva RSS - Modalidades