Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Português, Portugal

Alterações nos debates agendados para este Sábado

Por
24 Ago, 2018

Pedro Madeira Rodrigues e Frederico Varandas em directo na Sporting TV às 14h:00- Discussão de programas entre João Benedito e José Maria Ricciardi adiado.

O Sporting Clube de Portugal informa que, por mútuo acordo entre a Lista C e a Lista D, o debate agendado para amanhã na Sporting TV, às 16h50, entre os candidatos à presidência do Conselho Directivo, Pedro Madeira Rodrigues e Frederico Varandas, irá realizar-se às 14h00, com transmissão em directo. 

 

Mais se informa que, por indisponibilidade dos candidatos da Lista A e da Lista B, João Benedito e José Maria Ricciardi, o debate agendado para as 16h00 deste Sábado será reagendado para data a anunciar oportunamente.

Foto César Santos

"Sou o candidato da ruptura"

Por Jornal Sporting
05 Jul, 2018

Pedro Madeira Rodrigues é o terceiro nome oficial a avançar para as eleições do Sporting Clube de Portugal

Pedro Madeira Rodrigues apresentou, esta quinta-feira, a candidatura oficial à Presidência do Sporting Clube de Portugal - a terceira para as eleições agendadas para o próximo dia 8 de Setembro. O empresário, que se candidata pela segunda vez consecutiva, anunciou o lema "O Grande Sporting" e garantiu o italiano Claudio Ranieri, campeão inglês pelo Leicester City, como próximo técnico dos leões. 

"Contratarei um grande treinador, que irá ajudar a atrair e a reter os melhores jogadores. Partilha a nossa visão, ambição e vontade de trazer vitórias. Além disso, sabe tudo sobre o Sporting CP e está habituado a grandes desafios. Terá alguém ao seu lado que conheça bem o futebol português", disse, revelando, de seguida, a conversa com José Peseiro, actual técnico leonino. 
 
"Peseiro percebeu a minha escolha, até porque o Presidente Sousa Cintra deixou claro que os candidatos podiam apresentar os seus técnicos. Ele [José Peseiro] é um grande homem, sendo que aceitou esta missão sabendo que poderia ser provisória", continuou. 
 
Quanto às primeiras medidas que pretende tomar na liderança do emblema de Alvalade, Pedro Madeira Rodrigues assumiu-se como "o candidato da ruptura". "Tenho mais de 25 anos de experiência em gestão e liderança de equipas. Comigo, o grande Sporting CP será cada vez mais uma referência mundial em valores, visão e vitórias. Trago o investimento financeiro que garante que o Sporting CP continuará nas mãos dos Sócios. Se me acompanharam anteriormente, sabem que o investimento vem do Oriente e não vamos falar de valores antes das auditorias. Vão ter de confiar em mim", sublinhou.

 
Sobre os restantes candidatos, nomeadamente Frederico Varandas e Fernando Tavares Pereira, assumiu que todos os Sportinguistas são legítimos. "Sou o melhor candidato para o Sporting CP, mas todas as pessoas têm a legitimidade para avançar. Vamos recebê-los de braços abertos, apesar de achar que seis ou sete nomes já vão baralhar os Associados". 
 
Questionado acerca da sua opinião sobre as rescisões dos jogadores de futebol profissional, reconheceu que a situação o preocupa, ainda que admitindo que Ranieri possa ser a solução. "Sabendo que Ranieri vem aí, pode ser que alguns aceitem ficar. Não percebi os jogadores que cresceram no Sporting CP e fizeram isto. Vou resolver, seja para benefício financeiro, seja para ficarem e ajudarem a ganhar", afirmou, acrescentando os moldes das relações com os restantes clubes portugueses. "O Sporting CP não pode estar isolado no futebol português. Não irei compactuar com batotas, mas será um Sporting CP a trabalhar com a Liga e a Federação Portuguesa de Futebol", adiantou, terminando o discurso com uma mensagem para as modalidades.
 
 
"Cresci nas modalidades leoninas e sou um fanático. Vamos fazer regressar o basquetebol", finalizou. 
Foto César Santos

“Queremos dar voz aos núcleos do Sporting CP”

Por Jornal Sporting
04 Jul, 2018

Fernando Tavares Pereira é o segundo candidato oficial às eleições para a Presidência do Clube

Fernando Tavares Pereira, juntamente com Carlos Teixeira, Rui Ribeiro, Fernando Fernandes e Marco Chagas, apresentou, esta quarta-feira, a candidatura oficial à Presidência do Sporting Clube de Portugal – a segunda para as eleições agendadas para o próximo dia 8 de Setembro. O empresário anunciou o lema “Unidos Venceremos”.

“O Sporting CP precisa de muita estabilidade, apoio e tranquilidade. São nessas situações que fazemos a nossa candidatura aqui, em Coimbra – o centro de Portugal. É aqui que vamos mostrar que o Sporting CP está vivo e bem vivo. Esta é uma candidatura de fora para dentro e nasceu para que haja o rigor necessário no nosso grande Clube, para que, todos juntos, possamos fazer a casa que o Sporting CP merece. Todos os Sócios do Sporting CP são bem-vindos”, começou por dizer o candidato.

Com o principal enfoque de dar voz aos Núcleos, Fernando Tavares Pereira prometeu criar condições para que se tornem ainda mais activos. “A partir de hoje vamos formar uma equipa. Uma lista forte, coesa e transparente. Queremos dar voz aos Núcleos do Sporting CP. Porque os Núcleos são parte integrante da Instituição e tentaremos que sejam integrados no Conselho Leonino, para que sejam activos”.

“O futuro será bom se tivermos o cuidado de não dizer mal dos nossos colegas. O Sporting CP é uma família. Vamos receber os novos candidatos e ouvir as suas opiniões. Não podemos atacar ninguém das Direcções anteriores. Temos de ser solidários pelo trabalho que tem vindo a ser feito em prole do Sporting CP. Como costumo dizer: o passado, a história o vai dizer, no presente temos de apoiar e o futuro poderá passar por esta candidatura”, afirmou.

Empresário há 44 anos, Fernando Tavares Pereira afirmou que esta candidatura se trata de puro amor ao Clube. “É um sacrifício pessoal e profissional porque tenho muitas empresas, mas estou a dedicar o meu tempo interior ao Sporting CP, porque o meu Clube precisa de mim”, declarou, revelando: “Não temos Comissão de Honra. Todos os Sócios vão fazer parte da Comissão de Honra. O Clube é de todos: ricos ou pobres, desde que sejam Sportinguistas”.

Preocupado em unir e vencer, deixou a promessa, no caso de ser eleito, de continuar a investir nas modalidades. “Não vamos acabar com as modalidades amadoras. Vamos ver qual a melhor forma de criar uma outra modalidade e continuar a dar um futuro às existentes, tendo em conta os custos”, terminou.

Foto José Cruz

Adeptos Sportinguistas não arredaram pé de Alvalade

Por Jornal Sporting
05 Mar, 2017

Simpatizantes leoninos mostraram a sua felicidade pela reeleição de Bruno de Carvalho

Após o discurso de vitória do Presidente do Sporting CP, Bruno de Carvalho, e já de madrugada, eram ainda muitos os adeptos do Clube presentes nas imediações do estádio. Rúben Elias foi um deles e realçou que não estava surpreendido com o número de Sócios que exerceram o seu direito de voto. “Esperava que a afluência às eleições fosse tão elevada porque os adeptos do Sporting CP demonstram há muitos anos que são os melhores do Mundo. Somos do Sporting CP e amamos este Clube”, começou por dizer, em declarações exclusivas ao Jornal Sporting, tendo explicado o porquê de ter ficado até ao fim da festa.

“Não podia sair daqui até se saberem os resultados oficiais. Eu amo o Sporting CP desde pequenino e esse amor fez-me ficar aqui até agora. As pessoas quando gostam do Clube, é impossível abandoná-lo. Dou tudo por este Clube e vou estar sempre presente”, destacou.

O simpatizante leonino abordou ainda o trabalho realizado por Bruno de Carvalho ao longo dos últimos quatro anos, tendo deixado um desejo para este novo mandato.

“Recuperámos de uma situação financeira de pré-falência e com resultados desportivos lamentáveis. Agora não é assim. Relembro que ainda na última época o Sporting CP com Jorge Jesus e Bruno de Carvalho fez 86 pontos. Para os próximos quatro anos acredito que vamos ser campeões. A situação financeira já está estabilizada e com este Presidente temos todas as condições para voltar a ser campeões nacionais. Não tenho dúvidas de que durante este mandato, vou estar a festejar no Marquês de Pombal um título nacional deste Clube que tanto amo”, finalizou.

Também Luís Santos, membro da claque Brigada, falou em exclusivo ao Jornal Sporting, tendo destacado a justiça da reeleição. “Bruno de Carvalho conseguiu arrecadar um segundo mandato de forma merecida. Acreditamos que nestes quatros anos , agora com o Presidente num registo mais moderado e realista, vamos conquistar muitos títulos, não só no futebol, mas também nas modalidades”, assinalou, tendo por fim abordado o discurso final do máximo dirigente leonino.

“Foi ele no seu estado puro. Sempre foi assim e há-de continuar a ser. Criou um compromisso connosco, demos um voto de confiança e, mesmo nos momentos menos bons que possamos vir a ter, vai contar certamente com o nosso apoio. Temos de acreditar no que ele possa querer vir fazer e mudar na estrutura do Sporting CP. Em relação ao facto de estar aqui até estas horas, a justificação é simples: é o amor que sinto por este grande Clube”, concluiu. 

Foto José Cruz

"Estou disponível para ajudar o Sporting"

Por Jornal Sporting
05 Mar, 2017

Pedro Madeira Rodrigues reconheceu a vitória do adversário da Lista B

"Desejo a Bruno de Carvalho um mandato repleto de sucessos". As palavras são de Pedro Madeira Rodrigues, candidato da Lista A aos órgãos sociais do Clube, que reconheceu durante esta madrugada, ainda antes do anúncio oficial dos resultados, a vitória do actual Presidente nas eleições leoninas.

"Muito obrigado e parabéns a todos os que participaram nestas eleições. Parabéns, sobretudo, a todos os que foram eleitos. Destaco Bruno de Carvalho, com quem já tentei falar por telefone e deixei mensagem. Desejo-lhe sucesso desportivo e que consiga ser campeão", afirmou, sublinhando que a campanha eleitoral mostrou as diferenças para o candidato da Lista B. 

"Mostrou que somos pessoas diferentes na forma e no conteúdo. Embora tenhamos posturas na vida completamente opostas, há uma coisa que nos une: o nosso amor ao Sporting", frisou, antes de se mostrar disponível para ajudar o Clube no futuro.

"Apresentámos um projecto completamente diferente. Trabalhar em conjunto? Não consigo perceber como… Somos muito diferentes. Estou disponível para ajudar o Sporting e não consigo ver isto como oposição", concluiu.

Foto José Cruz

"Sou o Presidente de todos os Sportinguistas"

Por Jornal Sporting
05 Mar, 2017

Bruno de Carvalho, reconduzido na liderança do Clube verde e branco, salienta que os Sócios "demonstraram o rumo que querem seguir" em eleição com participação recorde

O Presidente do Sporting CP, Bruno de Carvalho, este fim-de-semana reconduzido como líder máximo leonino, agradeceu a confiança demonstrada pelos Sportinguistas, tanto por uma vitória a toda a linha significativa como por uma eleição histórica que ultrapassou a fasquia dos 18.000 votantes, garantindo que os adeptos exibiram a certeza no rumo seguido nos últimos quatro anos: "45.000 Sócios podiam votar, mas o valor de 18.755 ultrapassa um recorde de quase 30 anos [17.093]. Hoje, quem ganhou foi o Sporting CP. Sou Presidente de todos os Sportinguistas, este é um Clube democrático e congregador. Os Sócios mostraram que não querem um Clube elitista, mas sim ganhador e popular".

Garantindo continuar a lutar pelos maiores interesses do seu "grande amor", Bruno de Carvalho destacou a maior responsabilidade que este segundo ciclo como Presidente acarreta, denotando vontade intrínseca de corresponder com títulos à confiança depositada pelos Sportinguistas: "Foi muito importante termos mostrado que o Sporting CP está no topo, que voltou a ser o crónico vencedor. Somos a maior potência desportiva nacional e mostrámo-nos unidos, coesos e fortes, sabendo o rumo que queremos seguir. Escavámos o nosso caminho, restaurámos em tempo recorde a credibilidade do Clube, mas sabemos que temos maior responsabilidade, daí a importância desta votação. Temos que vos dar tudo, vocês merecem ser campeões, vamos superar-nos. Não há margem para errar nem para falhar".

Reiterando a ligação umbilical com os adeptos, o 42.º Presidente leonino agradeceu publicamente aos votantes, a quem enfrentou a chuva e o cansaço da madrugada para o ouvir discursar. Os rivais não foram esquecidos e a postura de populista foi rebatida com a paixão pelo emblema do leão rampante: "Quem fizer mal ao Sporting CP é meu inimigo. Nunca vi um Sportinguista a queimar cartões de Sócio ou cachecóis. Quero ver a vossa alegria, saltar convosco e comemorar todos os títulos ao vosso lado. Apelidam-me de populista, mas gosto é de estar perto de vocês, que são a minha família. Obrigado pela vossa coragem e garanto-vos que vamos trabalhar para sermos campeões e para encher as nossas paredes de glória".

A terminar, o líder verde e branco fez questão de contar com toda a sua equipa directiva no palanque improvisado na Praça Centenário, incluindo nesta o candidato da Lista C ao Conselho Leonino, Gonçalo Nascimento Rodrigues, assim como inúmeros colaboradores do Clube. Ficou também um agradecimento especial à namorada Joana Ornelas, à filha Catarina e ao pai, Rui de Carvalho: "Um obrigado por tudo. Por trabalharem 24 horas por dia em prol do Clube, por serem uma equipa que lidera e que tem a máxima exigência diária. À minha família agradeço a força, a compreensão, o carinho e o amor".

"Os Sócios querem Bruno de Carvalho por mais quatro anos"

Por Jornal Sporting
05 Mar, 2017

Jaime Marta Soares anunciou na madrugada deste domingo o vencedor das eleições aos órgãos sociais do Sporting CP

Histórica e estrondosa. A vitória categórica da Lista B nas eleições aos órgãos sociais do Sporting CP, marcadas para este sábado (4 de Março), não deixa margem para dúvidas. Foi um triunfo em toda a linha (Conselho Leonino, Conselho Fiscal e Disciplinar, Mesa da Assembleia-Geral e Conselho Directivo) que a equipa de trabalho de Bruno de Carvalho conquistou no acto eleitoral mais concorrido de sempre na história do Clube.

A noite já ia longa, com o relógio a passar pelo ponteiro das três horas da madrugada, quando Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia-Geral (MAG) do Sporting CP, subiu ao palco montado na Praça Centenário, perante a presença de cerca de duas centenas de Sportinguistas (resistentes à chuva e ao frio que se fez sentir em Alvalade), para anunciar o grande vencedor da noite.

O discurso foi simples, curto e objectivo: "Os Sócios disseram inequivocamente que querem Bruno de Carvalho por mais quatro anos. Escolheram de uma forma que não deixa margem de dúvida. Uma demonstração democrática da força do Sporting CP", afirmou o líder da MAG, reconduzido, também ele, a um novo mandato.

Além da demonstração de força dos Sócios e adeptos do Clube na corrida às urnas, que terminou com um novo recorde de afluência (18.755, num universo de 45.000), o futuro do Clube ficou esclarecido a uma só voz: Bruno de Carvalho continuará na liderança do leão rampante.

Resultados

Conselho Leonino:
Lista A
: 9,07% (7.822 votos)
Lista B: 64,36% (55.207 votos)  
Lista C: 20,67% (17.827 votos)

Conselho Fiscal e Disciplinar:
Lista A
: 10,55% (9.173 votos)
Lista B: 82,78% (78.894 votos)

Mesa da Assembleia-Geral:
Lista A
: 10,2% (8.923 votos)
Lista B: 82,50% (61.771 votos)

Conselho Directivo:
Lista A
: 9,4% (8.262 votos)
Lista B: 86,13% (74,982 votos)

Foto César Santos

Sporting CP com a eleição mais participada de sempre

Por Jornal Sporting
04 Mar, 2017

18.755 votantes superaram os 17.093 da eleição de 1988

04 de Março de 2017 entra na história do Sporting CP. A eleição deste sábado confirmou a aproximação dos Sócios ao Clube, garantindo uma participação nunca antes vista, com filas de adeptos em volta de todo o Estádio de Alvalade.

Os 18.755 votantes registam um novo máximo histórico e bateram os 17.093 da eleição que coroou Jorge Gonçalves em 1988. Jaime Marta Soares adiantou à imprensa que estiveram 15.444 eleitores em Alvalade, discriminando-os de seguida. Por correspondência, obtiveram-se 3.311 participações homologadas e existiram 1.485 invalidadas, 1.480 por problemas de confirmação notarial e cinco por serem duplicadas.

Ainda por saber quem ocupa o cargo de Presidente do Sporting CP, a verdade é que o grau de participação correspondeu ao maior crescimento de sempre dos associados num só mandato, colocando o Sporting CP no ‘top-5’ dos maiores Clubes do Mundo, com mais de 150 mil Sócios.

Durante todo o dia o fluxo de adeptos foi constante. As urnas abriram às 9:00 e, mesmo estando previstas para fechar às 19h00, a verdade é que a Mesa da Assembleia-Geral prolongou até perto das 21:00 (Jaime Marta Soares foi o último a votar), de forma a permitir que os últimos adeptos na (longa) fila verde e branca pudessem exercer o seu direito de voto.

Até ao meio-dia 3.300 Sócios tinham votado em Alvalade. Três horas depois estavam confirmados presencialmente 7.000 eleitores, com Jaime Marta Soares a antever a possibilidade de ser “estabelecido um recorde eleitoral”. Às 18:00 já se registavam 11.500 votantes em Alvalade, mas foi na ponta final que o valor disparou, consagrando um número que só não ultrapassa a fasquia dos 20.000 devido à invalidação de vários votos por correspondência. 

Ao longo da maratona eleitoral, os adeptos salientaram a importância de expressar a força leonina para o futuro do Clube e corresponderam com uma verdadeira ‘onda verde’ perfilada pelas imediações do Estádio José Alvalade.

 

Foto César Santos

Perto de 90 minutos para finalizar votação

Por Jornal Sporting
04 Mar, 2017

Jaime Marta Soares garante que será "o último a votar", depois de já ter delimitado os Sócios que esperam pela oportunidade de participar na eleição

O presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Jaime Marta Soares, confirmou o que adiantara nas duas últimas comunicações de que as urnas só encerram quando o último Sócio colocado na fila por altura das 19:00 tenha a oportunidade de exercer o seu direito de voto: "Acabo de chegar da cauda do pelotão, da longa fila que espera por poder votar. Os regulamentos são para cumprir e, quem esteve até às 19:00 nesta espera, terá oportunidade para participar nas eleições".

O líder do órgão magno do Clube adiantou o valor final de 4.839 votos por correspondência, prevendo para as 21:00/21:30 o final da votação: "Pouco mais de uma hora e volto aqui [ao local reservado às comunicações à imprensa] para vos informar do número oficial de votantes. Estamos a ser rápidos no cruzamento de dados e já está decidido quem será o penúltimo Sócio a votar. O último serei eu".

Foto José Cruz

Equipa principal de futebol acorreu em massa às eleições

Por Jornal Sporting
04 Mar, 2017

Jorge Jesus acompanhou a comitiva e os 12 elementos da formação A nas eleições

O plantel principal da equipa de futebol do Sporting CP marcou presença na eleição deste sábado para a Presidência do Clube verde e branco e exerceu o seu direito de voto pelas 18:15.

Doze elementos da equipa A leonina (Azbe Jug, Paulo Oliveira, William Carvalho, Sebastián Coates, Ezequiel Schelotto, Marvin Zeegelaar, Ricardo Esgaio, Daniel Podence, Bryan Ruiz, Adrien Silva, Mama Baldé, Gelson Martins) foram acompanhados por uma equipa técnica composta por Jorge Jesus, Raul José, Nélson Pereira, Miguel Quaresma e Mário Monteiro. 

Mama Baldé e Ivanildo Fernandes da equipa B também votaram, além do director clínico Frederico Varandas e do treinador dos juniores, Tiago Fernandes.

A comitiva foi bastante aplaudida, e os jogadores posaram para as habituais fotografias e acederam às várias solicitações dos adeptos leoninos.

 

Páginas

Subscreva RSS - Eleições