Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Português, Portugal
Foto José Cruz

Formação de futebol feminino visitou o Museu

Por Jornal Sporting
25 Fev, 2017

No dia em que a equipa sénior irá jogar no Estádio José Alvalade, os plantéis femininos de juniores e juvenis visitaram o Museu Mundo Sporting

Este sábado, num dos dias de maior projecção para o futebol feminino em Portugal - o Sporting CP recebe o Sp. Braga, num jogo grande do Campeonato Nacional, que decorrerá no Estádio José Alvalade (14h45) - o Clube verde e branco decidiu alargar as actividades da secção aos escalões de formação. Assim, as equipas de juniores e de juvenis dos leões visitaram esta manhã o Museu Mundo Sporting, numa actividade organizada pelo Gabinete de Apoio ao Atleta.

Com aproximadamente 40 atletas e respectivas equipas técnicas, a visita decorreu dentro da normalidade e o balanço foi muito positivo, de acordo com Mariana Vaz Pinto, 'team-manager' das sub-19. "É muito importante para estas jovens atletas perceberem a dimensão do Clube onde jogam. O objectivo é, no fim da época, trazerem mais taças para aqui e alargarem o conjunto de troféus do Sporting CP", disse, explicando também que o dia é de todo o futebol feminino verde e branco, e não apenas das seniores. Afinal, a equipa de sub-17 será apanha-bolas do encontro e, no intervalo, todos os conjuntos de formação serão apresentados no relvado.

Também João Edgar, treinador da equipa de juvenis, sublinhou a importância da actividade. "Esta foi uma acção muito bem aceite pelas atletas quando souberam da sua existência. Apesar de jogarem nas sub-17, há aqui jogadores bem mais jovens do que isso e muitas não tinham conhecimento de parte do passado do Clube. Este vai ser um dia histórico pelo jogo das seniores, mas em que todas vão participar de certa forma", disse. Francisca Ferreira, jogadora do plantel das sub-19, corroborou precisamente com as palavras de João Edgar e falou da experiência de visitar o Museu leonino.

"Pessoalmente, representar o Sporting CP é um orgulho imenso. A partir do momento em que cá estamos, estamos num patamar acima das restantes. É um Clube que está entre os melhores da Europa. Tomei muita atenção especialmente à parte do futebol, mas um dos feitos que me marcou foi a conquista do título europeu por parte da equipa feminina de atletismo, no ano passado. É incrível e talvez não tenha tido o destaque que merecia", considerou a jogadora, tal como Joana Prazeres, da equipa de juvenis: "é um objectivo que tenho, representar o Clube do meu coração no Estádio José Alvalade. É o sonho de qualquer uma", finalizou.

Foto José Cruz

Bruno de Carvalho visitou Museu do Sporting CP em Leiria

Por Jornal Sporting
12 Fev, 2017

Bernardes Dinis, o anfitrião, mostrou-se feliz pela visita "especial" do líder leonino

O Museu do Sporting CP em Leiria recebeu este sábado, a meio da tarde, a visita de Bruno de Carvalho. Na companhia de Bernardes Dinis, o anfitrião, o Presidente leonino teve direito a uma visita guiada a um espaço único, onde se encontram inúmeras revistas, jornais, quadros, medalhas, troféus, posters, camisolas, botas e diversos artigos pessoais de antigos atletas das várias modalidades do Clube.

"Foi uma visita especial, até porque o nosso Presidente e a sua estrutura do Conselho Directivo fizeram um trabalho notável nos últimos quatro anos. Fantástico mesmo, em várias vertentes: na desportiva e no ecletismo - o Sporting CP é neste momento dos clubes na Europa com atletas com mais títulos europeus, mundiais e olímpicos. Todos os Sportinguistas sentem isso", começou por dizer ao Jornal Sporting Bernardes Dinis, grande impulsionador e responsável do Museu Sporting em Leiria.

"Tenho a certeza de que Bruno de Carvalho ao visitar-nos vai com a alma renovada, porque tal como eu, e todos os Sportinguistas, tem uma paixão infinita ao Sporting CP. E é com essa paixão que temos que viver o dia-a-dia", acrescentou, antes de destacar a grandeza do leão rampante.

"Ao contrário do que muita gente diz, um museu não é um espaço morto. Precisa é que quem faz as visitas guiadas as faça fazer dentro das limitações que se possam ter, mas que saiba incutir às pessoas o que é a verdadeira história do Sporting CP. O Clube nasceu a 1 de Julho de 1906, tem uma história riquíssima e por isso é que é a maior potência desportiva nacional. Os factos são elucidativos, falam por si. Não são as palavras, são os 'documentos', que espelham a grandeza do Sporting CP", concluiu.

Foto José Cruz

Museu Sporting recebeu camisolas dos quatro campeões europeus sub-17

Por Jornal Sporting
26 Jan, 2017

Thierry Correia, Luís Maximiano, Rafael Leão e Miguel Luís entregaram as camisolas com que conquistaram o Europeu de sub-17 com todo o plantel de juniores, que visitou o Museu leonino

Foi uma manhã diferente aquela que viveu hoje a equipa de juniores do Sporting CP: ao invés do campo de treinos na Academia ou da sala de aulas que costumam frequentar, os jovens verdes e brancos deslocaram-se até Alvalade, mais concretamente ao Museu Sporting, onde os quatro campeões europeus de sub-17 entregaram as camisolas com que conseguiram o feito. Miguel Luís, Rafael Leão, Thierry Correia e Luís Maximiano foram os jogadores em destaque, numa visita onde estiveram presentes igualmente o Presidente Bruno de Carvalho, Aurélio Pereira e todo o staff da actual equipa de juniores.

Os jogadores, naturalmente felizes pelo reconhecimento associado ao acto, manifestaram todos o orgulho e a honra ao, ainda sem chegar aos seniores, já terem guardado um espaço próprio no Museu verde e branco. "É um orgulho fazer parte da história deste grande Clube. Sei que daqui a 100 ou 200 anos vou continuar a ter uma camisola minha neste museu e não podia estar mais feliz por este reconhecimento. Espero mais tarde voltar e ser uma referência para os mais novos como muitos dos que cá estão são para mim", afirmou o guarda-redes Luís Maximiano, tal como Thierry Correia, defesa leonino que diz ter como objectivo repetir o momento no futuro: "Sinto-me muito orgulhoso por ter este espaço no museu. Não estava nada à espera e faltam-me até as palavras... Quero continuar no Sporting CP e voltar cá para trazer mais troféus".

Já Rafael Leão, que actua na frente de ataque, cingiu as expectativas a um espaço temporal mais curto, mas não deixou de mostrar o contentamento que sentia. "Estou muito satisfeito, é uma grande honra e um orgulho estar aqui ao lado de grandes e mais uma motivação para continuar a trabalhar. Quero conquistar muitos títulos com esta camisola, e, por agora, ser campeão nacional pelos juniores", disse. Miguel Luís, médio-centro, ressalvou também a importância da presença dos dirigentes do Clube que, admite... o deixaram um pouco nervoso. "É um grande orgulho estar aqui ao lado de nomes muito reconhecidos. Vir cá, com toda a Direcção e com o Presidente a receber-nos, é uma grande honra. Dentro de campo já não me sinto nervoso, mas aqui estive um pouco, ao entregar a camisola". 

Tiago Fernandes, treinador da equipa de juniores que bateu recentemente o recorde de jogos sem perder no escalão, onde actualmente se incluem os quatro campeões europeus homenageados, elogiou os jogadores e o seu profissionalismo que, diz, tem sido essencial para os feitos alcançados. "Já trabalho com eles há seis anos porque, directa ou indirectamente, já os tinha treinado nos iniciados e agora voltei a estar com eles no ano passado e nesta época. Têm uma personalidade forte, vontade de aprender todos os dias e penso que foi a cereja no topo do bolo o que ganharam no ano passado. Tiveram mérito, fizeram parte de uma geração de bastante qualidade e conseguiram superar-se ao conquistar o título europeu" , afirmou o técnico leonino, bem como Aurélio Pereira, responsável pelo departamento de recrutamento do futebol de formação, que sublinhou a forma como os leões estão identificados com o Clube que representam.

"São quatro grandes jogadores. Jovens que entraram aqui na casa dos 9, 10 anos e, hoje, são homens agarrados àquilo que são os valores do Sporting CP. Fico e ficamos todos orgulhosos por terem sido campeões europeus pela Selecção, mas também campeões nacionais pelo Clube. Aproveito por isso para endereçar-lhes os parabéns, mas também para felicitar a iniciativa de os trazer aqui para beber um pouco da história e daquilo que grandes atletas fizeram", terminou Aurélio Pereira, elogiando a iniciativa levada a cabo pelo Gabinete de Apoio ao Atleta, que levou não apenas os quatro, mas todos os membros da equipa de juniores a visitar o Museu.

André Geraldes, director desse mesmo gabinete, reforçou a importância da acção, explicando que era algo inexistente no Clube. "Quando falamos na profissionalização da estrutura do futebol e das modalidades do Sporting CP, falamos um pouco nisto: o gabinete de apoio ao atleta tem servido para promover a identidade do Sporting CP no seio do Clube. Neste caso, estamos aqui com quatro campeões da Europa e com a visita de mais uma equipa da nossa formação, que se trata do culminar do que tem sido feito porque já outras equipas da formação passaram por cá. Era algo que não tínhamos em muitos anos de história, que passou a ter e que assim continuará. Queremos que quem leva o símbolo do Clube ao peito o sinta cada vez mais", rematou.

Foto D.R.

São eles que dão vida ao Museu

Por Jornal Sporting
12 Out, 2016

A equipa de hóquei em patins visitou o estádio e o Museu Sporting, onde deixou o troféu da Elite Cup

Foi sob o 'olhar atento' de Fernando Mendes, Héctor Yazalde, Manuel Fernandes e de outras figuras emblemáticas do universo leonino que a equipa de hóquei em patins desceu aos balneários do Estádio José Alvalade, a primeira paragem da visita guiada desta quarta-feira. O papel de parede que acompanha o percurso mete em sentido qualquer adversário que caminhe dentro do reino do leão. Já sentados no lugar onde os opositores se costumam preparar, ouviram-se histórias de Mário Jardel, Fernando Peyroteo e Cristiano Ronaldo, alguns dos maiores inimigos daqueles que enfrentaram o símbolo do leão rampante. 

Os vencedores da Elite Cup, que arrancaram no campeonato com duas vitórias, passaram também pelo Auditório Artur Agostinho, local onde houve tempo para uma 'conferência' curiosa de Ângelo Girão. "Aviso já que a última vez que tirei uma fotografia neste sítio ganhámos a Taça CERS. Este ano vamos ganhar a Liga Europeia", soltou, sem qualquer receio.

Sergi Miras, reforço do Sporting CP esta época, integrou os escalões de formação do Barcelona, clube onde se estreou na principal liga espanhol e no qual viria a conquistar duas ligas espanholas (2005 e 2006), uma Taça do Rei (2006), três Supertaças de Espanha (2005, 2006 e 2012), uma Liga Europeia (2005), uma Taça CERS (2006), duas Taças Continentais (2005 e 2006) e uma Taça Intercontinental /2006). Ainda assim, ao entrar no Museu Sporting, soltou a seguinte questão: "O Sporting CP, tal como o Barcelona, também tem um espaço dedicado às conquistas de cada uma das modalidades?". "Sim", respondeu Gilberto Borges, um dos responsáveis pela secção de hóquei. Miras não precisou de tecer uma única palavra, pois o seu olhar brilhou automaticamente. 

Como já é conhecido, o mote desta época para os jogos realizados em casa é: "Só tu dás vida a Alvalade". Neste caso, podemos fazer uma pequena alteração. O conjunto orientado por Guillem Pérez deu mais um bocadinho de vida ao local onde os leões guardam a sua história. Deixaram a Elite Cup na vitrine destinada aos títulos da modalidade e ouviu-se uma salva de palmas. 
O maior desejo do treinador verde e branco é que essa tenha sido a primeira de muitas. "A nossa vontade é trazer muitas mais coisas para aqui. Queremos ganhar tudo: todos os jogos e todos os títulos", vincou, já depois de, no relvado de Alvalade, se ter afastado do grupo para ter um momento consigo próprio. Porquê? "Estive a observar a grandeza do Sporting CP. Para mim, é importante fazer parte de um grande Clube". 

O capitão João Pinto garantiu que, aos que chegaram, não precisou de explicar o historial leonino. Jogadores como Pedro Gil conhecem bem a tradição verde e branca no hóquei em patins. "O Sporting CP tem muita história no hóquei. O nosso projecto passar por continuar a honrar esse sucesso, levando o Clube até ao mais alto patamar, que é onde merece estar", afirmou o espanhol. 

"Esperemos que o 'déjà vu' do Girão seja um bom presságio para o final desta temporada, apesar da Liga dos Campeões ser um objectivo mais difícil, pois tem equipas muito fortes. Estamos preparados", garantiu João Pinto, no final da visita organizada pelo Gabinete de Apoio.

Foto DR

Rui Patrício visitou Museu Sporting

Por Jornal Sporting
24 Ago, 2016

Capitão leonino fez-se acompanhar por familiares na visita que efectuou esta manhã

O Museu Sporting, reformulado há pouco tempo, teve hoje uma visita especial: Rui Patrício, um dos capitães verdes e brancos e também um dos que está há mais anos no Clube, visitou o espaço, junto com alguns familiares. Apesar de ser certamente um dos jogadores que tem maior conhecimento acerca do símbolo que veste ao peito, ou não "estivesse há mais anos no Sporting do que em casa dos pais", o guarda-redes fez questão de visitar o Museu e prestar atenção a cada detalhe da história leonina. 

Ricardo Serrado, director do Museu leonino, diz ter sido "uma surpresa e uma honra para a equipa que trabalha no espaço e, claro está, um motivo de orgulho receber alguém com tanta predominância no universo Sportinguista". Sobre as reacções que o capitão foi esboçando ao longo da visita, o director diz que foram sempre muito positivas, focando nalgumas partes da visita.

"Ele ficou surpreendido com as mudanças em relação ao anterior Museu e teceu comentários muito positivos acerca das mesmas. Notou-se que a parte referente ao futebol foi onde demonstrou maior admiração, até por ele próprio pertencer àquela sala", relembrou, adiantando: "por outro lado, também foi curioso que o próprio Rui está na lista dos melhores jogadores da história 60, elaborada a partir de critérios objectivos, como o número de jogos, títulos ou vitórias. As medalhas olímpicas e os cintos de campeão mundial de boxe e de kickboxing foram outras das atracções de que mais gostou", finalizou. 

Páginas

Subscreva RSS - Museu Sporting