Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Club

Ajudar quem mais precisa: um dever Leonino

Por Sporting CP
07 Dez, 2018

O Sporting fez-se representar na ajuda voluntária a pessoas na condição de sem-abrigo

O Presidente Frederico Varandas e o jogador Carlos Mané colaboraram na noite desta quinta-feira com a Comunidade Vida e Paz. Os dois Leões acompanharam uma ronda de apoio e de entrega de comida e mantas a pessoas em condição de sem-abrigo pela cidade de Lisboa.

Para além de Frederico Varandas e de Carlos Mané, estiveram presentes a vice-presidente Maria Sancho, o vogal Rahim Ahamad e o team manager Beto. 

No final, o Presidente Leonino explicou que o clube de Alvalade tem o dever de realizar acções como esta. "O Sporting Clube de Portugal é uma das grandes instituições deste país. É muito mais do que um clube desportivo e tem responsabilidade social. É um dos objectivos desta direcção aumentar a inclusão do Sporting na sociedade, melhorar a integração numa sociedade que, infelizmente, não tem apenas coisas positivas e boas", disse ao Jornal Sporting e à Sporting TV.

Já Carlos Mané reforçou que "É muito bom ajudar os mais necessitados". "O Sporting tem o dever de o fazer muitas vezes porque é um grande clube. Estamos muito contentes por poder ajudá-los", frisou.

Orçamento e relatório aprovados em Assembleia Geral

Por Sporting CP
01 Dez, 2018

553 associados estiveram presentes no Multidesportivo

Os Sócios do Sporting aprovaram esta sexta-feira o orçamento para 2018/19 e o relatório de gestão e contas da temporada passada na Assembleia Geral realizada no Multidesportivo de Alvalade.

Com 553 associados presentes (correspondentes a 3021 votos), o orçamento para a presente época foi aprovado com 56.32% dos votos, enquanto o relatório de gestão e contas teve o mesmo destino com 82.99% dos votos.

Houve ainda espaço para discussão e deliberação, com os Sócios a terem a oportunidade de dar a conhecer os respectivos pontos de vista na primeira reunião magna dos actuais órgãos sociais.

Sporting abre novo Curso Técnico de Apoio à Gestão Desportiva

Por Sporting CP
29 Nov, 2018

Curso contará com a participação de 22 formandos

No próximo dia 30 de Novembro, vai-se proceder à abertura do novo Curso de Aprendizagem para Técnico/a de Apoio à Gestão Desportiva, organizado pela Sporting Training Academy. 


Os novos formandos serão recebidos durante a manhã no Hall VIP do Estádio José Alvalade, procedendo à entrega da documentação e apresentação do Curso, no Auditório Artur Agostinho. Posteriormente, e depois da visita ao museu e ao estádio, irá realizar-se uma reunião informar com os formandos e os Encarregados de Educação, na Sala TIC da Sporting Training Academy. 

O Sporting irá formar técnicos de gestão formativa, trabalhando numa vertente muito prática e com passagem, ao longo dos três anos do curso, por alguns estágios pelas mais diversas áreas do clube. 


Este projecto foi iniciado em 2015 e conta com o financiamento do IEFP. Este ano, a turma que irá ingressar os três anos de curso, contará com 22 formandos. 

 

Controlo de acessos reactivado no Multidesportivo

Por Sporting CP
28 Nov, 2018

Informação aos praticantes, pais e funcionários

Com objectivo de criar um Multidesportivo mais seguro a todos os praticantes, encarregados de educação e funcionários, o Sporting Clube de Portugal informa que vai reactivar o controlo de acessos do edifício a partir do próximo dia 3 de dezembro.

Para uma melhor implementação desta sistema, é necessário ter um conta um conjunto de normas e procedimentos.
 
1. QUEM PODERÁ ACEDER AO COMPLEXO MULTIDESPORTIVO?
 
Todos os praticantes inscritos em uma ou mais actividades/modalidades, que detenham o respetcivo cartão, o mesmo que lhes permitirá o acesso ao Multidesportivo. O acesso só será permitido caso as mensalidades se encontrem devidamente regularizadas. Acompanhantes de praticantes com idade igual ou inferior a 18 anos poderão igualmente aceder ao Complexo mediante as condições estabelecidas (ponto 5 deste documento)
 
Autorizados também a aceder ao Multidesportivo estão dirigentes, equipas técnicas, atletas e restantes colaboradores das modalidades residentes ou aquelas que, não sendo residentes, desenvolvam com regularidade parte do seu trabalho no Multidesportivo, assim como os técnicos e praticantes do Crossfit Alvalade.
 
Por fim, as empresas prestadoras de serviços, cujos colaboradores exercem as suas tarefas no Complexo Multidesportivo do Sporting Clube de Portugal, mas que têm como supervisão a Direção de Instalações e Operações, e a Direção de Operações e Segurança:
- Às empresas que prestam serviço de forma diária, regular e contínua serão adjudicados cartões de acesso (número de cartões por definir).
- Empresas menos regulares, com “visita” pontual, deslocam-se ao balcão de segurança do Multidesportivo, que procederá à confirmação dos trabalhos a realizar (através de informação que deverá receber via email), e registará os dados do(s) elemento(s) presente(s) na entrada e saída dos elementos presentes.
 
2. COMO PODEREI ACEDER AO COMPLEXO?
 
O acesso ao Complexo Multidesportivo apenas poderá ser feito através da apresentação do Cartão de Praticante com as mensalidades devidamente regularizadas ou, não sendo praticante, através do Cartão de Acompanhante, quando atribuído. Os mesmos serão pessoais e intransmissíveis. Ao praticante, o cartão é automaticamente atribuído no acto da sua inscrição. Quanto aos acompanhantes de praticantes com idade igual ou inferior a 18 anos, e se assim o desejarem, estes poderão adquirir o seu Cartão de Acesso no Centro de Atendimento da Loja Verde do Pavilhão João Rocha mediante pagamento, ficando assim aptos a aceder ao Complexo, cumprindo as regras definidas no ponto 5 deste documento.
 
3. O CARTÃO POSSIBILITA-ME LIVRE-TRÂNSITO?
 
Não. O acesso dos praticantes (entenda-se pagantes nas diversas modalidades) está limitado aos dias/horários em que os mesmos terão as suas atividades. Neste enquadramento, o praticante poderá aceder ao Complexo 30 minutos antes da sua actividade iniciar, e só poderá permanecer até 40 minutos após a actividade terminar. Expirado este tempo, o cartão já não lhe permitirá sair, registando-se assim um incumprimento das regras definidas.
 
Apenas terão autorização, e serão atribuídos cartões para livre circulação dirigentes, colaboradores equipas técnicas e atletas de Alto Rendimento das modalidades residentes no Complexo Multidesportivo, todos devidamente identificados pelo responsável da modalidade, bem como de modalidades que, não sendo residentes, têm no Multidesportivo as suas secções ou parte do desenvolvimento do seu trabalho.
 
4. SOU PRATICANTE. QUEM ME PODERÁ ACOMPANHAR?
 
a) ATÉ AOS 18 ANOS INCLUSIVE: os acompanhantes podem requerer os respetivos Cartões de Acompanhante no Centro de Atendimento da Loja Verde do Pavilhão João Rocha mediante o pagamento de 5€ por cartão. A cada praticante poderá ser atribuído no máximo dois cartões de acompanhante em simultâneo.
b) + 18 ANOS: A partir desta idade, não serão considerados acompanhantes para os praticantes das mais diversas modalidades.
c) SITUAÇÕES ESPECIAIS: terão acesso a dois cartões de acompanhante gratuitos os praticantes de Natação - classe dos bebes 6/36 meses, praticantes portadores de deficiência independentemente da modalidade, e os praticantes de ginástica da classe mista pais e filhos.
 
5. COMO DEVO PROCEDER NA ENTRADA E SAÍDA?
 
A entrada e saída do Complexo Multidesportivo obedece às seguintes regras:
 
a) ENTRADA: O praticante terá de dar entrada em primeiro lugar, para accionar a permissão de acesso para o seu acompanhante, que deve passar o respetivo cartão de seguida, ficando apto a entrar.
b) SAÍDA: no fim da actividade do praticante, será o acompanhante o primeiro a dar saída. Só depois o praticante deverá proceder à passagem do cartão para saída do Complexo.
c) TORNIQUETE DE MOBILIDADE: Este será utilizado pelos praticantes portadores de deficiência, colégios/creches, fornecedores, colaboradores que necessitem de transportar materiais, dias de jogos e eventos, entre outros a considerar.
 
Assim, o cartão do acompanhante é validado na entrada e na saída enquanto o praticante se encontrar no interior do Complexo Multidesportivo. Enquanto o praticante permanecer dentro do Multidesportivo, o acompanhante poderá sair e entrar sempre que necessitar.
 
6. QUANTO TEMPO POSSO PERMANECER NAS INSTALAÇÕES?
 
O tempo máximo de permanência nas instalações é o somatório dos 30 minutos que antecedem a actividade, o tempo da actividade propriamente dita, e os 40 minutos posteriores à mesma.
 
7. EM CASO DE PERDA OU EXTRAVIO DO CARTÃO DE ACESSO, COMO PROCEDER?
 
Os cartões são pessoais e intransmissíveis, e da inteira responsabilidade do seu portador. Todo e qualquer cartão perdido, extraviado, roubado, danificado, entre outros, terá obrigatoriamente que ser renovado. À semelhança de outros cartões, nomeadamente o de sócio, esta renovação terá um custo de 10€. Em caso de roubo, e quando apresentado o auto feito na polícia, não existirá qualquer custo associado à emissão de um novo cartão.
 
8. COMO PRATICANTE E COM A INTRODUÇÃO DESTE SISTEMA DE CONTROLO, CONTINUAREI A TER ACESSO AO ESTACIONAMENTO?
 
Sim. Os praticantes, à semelhança do que já é praticado, terão direito a estacionamento gratuito num período de 90 minutos. O ticket de estacionamento deverá assim ser validado no balcão da segurança | recepção do  Complexo Multidesportivo, e obrigatoriamente, mediante apresentação do cartão do praticante. Não apresentar o cartão de praticante, inviabiliza, até novas diretrizes, a validação do ticket de estacionamento.

Férias de Leão: o presente de Natal perfeito para os jovens Sportinguistas!

Por Sporting CP
26 Nov, 2018

Está tudo pronto para mais uma edição do programa com mais garra deste Natal

Tens entre 6 e 14 anos? Queres passar umas férias de Natal diferentes com o Sporting? Então junta-te a nós num programa único com actividades desportivas, lúdico-pedagógicas e culturais inspiradas nos valores e na cultura Sporting.

De 17 a 21 de dezembro vais poder experimentar várias modalidades leoninas como ténis de mesa, hóquei em patins, futebol, jogos aquáticos, andebol e kickboxing nos vários locais onde treinam e jogam os craques leoninos - Multidesportivo, Pavilhão João Rocha, Academia Sporting e Estádio José Alvalade. Vais ter também a hipótese de conhecer os bastidores da Sporting TV e ainda partilhar momentos únicos com uma figura do mundo Sporting, assim como momentos de cinema e de oficina de ciência e várias surpresas por revelar.

Os preços começam nos 150 euros e as actividades vão decorrer entre as 9h00 e as 18h00. Estão incluídas refeições (almoço e dois lanches por dia), material (duas t-shirts, uma sweatshirt, t-bag e cantil), seguro desportivo e todas as despesas relativas ao plano diário.

Contamos contigo e com todos os sócios e adeptos do Sporting que esperam por ter férias leoninas e participar no programa com mais garra deste Natal! As vagas são limitadas e todas as informações estão presentes em ferias.sporting.pt.

Fernando Peyroteo recorda tempos gloriosos do pai no Museu Sporting

Por Sporting CP
29 Nov, 2018

Filho da figura mítica leonina faz uma visita guiada no início de Dezembro

Fernando Peyroteo filho vai fazer visita de autor no Museu Sporting, no próximo dia 1 de Dezembro, entre as 11.00 e as 12.00, onde recordará as vitórias que o seu pai conquistou de leão ao peito.

O filho do maior goleador da história do Sporting irá partilhar com os presentes as histórias, recordes e factos e golos marcados com a assinatura de Fernando Peyroteo. 

A visita tem uma limitação máxima de 25 pessoas, e a inscrição é gratuita, bastando apenas enviar um email para museu@sporting.pt com o nome e contacto telefónico ou então ligar para o número 217516164.

Esta será a quarta visita de autor no Museu Sporting, depois da passagem de nomes como Marco Chagas, glória do ciclismo leonino e consultor da modalidade no clube, Vítor Cândido, antigo jornalista e Domingos Castro, antigo atleta olímpico verde e branco. 

 

Discurso do Presidente do Sporting nos Rugidos do Leão

Por
17 Nov, 2018

Líder do Clube, Frederico Varandas, fez um balanço dos dois meses de mandato e apelou à união

Boa noite, caros consócios!
 

Boa noite Sporting! Porque se há aqui algo que nos une nesta noite é o Sporting! Porque isto é o Sporting! Porque isto é que deve ser o Sporting!

Têm sido dois meses muito intensos. Todas as pessoas sérias, decentes, lúcidas, que conhecem o Sporting, que acompanham a vida do nosso Clube, têm a noção do desafio colossal que temos todos em cima dos nossos ombros.

E no “todos” incluo-vos também a vós, pois se amamos, verdadeiramente o nosso Clube, a missão de recuperar o Sporting é, também, uma missão de todos nós, de cada um de nós.

Têm sido dias e noites extenuantes a lidar com situações muito complicadas, muito difíceis. Muitas coisas que teremos de guardar para sempre dentro de nós e algumas delas esperar que as possamos um dia esquecer.

E, por isso, antes de mais, queria agradecer aos que estão praticamente a viver em Alvalade e em Alcochete, aos que levam trabalho para casa e que não dormem a pensar no Sporting.

Quero agradecer a todos os membros dos órgãos sociais, a todos os nossos funcionários, a todos os nossos atletas, às equipas técnicas, aos médicos, fisioterapeutas, aos seccionistas que, nestes dois meses, cientes da dimensão do desafio, no meio de todos os processos, da turbulência, do ruído, da maledicência, dos insultos, das ameaças, das birras, da histeria mediática, das detenções, das polémicas, da insanidade, não se desviaram do que lhes pedi.

Quero agradecer aos que não se queixam, aos que não pedem, nem pedincham. Quero agradecer aos que ajudam com um sorriso nos lábios. Quero agradecer aos conscientes da realidade duríssima que tivemos e teremos pela frente, mas que sem medos, sem receios, em silêncio, fortes, líderes, sem se deixarem afligir ou influenciar pelos agoirentos, com sobriedade, com máxima dedicação, têm tido o sentido de missão que o Sporting hoje precisa e que lhes pedi.

E quero agradecer, e muito, aos muitos sócios que temos sempre ao lado do Clube, sempre com o Sporting.

Quero agradecer aos sócios, aos que acreditam sempre, aos que não desesperam, aos que não desistem, aos que não vacilam, aos que não deixam de ter os pés no chão, mas que acreditam que com trabalho, com seriedade, com educação, com respeito por nós próprios e pelos outros, é possível superar os obstáculos.

A todos vós, e em nome do Sporting Clube de Portugal, muito obrigado!

Gerir o Sporting não é pensar no “agora”, não é gerir para a bancada, nem para ser popular, nem para dizer chavões, comprometendo o clube e o futuro. Já disse e repito: Não estou aqui para ser popular. Não estou aqui para agradar a estes ou àqueles. Não estou aqui para fazer favores ou para gerir em linha com o que opinion makers acham ou gostam. Não estou aqui para levar pancadinhas nas costas, ou para me dizerem que sou o maior, porque ao longo de toda a minha vida não cheguei a lado nenhum por acaso, não tenho problemas de autoestima, nem inseguranças e sei exactamente o meu valor e o valor inestimável de todos aqueles que me acompanham e que, como eu, estão aqui para servir o Sporting e não para se servirem do Sporting. Também não estou aqui para ser justiceiro, nem para apagar a história, seja ela boa ou má. Estou aqui para fazer aquilo em que acredito e com aqueles em quem confio, com aqueles em quem acredito e que ao longo das suas vidas, nas suas carreiras, nos seus trajectos, uns mais novos, outros mais experientes, deram inúmeras provas de competência e de boa-formação.

O nosso Sporting é o Clube que recebemos dos nossos avós, dos nossos pais e que queremos deixar aos nossos filhos, aos nossos netos, para que a nossa história continue.

Um Sporting que não se respeite a si próprio, não terá o respeito de ninguém! um sporting de figuras tristes, de ressabiamento, loucura, histeria, ruído, cheio de gente com sede de protagonismo para, por tudo e por nada, passar a vida, em público ou em privado, a falar mal do sporting, não merece o respeito de ninguém!

Temos de ter noção, o discernimento, o sentido de auto-crítica, de que há situações e um nível de comentários sobre o Sporting que não existe em mais lado nenhum do mundo e que isso também provoca os seus efeitos.

Quem conhece o desporto europeu, quem conhece a realidade dos outros grandes clubes europeus e os seus modelos de gestão, sabe que a paz e a estabilidade são condições básicas, e repito o “básicas”, para vencer, pois esses são factores essenciais para se poder planear, semear, estruturar, testar, treinar, corrigir, vencer. quem trabalhe e tenha tido sucesso, em qualquer coisa, seja num negócio, na sua profissão, na sua carreira, sabe que há coisas que devem ser feitas e coisas que não devem ser feitas. ao nível de clubes, seja em Espanha, França, Itália, Holanda, Alemanha, Inglaterra, em nenhum lugar do mundo há, tantas vezes, com tanta frequência, tanto ruído à volta de um clube como há com o Sporting. e é preciso entender, é preciso que todos, e quando digo todos… é mesmo todos… entendam… aquilo que nos faz bem, enquanto clube, aquilo que nos faz mal, enquanto clube, aquilo que nos faz mais mal que bem, enquanto clube.

E, por isso, quando me pedem palavras, quando me pedem promessas, prefiro apresentar trabalho, prefiro factos, prefiro acções.

E é de acções, de factos, que vos falo aqui hoje.

Hoje já temos um novo modelo de gestão na academia, liderado pelo Professor Paulo Gomes onde voltaremos a ser uma referencia na formação de jogadores. mas não queremos apenas formar bons jogadores. queremos formar bons jogadores que percebam e que sintam o privilégio que é vestir a camisola do Sporting.

Reforçámos o Departamento Médico com um dos mais conceituados médicos na área da medicina desportiva – Doutor João Pedro Araújo.

Estamos a montar uma Unidade de Performance que será um exemplo em toda a europa. em Janeiro chegará como coordenador dessa unidade Francisco Tavares, uma referência na comunidade científica, que já trabalha há vários anos ao mais alto nível no râguebi tendo mesmo estado num dos melhores clubes de râguebi da Nova Zelândia. para a unidade de performance fomos também buscar um dos mais credenciados sports cientist do mundo – Alireza Rabbani.

O nosso scouting teve um reforço de peso com a entrada do José Guilherme Chieira.

Escolhemos um treinador pela sua competência e não pela sua nacionalidade ou popularidade. mas não só a escolha do treinador foi pensada como também toda a sua equipa técnica. a contratação de Rodoldo é cirúrgica e essencial para potenciar o trabalho de Marcel Keiser.

Mas há mais.

Quando, há uns meses atrás, disse que era preciso conhecer a casa das máquinas, ter um conhecimento profundo do core business do clube, das actividades do clube, perceber o que é hoje o futebol profissional ao mais alto nível, não estava a brincar. estava a falar a sério. Futebol é pormenor. E cada pormenor conta.

Mas não só no Futebol estamos a preparar o futuro…

No Hóquei, renovámos com o André Girão.

No Andebol renovámos com Carlos Ruesga e Edmilson

No futsal renovámos com Panny Varela e com o nosso querido mister Nuno Dias.

Tudo isto de uma forma sã, equilibrada e em linha com o modelo de sustentabilidade transversal que defendemos para todo o Universo Sporting.

Redefinimos a grelha da Sporting TV que deve ser um canal Sporting, para sportinguistas, um canal plural, aberto, com liberdade de opinião, que não deve estar ao serviço das agendas de ninguém e que é de todos e para todos.

Estamos a trabalhar em vários dossiers e parcerias com sponsors, fornecedores, que, por motivos óbvios, e havendo negociações em curso, não podemos falar delas em público. mas o trabalho, trabalho sério, está a ser feito.

Mas há mais.

Houve quem dissesse que não iríamos ver um euro do caso Rui Patrício, mas, num processo muito difícil, muito difícil mesmo, que exigiu tempo, desgaste, paciência, tenacidade, resiliência, muito esforço e empenho de várias partes, o caso resolveu-se. e o Sporting recebeu bem mais que um euro!

Apesar da tristeza de inúmeros factos que são conhecidos de todos e em todo o mundo, apesar da vergonha, não desistimos de irmos buscar o máximo que pudermos pelo Gelson junto do Atlético de Madrid e estamos a trabalhar em soluções.

E apesar dos boicotes, apesar das cunhas, apesar das altas-traições, apesar de todas as tentativas inqualificáveis para que não houvesse Empréstimo Obrigacionista, apesar das facadas que foram dadas no coração do Sporting quando se diz, impunemente e irresponsavelmente, que a SAD está em falência ou em insolvência, apesar de todas as manobras incríveis e que jamais poderia acreditar que pudessem ser feitas para que não houvesse empréstimo obrigacionista, com os brutais prejuízos que isso teria para o próprio Sporting, apesar de tudo isso, conseguimos fazer e lançar o empréstimo obrigacionista.

E, uma vez mais, também já ouvi as vozes do costume, com as encomendas do costume, dizerem que agora o Sporting não vai conseguir vencer a batalha do Empréstimo Obrigacionista. mas vai vencer. O Sporting vai vencer também esta batalha. Vamos vencer. Haja o que houver, nós vamos ultrapassar isto e superar o que tiver de ser superado.

Às vezes, e digo isto aos que estão mais perto de mim, aos que estão na minha equipa : “Vão meter o pé, vão tentar rasteirar, vão tentar derrubar-nos, mas nós vamos ultrapassar todos os obstáculos, vamos superar tudo! vamos abanar, mas não vamos cair, nem fazer fita, nem nos vitimizar, pedindo falta ou cartão. Vamos em frente, vamos passar por eles todos, e vamos marcar golo!"

E, por fim, porque gosto de ser directo e conciso nas minhas intervenções, para concluir, queria falar-vos de: “Amor ao Sporting!”

Há vários tipos de amor. há várias concepções de amor.

Em minha casa, na minha família, fui educado e cresci com uma definição de amor. “Amar é proteger” – foi isso que me ensinaram.

E, por isso, quando ouço a frase “amar o Sporting”, o meu primeiro instinto e o instinto que deve estar em cada um de nós, é o de proteger o Sporting!

Proteger o Sporting!

Como?

Pelo exemplo. dando o exemplo.

Cuidando. Estimando. Respeitando. Defendendo. Preservando. Quem ama – verdadeiramente – o Sporting é isso que faz.

Se cada um de nós fizer isso, teremos um clube melhor, teremos um clube mais forte, mais saudável, mais digno, mais independente.

E todos nós gostamos da ideia de independência, todos nós gostamos da ideia de um clube nosso e dos sócios, forte e com vitalidade. Pois então, saibamos lutar por isso. saibamos, com actos concretos, garantir essa independência, essa dignidade.

Saibamos dar provas de amor ao Sporting, principalmente quando o Sporting mais precisa desse amor e dessa protecção.

Hoje, e nestes próximos dias, pelo Sporting e só pelo Sporting, todos têm, uma vez mais, a oportunidade de fazerem o que puderem pelo vosso, pelo nosso, Sporting!

E como?

Uma vez mais, dando o exemplo.

Estes órgãos sociais subscreverão, dando o exemplo, o Empréstimo Obrigacionista. se cada sportinguista subscrever o valor mínimo de €100 neste Empréstimo Obrigacionista, correspondente a 20 obrigações, pelo Sporting Clube de Portugal, daremos uma enorme demonstração de força ao país e ao mundo depois de tudo o que nos aconteceu. Estaremos a investir no Sporting. estaremos a investir no nosso presente, no nosso futuro.

Independentemente do investimento que já foi feito e que tem vindo a ser feito pelos institucionais neste empréstimo obrigacionista, sinceramente, confesso que preferia ver uma prova de vida inequívoca, de força e de vitalidade, da massa associativa e da massa adepta do Sporting Clube de Portugal ao país e ao mundo e gostava de ver muitos a participar, mesmo que com pouco, do que poucos a investir muito. mas esta é também a minha concepção de clube e vai em linha com o sentido de militância e de participação associativa em que me revejo.

Mas voltando ao nosso amor…

Estejam certos de que não iremos vacilar.

Não iremos vacilar. Não daremos um passo atrás. Com humildade, sabendo escutar e sentir a nossa massa associativa e respeitando sempre os sócios, todos os sócios, mesmo aqueles que discordam de nós, com a mesma firmeza com que abraçámos este desafio, com a mesma paixão com que entrámos nesta missão, defenderemos as nossas ideias e lutaremos, em cada segundo, por um Sporting mais vencedor!

Haja o que houver, Sporting sempre!

VIVA O SPORTING!

 

Quatro dias de Liga dos Campeões no Pavilhão João Rocha

Por Sporting CP
15 Nov, 2018

Um clube eclético define-se assim… quando existe uma pausa no futebol para as Selecções Nacionais

Durante os próximos 4 dias (15 a 18 de Novembro) irão realizar-se 4 jogos da Liga dos Campeões no Pavilhão João Rocha. De seguida, fazemos um ponto de situação para cada um dos jogos: 

15 NOVEMBRO – LIGA DOS CAMPEÕES DE FUTSAL   
Sporting CP vs FC Sybiryak (Rússia) 
Pavilhão João Rocha às 20h30  
Jogo incluído na Gamebox 4 Modalidades e na Gamebox Futsal 
Últimos 355 bilhetes: €10 (Sócio) ou €15 (Adepto) 
Compra online disponível https://www.sporting.pt/pt/BILHETESMODALIDADES

16 NOVEMBRO – LIGA DOS CAMPEÕES DE FUTSAL   
Sporting CP vs NV Makarska (Croácia)  
Pavilhão João Rocha às 20h30  
Jogo incluído na Gamebox 4 Modalidades e na Gamebox Futsal 
Últimos 314 bilhetes: €10 (Sócio) ou €15 (Adepto) 
Compra online disponível https://www.sporting.pt/pt/BILHETESMODALIDADES  

17 NOVEMBRO – LIGA DOS CAMPEÕES DE ANDEBOL  
Sporting CP vs Chekhovskie Medvedi (Rússia) 
Pavilhão João Rocha às 18h30 
Jogo incluído na Gamebox 4 Modalidades e na Gamebox Andebol
Preços dos bilhetes: €3 (Sócio Infantil), €5 (Restantes Sócios) e €8 (Adeptos) 
Compra online disponível https://www.sporting.pt/pt/BILHETESMODALIDADES

18 NOVEMBRO – LIGA DOS CAMPEÕES DE FUTSAL   
Sporting CP vs SL Benfica (Portugal)   
Pavilhão João Rocha às 19h00 
Jogo incluído na Gamebox 4 Modalidades e na Gamebox Futsal 
Bilhetes esgotados 

Por último, informamos todos os Sócios que compraram o bilhete competição (3 dias) para a UEFA FUTSAL CHAMPIONS LEAGUE que beneficiam de um preço especial de €2 para o jogo deste sábado às 18h30 da 8ª jornada da Liga dos Campeões de andebol. As bilheteiras do Estádio José Alvalade funcionam, todos os dias, das 10h às 20h. 

 

Nota: Por razões de segurança - e apenas nos jogos do SL Benfica - os bilhetes de Sócio da Porta 1 e Porta 3 não são transmissíveis, na medida em que o SL Benfica recebeu a % regulamentar de bilhetes que tinha direito para a Superior Norte do Pavilhão João Rocha. No entanto, no jogo de hoje das 20h30, por exemplo, um Sócio do Sporting Clube de Portugal que não possa vir poderá emprestar o seu bilhete a um amigo/familiar em virtude do problema da segurança não se verificar. Acreditamos ter esclarecido esta questão, esperando o apoio de todos os Sportinguistas nesta importante competição. Para o jogo de hoje restam ainda 300 bilhetes para esgotar o Pavilhão João Rocha com preços desde €10 para Sócios e €15 para Adeptos. 

 

*notícia actualizada às 16:35

Duas Assembleias Gerais até final do ano

Por
14 Nov, 2018

A 30 de Novembro são votados relatório e contas e orçamento, a 15 de Dezembro sócios deliberam sobre recursos de penas aplicadas pela Comissão de Fiscalização

Rogério Alves, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal, revelou, em declarações à Sporting TV, na passada terça-feira, que estão agendadas duas Assembleias Gerais até final do presente ano de 2018. 

“A primeira está marcada para 30 de novembro, uma sexta-feira, pelas 20.00, e os sócios vão votar o relatório e contas do ano financeiro anterior e o orçamento que se projecta para o ano seguinte. A discussão do relatório e contas devia ter sido feita até Setembro mas com as eleições os estatutos permitem um desvio de três meses, o que podia acontecer até 8 de Dezembro. Contudo, como os documentos já foram entregues entendemos que a Assembleia Geral podia ser feita no mesmo mês da entrega dos documentos”, explicou Rogério Alves. 

Duas semanas depois, mas a um sábado, a última Assembleia Geral de 2018. “A 15 de Dezembro vamos debater uma matéria que também compete à Assembleia Geral e que 
tem a ver com a apreciação dos recursos das sanções disciplinares aplicadas pela Comissão de Fiscalização. Como é do conhecimento público houve processos que decorreram na Comissão de Fiscalização e esses processos deram origem à aplicação de sanções disciplinares e as pessoas visadas com essas penas apresentaram o seu recurso”, relembrou o presidente da Mesa da Assembleia Geral antes antes de prosseguir na explicação dos trâmites que conduziram à convocatória da reunião magna de 15 de dezembro: “O Conselho Fiscal e Disciplinar analisou a legalidade, a legitimidade dos recursos e a sua tempestividade. Ou seja, confirmou se estavam dentro do prazo ou não. O Conselho Fiscal e Disciplinar entendeu que os recursos estão no prazo e então, consequentemente, são dirigidos à Assembleia Geral que no dia 15 votará as sanções aplicadas pela Comissão de Fiscalização. Se as penas, alguma ou algumas, forem revogadas isso significa que a Assembleia Geral no uso do seu poder soberano destruiu o efeito do processo. O processo mantém-se mas a Assembleia Geral, no uso do seu poder, decapita a sanção que decorre do processo. O castigo ou castigos desaparecem mas o processo ou processos não são remexidos.”

Recorde-se que apresentaram recursos para a Assembleia Geral, que deliberará dia 15 de dezembro, os elementos do anterior Conselho Directivo. A saber: Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Luís Gestas e Alexandre Godinho. Todos foram suspensos. O antigo presidente por um ano, os restantes por dez meses. 
A finalizar, Rogério Alves deixa um apelo: “Deliberemos e acatemos as decisões da maioria com serenidade. Que exista um comportamento de respeito mútuo pelos sócios e pelos órgãos sociais.”

 

Últimos bilhetes à venda para a UEFA Futsal Champions League

Por Sporting CP
11 Nov, 2018

Este domingo inicia a venda dos bilhetes individuais para os jogos dos tricampeões nacionais.

O Sporting Clube de Portugal informa que inicia hoje (Domingo, 11 de Novembro) a venda dos bilhetes individuais para os jogos dos tricampeões nacionais para a UEFA Futsal Champions League que se irá realizar no Pavilhão João Rocha.
 
15 DE NOVEMBRO  (5ª FEIRA)
20h30 – Sporting CP (Portugal) vs FC Sybiryak  (Rússia)  
 
16 DE NOVEMBRO (6ª FEIRA)
20h30 – Sporting CP (Portugal) vs NV Makarska (Croácia)  
 
18 DE NOVEMBRO (DOMINGO)
19h00 – SL Benfica (Portugal) vs Sporting CP (Portugal)
 
Com pouco mais de 400 bilhetes para venda em cada jogo – e terminada hoje a comercialização do bilhete competição que teve início a 25 de Outubro – os preços individuais para os jogos do Sporting Clube de Portugal são €10 (Sócios) ou €15 (Adeptos) para os jogos durante a semana, sendo que para o ‘derby’ de domingo a venda é limitada a Sócios do Sporting Clube de Porugal ao preço unitário de €15. A venda para os associados leoninos é apenas válida para Sócios com data de filiação até 22 de Outubro de 2018.
 
Reforçamos que esta competição está incluída na Gamebox Modalidades 2018/2019, sendo a venda dos bilhetes realizada nas bilheteiras do Estádio José Alvalade (em funcionamento todos os dias, das 10h às 20h) ou no site oficial https://bit.ly/2OJwJvI

Páginas

Subscreva RSS - Clube