Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Club

Promoção “Outubro Rosa”

Por Sporting CP
25 Out, 2019

Bilhetes esgotados

O Sporting Clube de Portugal informa que os bilhetes destinados à promoção “Outubro Rosa” esgotaram.

Esta acção permitia às Sócias e adeptas do nosso Clube adquirirem bilhetes a um preço especial para o próximo jogo da equipa principal no Estádio José Alvalade – Sporting CP vs. Vitória SC, 27/10/2019, 20h00.

Obrigado a todas as Leoas que vão estar no estádio a apoiar a nossa equipa.

Se ainda não tem bilhete, compre aqui.

Sporting CP e OZ Energia continuam ligados

Por Sporting CP
24 Out, 2019

Empresa energética apoia hóquei em patins

A OZ Energia vai continuar a apoiar o hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal. Depois de já o ter feito em 2018/2019, a empresa portuguesa volta a patrocinar a modalidade, estando presente na camisola dos patinadores Leoninos.

"A parceria entre a OZ Energia e o Sporting CP conta já com alguns anos e temos sabido gerir a relação de forma muito construtiva. Começámos pelo apoio à Corrida Sporting, com o firme propósito de apoiar iniciativas desportivas que possam ter a adesão do público em geral e em que o espírito é participar em grupo ou individualmente com o desejo de terminar com sucesso. Mais tarde, quando nos apresentaram a proposta de apoio às modalidades adaptadas, abraçámos esta iniciativa por entendermos que se enquadrava dentro da nossa política de sustentabilidade e participação activa numa sociedade que deverá ser, cada vez mais, uma sociedade inclusiva", começou por dizer Graça Leite, directora de marketing da OZ Energia.

"No ano passado, aceitámos o repto para sermos main sponsors da equipa de hóquei em patins e a OZ Energia foi o ‘trevo de quatro folhas’ que faltava à equipa do Sporting CP. O Sporting CP acabou por fazer uma época memorável", lembrou.

Questionada sobre as vantagens desta parceria, Graça Leite destacou a "estabilidade", a "visibilidade" e "um retorno do investimento muito favorável". "Posso dizer com segurança que nos apoiamos mutuamente", atirou.

Sobre a conquista da Liga Europeia de hóquei em patins em 2018/2019, Graça Leite não escondeu que foi "um momento de grande entusiasmo". "Pelo Sporting Clube de Portugal, pela modalidade e também pela visibilidade que a marca OZ Energia obteve além-fronteiras", frisou.

Saiba mais sobre a OZ Energia aqui.

Lista de convocados para a recepção ao Rosenborg BK

Por Sporting CP
23 Out, 2019

18 jogadores nas opções

Silas convocou 18 jogadores para a recepção ao Rosenborg BK, marcada para esta quinta-feira (20h00), no Estádio José Alvalade, em jogo da terceira jornada da Liga Europa.

 

1 – Renan Ribeiro

3 – Tiago Ilori

4 – Sebastián Coates

5 – Eduardo Henrique

8 – Bruno Fernandes

9 – Marcos Acuña

10 – Luciano Vietto

19 – Valentin Rosier

21 – Jesé Rodríguez

22 – Jérémy Mathieu

26 – Cristian Borja

27 – Miguel Luís

29 – Luiz Phellype

37 – Marcus Wendel

55 – Pedro Mendes

81 – Luís Maximiano

89 – Yannick Bolasie

98 – Idrissa Doumbia

Foto Arquivo Sporting CP

COMUNICADO DA FAMÍLIA DO DR. RUI MANUEL TRINDADE JORDÃO

Por Sporting CP
19 Out, 2019

Monte Estoril, 18 de Outubro de 2019


COMUNICADO DA FAMÍLIA DO DR. RUI MANUEL TRINDADE JORDÃO

Artista Plástico

As lágrimas do mundo são uma constante quantitativa: para cada um que começa a chorar, há um que pára de o fazer.

Samuel Beckett, À espera de Godot

Não vimos aqui, na verdade, comunicar nada. Não há nada de novo a comunicar. Quase antes de sermos informados, já a notícia corria na imprensa, nas redes sociais, no boca-a-boca... Rui Jordão faleceu esta manhã.

O que a imprensa, as redes sociais e o boca-a-boca não sabem é quem, de facto, era o Rui Jordão. Mas isso, se não se importam, fica para quem teve o privilégio incrível de privar com ele, de o conhecer para além da figura pública.

Num momento em que a perda de um ente querido nos fragiliza, comove-nos, acima de tudo, o facto de percebermos que mais pessoas do que pensávamos sabem, na alma, que o Rui Jordão era – e sempre foi – muito mais que um dos melhores jogadores de futebol portugueses do século XX.

Neste momento em que nos confrontamos com a brutalidade irónica da existência, vimos, aqui, agradecer a todos os que, directa ou indirectamente, o acompanharam, o apoiaram e, acima de tudo, o compreenderam.

A narrativa da vida do nosso Rui não terminou. Tal como nunca terminam as narrativas daqueles que transcenderam as glórias mundanas, a favor da contemplação humanista – figura pública, ou não.

Respeitando profundamente as suas intenções – sempre coerentes –, não haverá lugar a exéquias. A cada um a sua homenagem pessoal, profissional, ou pública. Não esqueçamos, no entanto, que, lá por não acabar a Primavera por morrer uma andorinha, certamente a Primavera ficará mais pobre...

O PINTOR: O escadote fica bem neste lugar?
FILIPE R T: Resulta melhor sem ele.
O PINTOR: O escadote fica bem neste lugar!

Dr. Rui Manuel Jordão

Sporting CP organiza formação sobre guarda-redes

Por Sporting CP
17 Out, 2019

Acção para promover livro "1001 Decisões do Guarda-Redes de Futebol"

No próximo dia 16 de Novembro, o departamento de guarda-redes do Sporting Clube de Portugal vai promover o lançamento do livro "1001 Decisões do Guarda-Redes de Futebol" através de uma acção de formação sobre o mesmo tema.

A formação, certificada pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude, concede 1,4 unidades de crédito e decorrerá das 10h às 18h, no Auditório Artur Agostinho do Estádio José Alvalade.

Guarda-redes, treinadores de guarda-redes, agentes desportivos e demais interessados têm, com esta iniciativa, uma oportunidade ímpar para debater temas como os desafios colocados à profissão, a teoria do modelo de decisão ou, ainda, a liderança e comunicação no treino de guarda-redes.

Poderá ainda homenagear ex-guarda redes que marcaram o panorama desportivo e adquirir um livro único espelhando o know-how do Sporting Clube de Portugal nestas matérias.

A inscrição tem um custo de 45 euros, com oferta do livro, e deve ser submetida através de: https://www.sporting.pt/formacao-inscricao

Vote na decoração do novo autocarro do Sporting CP

Por Sporting CP
16 Out, 2019

Escolha uma das três propostas disponíveis

O Sporting Clube de Portugal acaba de lançar uma votação on-line, exclusiva para Sócios, que lhe dá a possibilidade de votar na nova decoração do autocarro dos Leões.

Para votarem, os Sócios têm de ter, pelo menos, a quota de Setembro de 2019 regularizada e estar registados no site oficial do Sporting CP. Existem três propostas disponíveis e cada Associado pode votar apenas uma vez na sua opção preferida.

A votação, que decorre até às 23h59 de dia 27 de Outubro, pode ser submetida através de: www.sporting.pt/scp_autocarro

João Sampaio: "O que se passou ontem não se pode repetir"

Por Sporting CP
11 Out, 2019

Vice-presidente e responsável pela área jurídica falou sobre a actualidade Leonina

O vice-presidente e responsável pela área jurídica do Sporting Clube de Portugal, João Sampaio, falou na tarde de sexta-feira ao Jornal Sporting sobre a AG, as contas do Clube e a relação com os grupos organizados de adeptos.

Contas aprovadas

"O Conselho Directivo congratula-se pelo facto das contas terem sido aprovadas. Isso é o mais importante porque é sinal da responsabilidade que os Sócios colocaram no seu sentido de voto. Para o Clube, enquanto instituição, é muito importante ter as contas aprovadas na sua relação com todas as entidades externas como os bancos e o Estado. Seria muito negativo que as contas não tivessem sido aprovadas. Os Sócios deram, uma vez mais, um sinal de responsabilidade aprovando umas contas que estão completamente em linha com orçamento que eles mesmos tinham aprovado. Portanto, a primeira nota é de saudação pela responsabilidade manifestada pelos Sócios", começou por dizer.

Mais votos com menos votantes

"A diferença entre as maiorias no número de votos e nos votantes reflecte uma diferença estatutária em que eu, pessoalmente, me revejo. Admito que seja discutível, mas a minha posição pessoal, e penso que falo pelo Conselho Directivo, é que isso faz sentido porque, numa associação centenária, a antiguidade deve ser premiada com mais direitos. Felizmente, estas matérias estão sempre em discussão porque os nossos Associados são muito participativos. Ainda assim, convivo muito bem com esta regra porque premeia a antiguidade e a fidelidade à Associação", referiu.

Comportamento menos correcto na AG

"Acho que todos nós, Sportinguistas, devemos fazer um balanço crítico do que se passou. Não podemos admitir que, numa Associação que tem a democracia tão instituída nos estatutos, haja uma pessoa que não consegue falar na AG. No Conselho Directivo, temos gerido as críticas com alguma sageza e algumas delas são violentas e fora de tom. O que se passou demonstra uma situação muito grave e os Sportinguistas devem mobilizar-se para que isto não se repita. Ontem, um ex-presidente do Sporting CP, José de Sousa Cintra, não conseguiu falar na AG do Clube de que é Sócio. (...) Isso é gravíssimo e os Sócios do Sporting CP têm de se mobilizar para que isto acabe. E os Sócios que fazem mais ruído em função das críticas que fazem a esta Direcção têm de perceber que nas AG todos podem falar. Todos podem criticar a Direcção e nós respondemos ao que podemos e ontem fizemos um esforço para esclarecer tudo, tal como tínhamos feito na AG da SAD. Mas há uma coisa que quero deixar clara: o que se passou ontem não se pode repetir. Se for feita uma análise, ontem subimos um grau na escala de violência verbal. Isto porque associou-se a este descontentamento, que tem em parte que ver com as feridas do passado e os maus resultados desportivos, o descontentamento que vem de um grupo organizado de adeptos. (...) Os Sportinguistas já se aperceberam, têm dado sinais no Estádio, e nós apelamos a que critiquem quando têm de o fazer, mas sempre de forma pacífica, respeitando os direitos de todos e deixando que a democracia flua no Clube. O que não podemos tolerar é que as pessoas nos digam que não estão para se sujeitar aquela violência verbal que pode tornar-se física nas AG. Pedimos que os Sportinguistas se mobilizem para que isto não seja possível novamente. Queremos restaurar novamente a confiança na AG e que as pessoas possam falar tranquilamente e dizer o que pensam, mesmo que seja para criticar a Direcção", reforçou.

Protocolo e relação com os GOA

"O Conselho Directivo identificou que a relação que estava a ser instituída com os GOA (grupos organizados de adeptos) não era saudável porque introduzia uma enorme injustiça na relação do Clube com os outros Sócios e na relação com os GOA. Os GOA eram claramente beneficiados relativamente aos outros Sócios, o que nos pareceu uma injustiça atroz e que era preciso colmatar. O que fizemos, já este ano, foi propor aos GOA a celebração do novo protocolo que passava por comprarem bilhetes a um preço reduzido e terem outro tipo de regalias como apoio em viagens e a coreografias comuns quando decidissem fazê-las no Estádio. Três dos GOA aceitaram muito bem este protocolo e têm-no cumprido sem dificuldade. O outro GOA não está muito satisfeito, mas é preciso que tudo isto seja entendido no contexto de mudança de relação com os GOA. Não porque achemos que eles não são importantes ou porque não os queiramos ajudar a apoiar os atletas do Sporting CP, mas devem apoiar no verdadeiro sentido do termo. Não devem confundir as dificuldades de relação que tenham com a Direcção com o seu papel de adeptos que é apoiar os atletas que, todos os dias, suam a camisola nos treinos e respeitam o emblema no campo. O descontentamento com a Direcção, seja ele dos GOA ou dos outros Sócios, deve ser dirigido à Direcção. Os Sócios e os GOA estão cá, em primeiro lugar, para apoiar os atletas", concluiu.

X Congresso Leonino

Por Sporting CP
09 Out, 2019

Inscrições abertas até 18 de Outubro

Realiza-se nos próximos dias 16 e 17 de Novembro, em Beja, a 10.ª edição do Congresso Leonino. O evento, que promete voltar a discutir o Sporting CP, terá lugar no Cine-Teatro Pax Júlia. 
 
Para participar como delegado, é necessário ser Sócio e ser designado por outros Associados do Clube. “Os membros dos Órgão Sociais não podem ser delegados e apenas os delegados podem votar as matérias discutidas. Além disso, todos têm o mesmo número de votos (um). Para ser delegado, é necessário ser indicado por Sócios que representem, pelo menos, 20 votos”, explicou Tito Fontes, presidente da Comissão Organizadora.
 
Os temas de debate serão divididos em quatro secções, estando a primeira focada no Clube, Sócios e adeptos, a segunda na estratégia para o futebol, a terceira na estratégia para as modalidades e, por fim, a quarta na sustentabilidade financeira e marca Sporting CP. 
 
E se ainda não está convencido de que a sua presença é fundamental para o Clube, deixamo-lo com as últimas palavras de Tito Fontes: "No Sporting Clube de Portugal, o tema não é o que o Clube pode fazer pelos Sócios, mas sim o que cada Sócio pode fazer pelo Clube que amamos”, concluiu   
 
As inscrições para o Congresso Leonino estão abertas até 18 de Outubro. O regulamento, as fichas de inscrição e todas as informações relativas ao evento podem ser consultadas em www.congressoleonino.pt. 
 
Qualquer questão adicional poderá ser esclarecida através do endereço electrónico congresso@sporting.pt ou do número da linha Sporting: 707 204 444.

Conferência “José Alvalade e o Pensamento do Desporto Moderno”

Por Sporting CP
09 Out, 2019

Evento decorre no dia 19 de Outubro

No próximo dia 19 de Outubro, pelas 15h00, o Auditório Artur Agostinho vai receber uma conferência intitulada de “José Alvalade e o Pensamento do Desporto Moderno”, no âmbito do centenário da morte de José Alvalade.

O evento vai ser aberto aos Sócios e adeptos que estiverem interessados.

Para mais informações e inscrições contactar o Museu Sporting:

Telefone: 217 516 164

E-mail: museu@sporting.pt

Foto Pedro Zenkl

Francisco Salgado Zenha: "Não estamos aqui por dinheiro"

Por Sporting CP
30 Set, 2019

Vice-presidente falou da actualidade Leonina em entrevista à Rádio Observador

A dez dias da Assembleia Geral do Clube, o vice-presidente e administrador da SAD responsável pela área financeira do Sporting Clube de Portugal, Francisco Salgado Zenha, deu uma entrevista à Rádio Observador em que tocou em diversos assuntos que dominam a actualidade Leonina.

O primeiro destaque diz respeito à instabilidade que se vive no Clube, uma situação para a qual o administrador da SAD pede tempo e espaço para que se possam atingir resultados.

"Temos de dar condições a quem está à frente do Sporting CP. Não pode ser por um momento mais negativo no futebol profissional que podemos colocar em causa todo um plano e a estratégia definidas pela direcção. A estabilidade é fundamental para tornar o Clube sustentável", lembrou.

A saída de Bas Dost e a novela criada em torno de Bruno Fernandes no mercado de Verão estiveram também na ordem do dia, com o vice-presidente a revelar que a SAD teve de seguir uma estratégia.

"Tudo o que fizemos, voltava a fazer, não tenho dúvidas. Não fazia sentido aceitar o que ofereciam pelo Bruno Fernandes. A venda do Bas Dost foi efectivada porque o custo que ele representava não era comportável para a realidade do Clube. O que temos de perceber é que o Sporting CP não tem capacidade para ter todos os jogadores e tem de tomar decisões", revelou.

Outro dos temas quentes nas últimas semanas tem sido a subida na remuneração do presidente, Frederico Varandas, e dos administradores da SAD. Salgado Zenha defende que esta opção visava apenas e só "profissionalizar a estrutura".

"Há uma comissão accionista independente que faz uma proposta com base na análise do que deve ser o pacote de remuneração do conselho de administração. Essa proposta tem como objectivo aumentar os salários de todos os colaboradores, não só da administração, porque queremos fazer aquilo que para nós faz sentido, que é profissionalizar a estrutura”, disse.

Apesar da proposta ter sido aceite pelo Clube, o vice-presidente assegura que o Conselho de Administração abdicou dela e vai continuar a receber o mesmo que até aqui, vendo ainda reduzidos os prémios por desempenho.  

"O Clube vai aceitar a proposta, mas o Conselho de Administração vai abdicar neste momento e não vai receber nem mais um cêntimo do que no ano passado. (…) Não estamos aqui por dinheiro. Quero salientar que nós, no ano passado, recebemos efectivamente menos do que o Conselho de Administração anterior. Abdicámos do prémio variável, porque para nós não fazia sentido receber os mesmos valores que os jogadores de futebol, ou seja, o que acontecia com o CA anterior é que recebia o mesmo que o Bruno Fernandes. Isto quer dizer que, no ano passado, poderíamos ter recebido o mesmo variável que o Bruno Fernandes, mas não achámos que isso fizesse sentido. Abdicámos”, assegurou.

Para Salgado Zenha, é importante ter todos os colaboradores do Clube motivados e a trabalhar na máxima força, mas para isso é preciso investir: "Não podemos ter jogadores muitíssimo bem pagos e depois todos os que estão nos bastidores insatisfeitos e desmotivados porque são mal pagos”, disse.   

Em relação ao programa eleitoral apresentado há um ano, o vice-presidente dos verdes e brancos garante que parte das promessas foram já cumpridas e reforça que o plano estratégico definido sobrepõe-se a todos os imprevistos.  

"Esta direcção tem um mandato que quer cumprir. Em teoria, todas as direcções devem cumprir mandatos e o que espero é cumprir o mandato e entregar aos Sócios o que nós prometemos. Temos cumprido exactamente aquilo que estava no programa eleitoral. Fazer isso em apenas um ano de mandato prova que sabemos para onde queremos ir", referiu.

Quanto ao empréstimo obrigacionista contraído pelo Clube, Salgado Zenha revela que foi preciso muito trabalho e horas sem dormir para que as negociações chegassem a bom porto.   

"Foi um processo muito difícil, dos mais difíceis em que trabalhei. (...) O que foi conseguido aconteceu por duas razões: pelo trabalho de toda a equipa e por o Clube e os Sportinguistas terem muita força. Tivemos senhores de idade que não sabiam como investir a fazer doações. Isto é o Sporting CP".

Apesar das dificuldades encontradas desde a entrada desta nova administração, o braço-direito de Frederico Varandas acredita que o Clube está mais vivo do que nunca.  

"Acredito que o Sporting CP será eterno. Vamos aguentar se todos estiverem unidos e trabalharem no mesmo sentido e o Clube tem todas as condições para ser sustentável. Posso chegar aqui e dar uma entrevista negativa, pessimista sobre a situação do Sporting CP, mas eu considero que o Clube tem condições para ser sustentável e eterno. Há ferramentas para o fazer e nós temos um plano", concluiu.

Páginas

Subscreva RSS - Clube