Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Comunicado Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD

Por Sporting CP
21 Jan, 2020

A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD informa que chegou a acordo com a jogadora Nadine Cordeiro para a revogação do contrato de trabalho desportivo.

A Sporting CP - Futebol, SAD agradece o profissionalismo da atleta e deseja as melhores felicidades a Nadine Cordeiro.

Foto Mário Vasa

Mais três pontos

Por Sporting CP
19 Jan, 2020

Vitória sobre GDC A-dos-Francos

A equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal recebeu e goleou o GDC A-dos-Francos por 5-0 na 13.ª jornada da Liga BPI. O conjunto de Susana Cova dominou o desafio e amealhou mais um triunfo no campeonato.

Os dois golos da primeira parte foram marcados no primeiro quarto de hora. Primeiro foi Joana Marchão a inaugurar o marcador na conversão bem sucedida de um livre directo, tendo Hannah Wilkinson, pouco depois, feito o 2-0 ao responder ao cruzamento de Ana Borges com um cabeceamento certeiro.

Na segunda parte, Ana Capeta facturou logo no minuto inicial após assistência de Hannah Wilkinson. A neozelandesa chegou ao 'bis' aos 76 minutos, trabalhando muito bem dentro da área e batendo a guarda-redes.

Quem também marcou o segundo golo da conta pessoal foi Joana Marchão, que converteu o pontapé de penálti para o 5-0 após falta sofrida por Hannah Wilkinson. O conjunto verde e branco vai agora defrontar o SC Braga para a Taça de Portugal.

O Clube mais representado nas selecções de Portugal

Por Sporting CP
13 Jan, 2020

23 atletas entre as equipas de sub-15 e sub-19

O Sporting Clube de Portugal tem apostado no crescimento do futebol feminino em Portugal e, prova disso, é que actualmente é o Clube mais representado nas selecções de formação de Portugal. Entre os escalões sub-15 e sub-19, para os próximos compromissos, há 23 Leoas.

Referir que o Sporting CP tem, neste momento, cinco equipas de formação - sub-13, duas de sub-15, sub-19 e B - com cerca de 100 atletas.

Sub-15: Isabel Cardoso, Marta Melão, Francisca Martins, Andreia Bravo, Maria Ferreira, Ana Silva e Bruna Ramos;
Sub-16: Marta Galvão, Nádia Bravo, Inês Nogueira e Raquel Baltazar;
Sub-17: Alicia Correia, Catarina Potra, Vitória Almeida, Margarida Caniço, Joana Dantas e Inês Dias;
Sub-19: Mariana Rosa, Andreia Jacinto, Marta Ferreira, Bárbara Lopes, Inês Gonçalves e Carolina Joia.

Foto José Lorvão

Empate em casa do SL Benfica

Por Sporting CP
12 Jan, 2020

2-2 em jogo da primeira jornada da Taça da Liga

A equipa principal do Sporting Clube de Portugal empatou, este domingo, na deslocação ao terreno do SL Benfica (2-2) em jogo da primeira jornada da Taça da Liga de futebol feminino.

As Leoas entraram bem na partida e colocaram-se na frente do marcador logo aos quatro minutos, na marca de grande penalidade. Raquel Fernandes foi travada em falta, a juíza do encontro não teve dúvidas e assinalou falta. No frente a frente com Dani Neuhaus, Nevena Damjanovic não desperdiçou.

0-1 para o Sporting CP, que foi criando algumas oportunidades e teve um golo anulado, até sofrer o empate. Foi aos 39 minutos, na sequência de uma bola parada, que o SL Benfica chegou ao empate por Pauleta.

1-1 ao intervalo.

A formação orientada por Susana Cova voltou a entrar bem na partida e voltou a colocar-se em vantagem aos 53 minutos com um golaço. Insistência do Sporting CP na área encarnada com Diana Silva a finalizar, já dentro da área, num remate sem hipóteses para Dani Neuhaus.

Vantagem justa da formação verde e branca no reduto do SL Benfica, mas, aos 72 minutos, Carole Costa foi expulsa por falta sobre Cloé, à entrada da área, e o Sporting CP acabou reduzido a 10 jogadoras com a equipa encarnada a beneficar de uma grande penalidade. 

Inês Pereira, que já tinha evitado outros golos encarnados, não conseguiu travar o remate da capitã encarnada, que valeu, assim, o 2-2 final e um ponto para cada lado.

As Leoas voltam a jogar no próximo domingo, em casa, diante do GDC A-dos-Francos em jogo a contar para o Campeonato Nacional.

 

Foto Mário Vasa

Susana Cova: “Todos os jogos são preparados ao detalhe”

Por Sporting CP
11 Jan, 2020

Futebol feminino desloca-se a casa do SL Benfica para a Taça da Liga

Na antevisão da partida deste domingo frente ao SL Benfica, a contar para a 1.ª jornada da Taça da Liga, a treinadora da equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal, Susana Cova, garantiu que o encontro foi preparado da mesma forma que qualquer outro.

“Todos os jogos são preparados ao detalhe e em função do adversário. Por vezes, há algum equilíbrio dentro de campo mas, noutras ocasiões, há uma equipa que consegue ter maior domínio. A nossa função aqui é ter muito claras as nossas tarefas e tentar executá-las da melhor forma. Se tivermos sucesso, estaremos mais próximas do que pretendemos”, começou por dizer, elogiando depois o papel do Sporting CP no momento actual do futebol feminino português.

“Há cada vez mais equipas com jogadoras de qualidade técnico-táctica superior e isso tem que ver com o trabalho de Clubes como o nosso, que cedem jogadoras a outros emblemas e aumentam o número e a qualidade das jogadoras disponíveis”, referiu.

Hannah Wilkinson, avançada Leonina, assegurou que o conjunto verde e branco vai tentar estar ao melhor nível para levar de vencido o adversário.  

“Estes jogos são os meus favoritos porque colocam-nos à prova. Tal como no resto do mundo, o futebol feminino português está cada vez mas profissional e há cada vez mais público. É muito bom assistir a essa evolução. O SL Benfica é a equipa que mais queremos vencer, especialmente depois do resultado do último jogo contra elas. É uma luta que travamos também pela conquista do campeonato e vamos fazer tudo para vencer. Elas são muito fortes no contra-ataque, mas confio nas nossas defesas para darem conta do recado”, sublinhou.

Também Carolina Mendes, internacional portuguesa de 32 anos, perspectivou um bom jogo para domingo mas recordou que poderão ser os pormenores a definir o vencedor.

“Esperamos que seja um grande espectáculo de futebol feminino e que haja uma boa moldura humana nas bancadas. Ainda que não defina nada, é um dérbi e espero que seja um jogo bonito. Dentro de campo, desejamos que o Sporting CP saia vitorioso. Ainda assim, quando há duas grandes equipas, os jogos decidem-se em pequenos detalhes. A este nível, qualquer uma das equipas pode sair com os três pontos. Temos as nossas armas e vamos tentar explorar isso para ganhar ao SL Benfica”, finalizou.

Foto FPF

Apresentação da Taça da Liga de futebol feminino

Por Sporting CP
06 Jan, 2020

1.ª edição da prova coloca Sporting CP e SL Benfica frente a frente já no domingo

Decorreu esta segunda-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, a apresentação da primeira edição da Taça da Liga de futebol feminino, competição que vai ser disputada por Sporting CP, SL Benfica, SC Braga e CF Benfica visto que estes foram os primeiros quatro classificados da primeira volta da Liga BPI.

À semelhança dos treinadores das formações participantes, Susana Cova, líder do conjunto Leonino, esteve presente e considerou que a inclusão deste troféu no calendário desportivo é muito importante para fomentar a evolução e o crescimento do futebol feminino em Portugal.  

“Temos 12 equipas na Liga BPI, o que quer dizer que há 22 jornadas para disputar. Aqui ao lado, no campeonato espanhol, há 30 rondas só no campeonato. A Taça da Liga vem dar mais oportunidades a estas jogadores para evoluírem porque lhes dá a possibilidade de jogarem um número mais elevado de partidas competitivas. A mais-valia desta competição é permitir que, dentro da disparidade que possa haver dentro da Liga BPI, acrescentemos uma prova que faz com que tenhamos momentos em que a competitividade é acrescida”, considerou.

Ana Borges, capitã da formação verde e branca, também marcou presença e sublinhou as palavras proferidas pela sua treinadora, fazendo depois uma comparação entre as realidades portuguesa e inglesa.

“Para nós, jogadoras, este troféu vai ser importante porque, se estas são as quatro melhores equipas portuguesas da actualidade, é contra elas que queremos jogar, ainda que sem desprezar todas as outras. Se queremos igualar os outros países, temos de ter o mesmo nível que têm lá fora. Estive em Inglaterra e lá disputam-se quatro competições, sendo que não é em vão que estão onde estão. Quanto à selecção nacional, se queremos estar ao mais alto nível, temos de fomentar a competitividade no nosso campeonato”, referiu perante uma audiência em que se incluíam várias figuras ligadas ao desporto nacional e não só, como é o exemplo de Madjer, ex-jogador de futebol de praia Leonino que conquistou, no passado mês de Dezembro, o título de campeão mundial ao serviço da selecção nacional.

As Leoas iniciam a participação na Taça da Liga a 12 de Janeiro, diante do SL Benfica, no Estádio da Tapadinha, em Lisboa. Depois disso, a 1 de Fevereiro, o Sporting CP recebe o CF Benfica e, no dia 29 de Fevereiro, o adversário será o SC Braga, com os dois jogos a terem lugar no Estádio Aurélio Pereira.

Por fim, a final da competição está agendada para 22 de Março.  

Foto Fernando Veludo/NFactos

Susana Cova: "Vitória com qualidade"

Por Sporting CP
05 Jan, 2020

Treinadora satisfeita com a prestação da equipa

No final do triunfo por 2-4 em casa do SC Braga para a Liga BPI, Susana Cova garantiu estar muito feliz com a exibição da equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal.

"Consideramos que estivemos mais tempo por cima do jogo na primeira parte e o que foi equilibrado foi o número de finalizações. Na segunda parte, o desequilíbrio foi mais notório. Pegámos no jogo da forma como desejávamos e tivemos cerca de dez situações claras de finalização. Para além disso, ficámos muito agradados com a qualidade de jogo que demonstrámos aqui. É uma missão nossa, do Sporting CP. Tivemos uma vitória nos deu três pontos, que era o que pretendíamos, e uma vitória com qualidade", disse na conferência de imprensa.

Susana Cova comentou ainda aquilo que espera do campeonato que ainda existe para disputar, garantindo que os duelos que se seguem vão ser bem mais complicados do que os da primeira volta. "Ainda estão 30 pontos em disputa. Temos a noção de que a segunda volta vai ser mais competitiva. Vão ser jogos muito mais difíceis para obter a vitória. Não consideramos que esteja nada adquirido", frisou.

Foto Fernando Veludo/NFactos

Três pontos conquistados em Braga

Por Sporting CP
05 Jan, 2020

Jogo ficou resolvido na segunda metade

Em jogo para a 12.ª jornada da Liga BPI, a equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal foi ao terreno do SC Braga vencer por 2-4, amealhando mais três pontos no campeonato. As Leoas seguem assim na luta pela conquista da competição.

O encontro até nem começou de feição para o Sporting CP, com o SC Braga a inaugurar o marcador logo aos dois minutos por intermédio de Keane. Contudo, a resposta foi muito rápida: aos quatro minutos, Raquel Fernandes assistiu Carolina Mendes de cabeça e a internacional portuguesa, de primeira, rematou para o fundo das redes.

As oportunidades não abundaram nos minutos que se seguiram, mas isso não impediu o Sporting CP de chegar à vantagem à passagem dos 36 minutos. Desta vez foi Carolina Mendes a assistir Raquel Fernandes e a brasileira, depois de colocar a bola a seu jeito, rematou em arco para mais um golo de grande nível.

O emblema de Alvalade podia ter feito o 1-3 logo a seguir e Tatiana Pinto chegou mesmo a colocar a bola dentro da baliza minhota, mas o lance foi anulado por fora-de-jogo. O SC Braga aproveitou para empatar antes do intervalo graças a um golo de Dolores Silva. Com 2-2 no marcador, tudo estava em aberto para o segundo tempo.

No segundo tempo, o Sporting CP começou a crescer a partir dos 60 minutos, altura em que Tatiana Pinto rematou de cabeça para defesa da guardiã adversária. Aos 68 minutos, Raquel Fernandes acertou na trave da baliza do SC Braga. O golo verde e branco estava cada vez mais perto e acabou por chegar mesmo a cerca de 20 minutos dos 90 regulamentares.

Na conversão de um livre directo, Nevena Damjanović rematou e fez o golo, tal como havia acontecido na primeira volta contra o SC Braga. A bola ainda sofreu um desvio na barreira e acabou por enganar a guarda-redes das minhotas. 2-3 e ainda nada resolvido, mas o Sporting CP certificou-se de dar ainda mais segurança ao resultado à entrada do último quarto de hora.

Diana Silva avançou pela direita e, com espaço, rematou com qualidade e apontou o quarto golo do Sporting CP. Os dois golos de vantagem deram mais tranquilidade ao conjunto Leonino, que ficou com mais certezas de que a vitória não fugiria.

Até ao final, Nevena Damjanović voltou a assustar de livre directo, mas o marcador ficou mesmo fechado nos 2-4. As comandadas de Susana Cova voltam agora a entrar em acção no próximo fim-de-semana, visitando o SL Benfica para a Taça da Liga.

Foto Pedro Zenkl

SC Braga na Taça de Portugal

Por Sporting CP
03 Jan, 2020

Sorteio da prova realizou-se esta sexta-feira

A equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal vai defrontar o SC Braga nos oitavos-de-final da Taça de Portugal, jogando na condição de visitado.

O sorteio realizou-se esta sexta-feira, 3 de Janeiro, na Cidade do Futebol, em Oeiras. As Leoas vão, assim, defrontar aquele que tem sido o maior rival nas últimas temporadas. Os jogos estão agendados para o dia 26 de Janeiro.

Foto Pedro Zenkl

Susana Cova: “A segunda volta vai ser muito mais competitiva”

Por Sporting CP
02 Jan, 2020

Futebol feminino realizou um treino aberto antes da recepção ao SC Braga

Antes do encontro de domingo frente ao SC Braga, a equipa de futebol feminino realizou, na manhã desta quinta-feira, na Academia Sporting, um treino aberto à comunicação social que serviu também de antevisão à primeira partida das Leoas na segunda volta do Campeonato BPI.

Susana Cova, treinadora verde e branca, mostrou-se confiante numa boa exibição e assegurou que a equipa está mais bem preparada do que na primeira jornada do campeonato, quando derrotaram as bracarenses por 2-1.

“Todos os momentos são certos para defrontar o SC Braga. Nesse momento (primeira jornada do campeonato) estávamos numa fase muito inicial e o SC Braga vinha com vários jogos muito mais competitivos nas pernas: Liga dos Campeões e Supertaça. Até porque as partidas de preparação que tínhamos disputado não tinham o mesmo peso em termos de resultado. No primeiro encontro, percebemos que seria positivo jogar diante do SC Braga porque, independentemente da forma como terminasse a partida, seria uma boa avaliação quanto ao nosso crescimento e para perceber quais eram os aspectos que tínhamos de trabalhar. Este jogo vai ser bom também nesse sentido, para que percebamos em que capítulos temos de continuar a evoluir e o que está consolidado”, começou por dizer, revelando depois que, na sua opinião, a segunda volta do campeonato vai ser bem mais competitiva.

“Claro que a vantagem pontual que temos em relação ao SC Braga torna as coisas mais difíceis para eles. Ainda assim, acredito que a segunda volta vai ser muito mais competitiva do que a primeira. Pudemos verificar isso ao longo das últimas jornadas. O que é certo é que Clube de Albergaria, GD Estoril Praia e, por exemplo, o Valadares Gaia FC, com o crescimento que vão ter nesta segunda volta, vão dificultar-nos a vida e aumentar a competitividade na competição”, assegurou.

Nevena Damjanović, capitã Leonina, considerou as bracarenses uma equipa difícil de bater mas reforçou a confiança e o bom momento vivido pelas verdes e brancas.

“É muito complicado prever porque o SC Braga é uma excelente equipa. Vamos abordar esta partida como qualquer outra e queremos praticar um bom futebol, mas temos de respeitar o adversário. O primeiro jogo é sempre difícil, até porque o adversário tem qualidade. Neste momento, estamos a jogar melhor e com mais confiança porque fizemos uma boa primeira parte de temporada. Vamos estar mais bem preparadas e espero que consigamos conquistar os três pontos”, afirmou, recusando depois a ideia de que este é um jogo decisivo.

“Todos os jogos são importantes. Claro que estamos motivadas por jogarmos frente a um adversário tão forte como o SC Braga mas é demasiado cedo para dizer que é decisivo. Vamos lá para jogar e logo veremos o que acontece”, disse.

Ana Borges, internacional portuguesa e uma das mais velhas do plantel verde e branco, concordou com a colega de equipa e desvalorizou a importância deste embate.  

“Não é um jogo decisivo. É a jornada inaugural da segunda volta e vimos de uma série de oito jogos sem perder, queremos dar continuidade a isso mesmo. Ainda assim, não podemos esquecer que, do outro lado, está um forte rival e jogamos fora de casa. Entramos em todos os jogos com o objectivo de conquistar os três pontos, seja qual for o adversário e seja em casa ou fora”, garantiu, colocando depois de parte a ideia de que o adversário está menos forte do que na temporada passada.  

“Não acredito que o SC Braga esteja mais fragilizado. Talvez não tenham tido um arranque tão forte como esperado, enquanto nós começámos a época muito bem com uma vitória precisamente sobre eles. Ainda assim, não nos podemos esquecer que o adversário é o actual campeão nacional“, finalizou.

Páginas

Subscreva RSS - Futebol Feminino