Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Foto FPF/Diogo Pinto

Andreia Jacinto estreia-se pela selecção nacional

Por Sporting CP
08 Mar, 2020

Leoa de 17 anos com dia memorável

A futebolista Andreia Jacinto, da equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal, estreou-se este sábado pela selecção nacional de seniores ao ser titular na derrota de Portugal frente a Bélgica na Algarve Cup (1-0).

Com apenas 17 anos, Andreia Jacinto, que actua no meio-campo, está a ter um 2019/2020 digno de registo. Tendo já jogado pela equipa sub-19 e pela equipa B, a jogadora verde e branca soma agora a estreia pela selecção nacional à estreia pela equipa principal do Sporting CP já conseguida anteriormente.

Em declarações reproduzidas pelo site da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Andreia Jacinto, que utilizou o número 2, não escondeu a emoção por vestir a camisola da selecção nacional sénior pela primeira vez, mas lamentou o resultado. “Sinto um misto de emoções. Para mim, foi um dia muito feliz. Jogar pela Seleção A é o sonho de qualquer jogadora. Mas gostava que o resultado tivesse sido diferente. (...) O importante é a equipa aprender em todos os jogos, com aquilo que faz de bom e de mau. A equipa tem que crescer nas dificuldades para chegar forte à qualificação para o Europeu, que vai ter em abril”, disse.

Para além da jovem Leoa, jogaram ainda as Sportinguistas Patrícia Morais, Inês Pereira, Ana Borges, Carole Costa, Tatiana Pinto, Fátima Pinto, Carolina Mendes e Diana Silva. Joana Marchão e Joana Martins foram suplentes não utilizadas.

Foto Mário Vasa

Susana Cova: "Temos orgulho na equipa, mas não no que fizemos hoje"

Por Sporting CP
29 Fev, 2020

Sporting CP derrotado pelo SC Braga

A equipa principal feminina do Sporting Clube de Portugal falhou, neste sábado, o acesso à final da Taça da Liga depois de perder em Alcochete diante do SC Braga (0-3).

Susana Cova não ficou naturalmente satisfeita com o resultado, dizendo sentir-se desapontada com a exibição verde e branca: “Independentemente do resultado ser volumoso ou não, foi uma derrota. Nunca falámos em jogar para empatar, nem foi esse o sentido que demos ao jogo. Fomos claros nas instruções que pedimos para a equipa seguir, mas faltou-nos confiança e agressividade nos duelos, principalmente na primeira parte. Pedimos rigor nas missões tácticas de cada jogadora e agora cada uma vai ter de pensar se cumpriu as missões que lhe foram pedidas e qual a percentagem de cumprimento que tivemos”.

“Temos orgulho nesta equipa e naquilo que construímos até este momento, mas hoje não podemos dizer que temos orgulho naquilo que aconteceu dentro de campo porque sabemos que temos qualidade para fazer muito melhor”, acrescentou, justificando: “Não é pelo que se passou hoje que passámos a ser a pior equipa do mundo porque na realidade temos aqui uma verdadeira equipa e é isso que agora queremos ver nos próximos jogos”.

A capitã Nevena Damjanovic também falou após o encontro, manifestando-se desiludida e focando-se já no Campeonato Nacional: “Foi um jogo difícil perante uma boa equipa. Infelizmente perdemos o jogo e estamos desapontadas porque entrámos com as expectativas altas. Agora temos de olhar para cima, temos o Campeonato Nacional para disputar. Temos de trabalhar duro e estar focadas em todos os jogos”.

Foto Mário Vasa

Sporting CP derrotado em Alcochete

Por Sporting CP
29 Fev, 2020

Leoas falham acesso à final da Taça da Liga

A equipa principal feminina do Sporting Clube de Portugal perdeu, neste sábado, diante do SC Braga (0-3) em jogo da terceira, e última, jornada da primeira fase da Taça da Liga e falhou, assim, o acesso à final da prova.

A formação verde e branca só precisava do empate para seguir em frente na prova, mas foi surpreendida pela equipa bracarense que começou a construir a vitória com um golo marcado na marca de 11 metros ainda na primeira parte.

O lance deixou algumas dúvidas, mas a árbitra Filipa Cunha entendeu haver mão de Ana Borges na bola dentro da área, aos 27 minutos, e assinalou pontapé de penálti para o SC Braga. Chamada a converter Vanessa Marques não desperdiçou e levou a melhor sobre Patrícia Morais.

O golo deu confiança à formação visitante que esteve melhor durante os primeiros 45 minutos e, ao cair da primeira parte, ainda esteve perto do 0-2, mas o intervalo chegou com 0-1 no marcador.

Na segunda metade, à procura de outro resultado, Susana Cova mexeu logo na equipa fazendo sair Hannah Wilikinson e entrar Ana Capeta. A avançada entrou bem na partida e deixou logo o aviso, levando a bola a sair pouco por cima da baliza bracarense.

O Sporting CP melhorou e pressionou à procura do 1-1 e Raquel Fernandes até marcou aos 57 minutos, mas o golo foi de imediato anulado por suposto fora-de-jogo. Contrariedade para as Leoas, que assim permaneceram em desvantagem.

Susana Cova voltou a mexer, apostando em Amanda Pérez para o lugar de Rita Fontemanha, mas nem com “sangue novo” e “mais pernas” o Sporting CP chegou ao golo.

Sorte diferente teve o SC Braga que no final do jogo, já com Carolina Mendes em campo após a saída de Fátima Pinto, marcou dois golos. O primeiro aos 88 minutos, por Uchendu, e o segundo já no tempo-extra, por Andreia Norton.

Infelicidade para a equipa verde e branca, num jogo em que não esteve tão bem.

O Sporting CP só volta agora a jogar no dia 15 de Março, na recepção ao GD Estoril Praia, em jogo da 16.ª jornada do Campeonato Nacional.

Foto José Lorvão

Susana Cova: "Jogo difícil com um grande nível de complexidade"

Por Sporting CP
28 Fev, 2020

Equipa feminina defronta SC Braga na Academia Sporting

Depois da vitória no dérbi frente ao SL Benfica, a equipa principal feminina do Sporting Clube de Portugal volta a jogar este sábado, às 15h00, em Alcochete, desta feita em jogo a contar para a Taça da Liga e frente ao SC Braga.

Tal como no Campeonato Nacional, as Leoas são líderes da prova em igualdade pontual com o SL Benfica, mas, apesar do bom momento, Susana Cova não espera facilidades.

“Vai ser um jogo difícil com um grande nível de complexidade, mas será assim para as duas equipas. Esperamos um encontro disputado no qual ambas as partes vão querer os três pontos”, começou por dizer, comentando que SC Braga espera de enfrentar: “Idêntico ao que foi nos outros jogos. Uma equipa organizada, com ideias bem definidas e a querer explorar espaços que nós possamos dar”.

Ao Sporting CP o empate chega para chegar à final da prova, mas, além de falar na “ambição de conquistar o troféu”, a treinadora Leonina preferiu destacar a importância da criação desta prova: “É aprazível para quem quer estar a um nível alto e quem quer disputar provas internacionais ter mais jogos nacionais. Só vemos vantagens nesta competição”.

Também Raquel Fernandes fez a antevisão a esta partida, mostrando a ambição verde e branca em vencer mais este encontro: “Vai ser certamente um jogo emocionante. Sabemos que o empate nos coloca na final, mas queremos, como sempre, ganhar”.

“Preparamos os jogos sempre para vencer e foi o que fizemos para este também. Depois de já as termos defrontado duas vezes no Campeonato Nacional (duas vitórias) e na Taça de Portugal (derrota), esperamos não cometer os mesmos erros. Temos condições para ganhar e, a jogar em casa, beneficiamos também da ajuda do nosso público”, referiu.

Na mesma ocasião, a jogadora Leonina falou do grande golo marcado ao SL Benfica no fim-de-semana passado: “O mais importante foi vencer, mas fui muito feliz com aquele golo. A mister está sempre a dizer para batermos de primeira. Essa foi a minha intenção e felizmente marquei aquele grande golo”.

Foto José João Sá

Susana Cova: “É o reconhecimento do trabalho destas jogadoras”

Por Sporting CP
23 Fev, 2020

Reacção à vitória no dérbi frente ao SL Benfica

No rescaldo do triunfo deste domingo diante do SL Benfica, a treinadora da equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal, Susana Cova, mostrou-se muito satisfeita com o resultado mas, ainda assim, recordou que há sempre pontos a melhorar.  

“Não alteramos o nosso discurso nem a forma como vemos as coisas depois de uma derrota ou de uma vitória. Olhamos para qualquer partida como uma oportunidade para melhorar. Estamos muito contentes com o triunfo mas, no último jogo frente ao SL Benfica, que terminou empatado, considerámos que eramos as dignas vencedoras. Hoje estamos muito contentes porque conquistámos os três pontos, tal como nos propomos a fazer todas as semanas. Mantemo-nos na luta pelo título e é nisso que estamos focadas. Tivemos aspectos positivos, fomos mais eficazes e isso levou-nos à vitória. Ainda assim, há ainda muita coisa a melhorar”, começou por dizer, apontando desde logo baterias para o que resta do campeonato.

“Há muitos jogos ao longo da temporada e se nos focarmos em questões globais acabamos por perder o foco nas coisas que nos podem levar a ser diferentes e a ter mais sucesso. Por isso, olhamos para cada encontro de acordo com o momento em que vai acontecer. Dado que nunca sabemos o que acontecerá amanhã, vivemos o dia de hoje com o maior empenho, profissionalismo e com a maior vontade de melhorar a cada momento. Estamos muito agradados por termos vencido porque é o reconhecimento do trabalho destas jogadoras e de todos os que se esforçaram para que isto acontecesse”, referiu.

Por fim, Susana Cova elogiou o papel de todos os integrantes do grupo de trabalho e sublinhou o espírito de equipa que, cada vez mais, está à vista.

“Um dos papéis da equipa técnica é agregar um grupo em torno dos objectivos que queremos cumprir. Felizmente, o ambiente nesta equipa é cada vez mais saudável e todos percebem que têm um papel fundamental. Todas as jogadoras são cruciais em determinados momentos e é bom que, por vezes, isso se perceba sem que tenha de ser referido. Aos poucos, vamos percebendo que as pessoas se sentem integradas, que querem cá estar e contribuir. Hoje tivemos jogadoras que ficaram de fora e, no final do jogo, vieram festejar connosco de copo e alma”, concluiu.

Foto José João Sá

Vitória histórica dá liderança partilhada

Por Sporting CP
23 Fev, 2020

Futebol feminino vence SL Benfica em jogo repleto de emoções

A equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu, na tarde deste domingo, o SL Benfica por 3-2, em jogo referente à 15.ª jornada da Liga BPI, alcançando dessa forma a liderança da competição em igualdade pontual com as encarnadas.

As Leoas sabiam de antemão que, caso deixassem fugir os três pontos, permitiriam às encarnadas isolar-se ainda mais no topo da classificação, mas a verdade é que até foram as visitantes a criar os primeiros lances de perigo junto à baliza defendida por Patrícia Morais.

Apesar disso, a primeira situação de golo pertenceu mesmo ao conjunto da casa pelos pés de Carolina Mendes que, aproveitando uma desatenção da defesa das águias, ficou perto de inaugurar o marcador não fosse a intervenção da guarda-redes Dani Neuhaus. Apesar disso, na resposta, a sueca Julia Spetsmark aproveitou o passe da capitã Darlene para fazer o 0-1 ainda antes de estar concluído o primeiro quarto de hora.  

Depois de somarem uma derrota e um empate nos jogos disputados frente ao eterno rival esta temporada, as comandadas de Susana Cova não se deram por vencidas e, pouco depois, beneficiaram de um penálti cometido pela guardiã encarnada sobre Diana Silva. Nevena Damjanović, que já tinha marcado na última partida entre as duas formações, não tremeu e recolocou a igualdade no marcador.

Sem que as encarnadas tivessem tempo para respirar, Raquel Fernandes, melhor marcadora verde e branca do campeonato com 14 golos apontados, aproveitou a displicência da defesa benfiquista numa zona ainda muito recuada do terreno e, de muito longe, desferiu um remate em arco que sobrevoou a guarda-redes visitante e consumou, em menos de cinco minutos, a reviravolta no placar.  

Até ao término do primeiro tempo, assistiu-se a uma partida muito disputada no centro do relvado, com ambas as equipas a batalharem pela posse de bola, mas nem isso fez com que o resultado sofresse mais alterações.

No regresso para a segunda parte, as águias foram atrás do resultado e estabeleceram-se no meio-campo Leonino até que, à passagem dos 63 minutos, Cloé Lacasse, melhor marcadora da Liga BPI, fez o 23.º golo na competição ao bater Patrícia Morais com um remate de fora de área. Estava assim reposta a igualdade no marcador.  

Já com Hannah Wilkinson em campo por troca com Carolina Mendes, o jogo tornou-se um pouco mais agressivo com as Leoas a serem as principais vítimas e a guarda-redes verde e branca em evidência depois de defender um livre directo de máxima dificuldade em cima do minuto 80.

Numa das últimas oportunidades da partida, Raquel Fernandes teve tudo para fazer o golo da vitória mas, no frente-a-frente com a guardiã adversária, rematou ao lado. Grande ocasião para as Leoas que, logo a seguir, confirmaram mesmo o triunfo com um golo de Diana Silva marcado na sequência de um pontapé de canto.

Com este resultado, o Sporting CP, que ainda esteve perto de fazer o 4-2, garantiu a primeira vitória de sempre em dérbis femininos diante do SL Benfica e ascendeu ao primeiro lugar da Liga BPI em igualdade pontual com as encarnadas.

Foto Mário Vasa

Susana Cova: “Queremos estar ao nosso melhor nível”

Por Sporting CP
22 Fev, 2020

Futebol feminino recebe o SL Benfica este domingo

Na antevisão do dérbi deste domingo frente ao SL Benfica, a treinadora da equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal, Susana Cova, admitiu que este é um jogo importante, mas não acredita que seja decisivo nas contas finais da Liga BPI.

“O resultado deste jogo poderá levar a mexidas na tabela classificativa. Ainda assim, há muitos encontros ao longo da temporada e preparamo-los de acordo com o adversário que vamos defrontar. Queremos estar ao nosso melhor nível e conseguir ter um desempenho que nos leve ao sucesso para conquistarmos os três pontos. Ainda faltam muitos jogos e o mais importante para nós é sempre o que vem a seguir”, começou por dizer, analisando depois o adversário.   

“Esperamos uma equipa do SL Benfica muito assente nos valores individuais e que procura bastante a progressão rápida em direcção à baliza adversária, visto que são uma formação muito concretizadora. Vamos trabalhar para que no domingo possamos perceber quais são os pontos que podemos explorar”, concluiu.

Foto Mário Vasa

Ana Borges: "Só pensamos em nós e em conquistar os nossos pontos"

Por Sporting CP
21 Fev, 2020

Nevena Damjanović confiante para a recepção ao SL Benfica

A equipa principal feminina de futebol do Sporting Clube de Portugal recebe, este domingo, às 16h00, o SL Benfica em jogo da 15.ª jornada do Campeonato Nacional.

Ana Borges fez a antevisão a este encontro e deu conta da confiança verde e branca: “É sempre bom jogar em nossa casa, com o nosso público e contra uma grande equipa, como é a do SL Benfica, no entanto nós entramos em todos os jogos da mesma maneira e com vontade de conquistar os três pontos”.

“Ainda não ganhámos ao SL Benfica esta temporada, mas no segundo jogo [2-2] demonstrámos que podemos lutar de igual para igual”, disse a experiente jogadora, recusando que este encontro decida o título numa altura em que as duas equipas estão separadas por três pontos: “Não acho que seja um jogo decisivo. Ainda há muitos jogos para disputar e muitas equipas a lutar pelo mesmo objectivo. Ainda assim, nós só pensamos em nós e em conquistar os nossos pontos. No final fazemos as contas”.

Também a capitã Nevena Damjanović falou sobre este jogo, que tem de especial o facto de ser um dérbi, recusando igualmente que este encontro decida já as contas do campeonato. “É muito bom jogar contra elas. É um dérbi e, apesar de só estar aqui há dois anos, sei o simbolismo que tem, mas todos os jogos são importantes. Por isso, não sei dizer se este é o mais importante e se vai decidir alguma coisa”, referiu, mostrando-se confiante: “Acredito na minha equipa, jogamos muito bem e queremos mostrar a nossa qualidade.”

“Perdemos o primeiro jogo contra o SL Benfica e empatámos o segundo, sabemos que têm uma boa equipa, mas estamos focadas apenas em nós e naquilo que podemos fazer”, finalizou.

Foto José Lorvão

Bilhetes Sporting CP vs. SL Benfica em futebol feminino

Por Sporting CP
19 Fev, 2020

Grátis para Sócios e acompanhantes

Os bilhetes para o dérbi deste domingo (16h00) entre o Sporting Clube de Portugal e o SL Benfica de futebol feminino estarão disponíveis apenas nas bilheteiras da Academia Sporting.

Só os Sócios e os acompanhantes de Sócios terão acesso a estas entradas, que serão gratuitas.

Foto Fernando Veludo/NFactos

Leoas vencem em Ovar

Por Sporting CP
09 Fev, 2020

0-3 em jogo da 14.ª jornada do Campeonato Nacional

A equipa principal feminina do Sporting Clube de Portugal venceu, neste domingo, na deslocação ao terreno da AD Ovarense. 0-3 em jogo da 14.ª jornada do Campeonato Nacional.

A formação orientada por Susana Cova inaugurou o marcador aos 29 minutos, pela capitã Nevena, e foi para o intervalo a vencer pela margem mínima.

Na segunda metade, as Leoas consolidaram o triunfo com golos de Diana Silva e Joana Marchão.

Com este resultado, o Sporting CP continua na segunda posição da tabela, a três pontos do líder SL Benfica, que receberá na próxima ronda em Alcochete.

Páginas

Subscreva RSS - Futebol Feminino