Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Foto José Cruz

“Posso adaptar-me bem ao futebol português”

Por Jornal Sporting
17 Set, 2018

Jovem sueca reforça as leoas de Nuno Cristóvão

Tem 21 anos, vem do Koppabergs/Gotemburgo (Suécia) e é a mais recente contratação para o futebol feminino do Sporting CP. Nas primeiras declarações como leoa, Nathalie Hoff Persson mostrou-se ansiosa por começar a treinar. “Estou muito feliz por estar aqui e prometo fazer o meu melhor em cada situação. Vou deixar a minha alma aqui”, garantiu.

Em poucas palavras, a jogadora que actua do lado esquerdo do ataque falou daquilo que pode acrescentar à equipa. “Posso adaptar-me bem ao futebol português, que é técnico e rápido. Trago velocidade, bons passes e qualidade no drible”, explicou.

Nathalie assinou contrato em Alvalade (ao lado do Presidente Frederico Varandas), num palco que espera vir a pisar. “É muito bom estar aqui. É um estádio fantástico e o Clube parece muito profissional. Sonho jogar aqui”, admitiu.    

Sobre a nova equipa, a sueca revelou já ter algum conhecimento. “Vi muitos vídeos das jogadoras, conheço algumas delas. Penso que praticam um futebol em que me posso encaixar”.

 

Foto D.R.

Sobe o pano com goleada

Por Jornal Sporting
16 Set, 2018

Bicampeãs nacionais regressaram à Liga com um expressivo 7-0, frente à Ovarense

A 19 de Maio fizeram-se as vénias, ouviram-se os aplausos e fechou-se o pano da época 2017/18. Hoje, dia 16 de Setembro, as bicampeãs estiveram de volta. Na máxima força, diga-se. Com os olhos postos na conquista do tricampeonato, as leoas entraram no Estádio Aurélio Pereira com o ‘pé direito’, com uma vitória por 7-0, frente à Ovarense, em jogo a contar para a primeira jornada da Liga BPI.

A aposta no 4x4x2 de Nuno Cristóvão resultou da melhor forma possível. Com Carolina Mendes e Diana Silva a ocupar a linha avançada, as leoas mostraram-se dominantes durante todo o duelo, não existindo, sequer, possibilidades de contra-ataque das adversárias.

Bastaram apenas três minutos de jogo para Ana Borges servir Carolina Mendes que, no momento de finalização, não hesitou. Bastaram apenas 14 minutos para esta mesma dupla voltar a festejar, com Carolina Mendes a bisar no duelo. Não importa a distância da marcação do livre, importa, sim, saber se será Nevena Damjanovica a marcá-lo. Se se estiver a perguntar o porquê, é porque ainda não viu a atleta sérvia em acção. Perto da entrada da grande área a defesa leonina olhou e num remate teleguiado assinalou o 3-0. Faltavam apenas três minutos para terminar a primeira parte, mas, para Diana Silva, foi tempo suficiente para, numa jogada individual, marcar o quarto golo antes de recolherem ao balneário.

Com uma vantagem alargada ao intervalo, as leoas entraram para disputar a segunda parte com a mesma intensidade. À passagem pelo minuto 51 Fátima Pinto assistiu e, novamente, Diana Silva apareceu no momento de decisão e, de ‘chapéu’, bateu a guarda-redes adversária, Lara Sousa. A partir deste momento foram várias as oportunidades da autoria de Ana Borges e Sharon Wojcik, mas coube novamente a Diana Silva fazer o hat-trick e, consequentemente, o 6-0 (64’). O desgaste das oponentes era evidente, mas as leoas nasceram para fazer golos. No tempo complementar (90+1, de quatro concedidos), Bárbara Marques atirou à figura da guarda-redes e, na recarga, Carolina Mendes assinalou, com a parte exterior do pé, o sétimo e último golo do Sporting CP. Justíssimo, hat-trick para cada uma das duas avançadas no jogo inaugural da competição.

As leoas voltam a entrar em acção frente ao CF Benfica, no próximo dia 23 de Setembro, em jogo a contar para a segunda jornada da Liga BPI.

Foto José Cruz

“Vamos mostrar porque somos bicampeões”

Por Jornal Sporting
15 Set, 2018

Nuno Cristóvão apontou o tricampeonato nacional como o objectivo principal para a época 2018/19

É já este domingo que as leoas voltam a jogar em casa. Depois da participação na Liga dos Campeões e da Supertaça, o Sporting CP vai começar a marcha com baterias voltadas para o Campeonato. O técnico verde e branco assumiu a importância desta partida e considerou que as jornadas iniciais são sempre mais complicadas. "O foco principal é sermos novamente campeões para também conseguirmos voltar à Champions. Queremos começar com uma vitória e somar os três pontos. Vamos mostrar porque somos bicampeões apesar de sabermos que estes são sempre jogos mais difíceis porque nas primeiras rondas as equipas têm todas muita ilusão e ainda mais querer", referiu o professor.

A formação de Ovar subiu esta temporada à Liga BPI e pode causar dificuldades à equipa leonina. "A Ovarense ascendeu esta época e quer mostrar serviço. É um conjunto com uma base de jovens jogadoras do ano passado apoiadas por algumas mais maduras, além de que se reforçaram com várias atletas muito experientes. Acho que vão tentar aproveitar o facto de virmos de uma derrota na Supertaça, mas queremos voltar às vitórias já este domingo", reforçou.

"Entrada de leão" é o que Nuno Cristóvão deseja para dia 16. Às 15h, na Academia de Alcochete, a bola começa a rolar com armas apontadas a mais um Campeonato Nacional verde e branco.

Foto César Santos

“Queremos entrar no campeonato com o pé direito"

Por Jornal Sporting
14 Set, 2018

Bicampeãs iniciam caminhada para a revalidação do título no próximo domingo e Inês Pereira garantiu empenho máximo

Depois do infortúnio da Supertaça, as leoas voltam a entrar em campo no dia 16 (15h) para a primeira jornada da Liga BPI. Frente à Ovarense, a equipa verde e branca começará a defender o título que lhe pertence há dois anos. “Podem esperar de nós o mesmo de sempre. O nosso principal objectivo é sermos tricampeãs e queremos entrar no campeonato com o pé direito”, assumiu Inês Pereira, guarda-redes leonina.

Com um registo de 18 jogos consecutivos sem sofrer um único golo na temporada transacta, a jovem jogadora do leão rampante sublinhou que essa marca é para melhorar. “Para sermos novamente campeãs temos de apontar muitos golos e não podemos sofrer. É isso que queremos e estamos determinadas”, frisou, acrescentando uma análise preliminar ao adversário de domingo: “Como todas as equipas que jogam contra nós, a Ovarense vai tentar causar-nos problemas, até porque são uma formação muito aguerrida. Mas estamos preparadas para enfrentar mais um jogo.”

Sem nunca esquecer o apoio incondicional da massa associativa do Sporting CP, Inês Pereira agradeceu aos adeptos e pediu para, mais uma vez, comparecerem na Academia. “Os Sócios dão-nos muita força e vontade de lutar. Acompanham-nos sempre e o que lhes peço é que o continuem a fazer esta época”, finalizou a guardiã.

 

 
 

"Em duas épocas ganhámos cinco dos seis títulos que disputámos"

Por Jornal Sporting
09 Set, 2018

Nuno Cristovão mostrou-se triste com a derrota na Supertaça, mas realçou a boa campanha feita pelas suas jogadoras em dois anos de futebol feminino do Sporting CP

A equipa leonina chegou a Viseu com vontade de renovar um dos títulos que lhe pertencia, mas a sorte não esteve do seu lado. Na lotaria das grandes penalidades, as leoas perderam por 5-4 e deixaram que a Supertaça Feminina Allianz viaja-se para Braga. O treinador verde e branco demonstrou confiança nas suas jogadoras, apesar desta derrota. "Mostrámos aqui o porquê de em seis provas que disputámos termos conseguido ganhar cinco troféus. Ao longo do jogo tivemos duas oportunidades claríssimas de golo e podíamos ter ganho a partida, mas não conseguimos finalizar", explicou.

Mais uma vez, o apoio dos adeptos Sportinguistas foi sentido com muita intensidade. Foram muitos os que se deslocaram ao Estádio do Fontelo e que mereceram uma palavra do professor Nuno Cristovão. "A massa associativa foi inexcedível, como sempre. Estiveram horas ao sol, foram sem dúvida, uns heróis. Sentimos constantemente o apoio deles", enfatizou.

Deixando a Supertaça para trás, o importante agora é pensar no campeonato, como referiu o técnico. "O próximo objectivo do Sporting CP é, já no domingo, vencermos o Ovarense e somarmos os primeiros três pontos", manisfestou, acrescentando uma breve análise àquilo que vai ser a luta pelo tricampeonato: "Esta época vai ser disputada entre o Sp. Braga e o Sporting CP. A equipa bracarense está numa fase de construção, tem muitas jogadoras novas e está mais forte, mas vamos defender o nosso título".

Foto José Cruz

Houve querer, faltou sorte

Por Jornal Sporting
09 Set, 2018

Leoas perderam, pela primeira vez, um troféu em competições nacionais. A lotaria dos penáltis declarou Sp. Braga como novo detentor da Supertaça Feminina Allianz 2018

Ganhou tudo a nível nacional até hoje, até ao dia que o azar venceu. O Sporting CP empatou 1-1 na fase regular do jogo, mas acabou por sair derrotado nos penáltis por 5-4 frente à equipa rival (com quem nunca tinha perdido em finais), no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.

Na primeira parte, o pontapé de saída coube às bracarenses, que entraram melhor na partida e, nos primeiros minutos, dominaram o jogo, com a defesa leonina a demonstrar bons argumentos – como aliás, em toda a partida. Ao minuto quatro, as leoas deram o primeiro sinal de que o golo estaria a chegar: numa excelente progressão pela direita, Ana Borges cruzou para a área, mas a guarda-redes Rute Costa interceptou a bola antes de Diana Silva fuzilar a baliza. A partir daqui e pelos dois minutos seguintes, o Sporting CP foi subindo as linhas e fez o primeiro tento do jogo de penalti. A capitã Ana Borges sofreu uma falta clara dentro da área e Tatiana Pinto marcou o castigo máximo de forma irrepreensível fazendo o 1-0 a favor do Clube verde e branco.

Depois do golo, o Sporting CP abrandou o ritmo na frente. Apesar de uma boa combinação entre Joana Marchão e Fátima Pinto que deu um livre marcado por Tatiana Pinto, a equipa leonina não conseguiu chegar com qualidade às redes do Sp. Braga. Com uma pausa para hidratação, as comandadas de Nuno Cristóvão mostravam-se com uma defesa forte mas com falta de gás na frente. Foi preciso esperar pelo minuto 37 até ver de facto um novo ataque de perigo do Sporting CP. Joana Marchão combinou com Fátima Pinto que cruza para o peito de Nevena. A defesa recebe bem mas remate desequilibrada por cima da baliza.

A fechar a primeira parte o Sp. Braga tem uma boa oportunidade para empatar a partida, mas o cabeceamento de Vanessa vai por cima das redes defendidas por Patrícia Morais. 1-0 era o resultado ao intervalo.

No segundo tempo, arranca o Sporting CP com os pés na bola e com o jogo mais assumido. A cinco minutos do início da partida, Ana Borges, mais uma vez, viu Carlyn na área e faz um cruzamento milimétrico para a companheira de equipa que chuta para defesa muito apertada de Rute Costa. As leoas entraram agressivas, com boa circulação de bola a meio-campo, mas com dificuldades em chegar à frente, tal como aconteceu em (quase) toda a primeira metade. Ao minuto 66, a capitã Ana Borges, uma das melhores em campo, e Diana Silva protagonizaram uma jogada que merecia outro desfecho: pela direita, a avançado insistiu na recuperação do esférico e fez um cruzamento perfeito para Diana Silva cabecear... para fora.

Quase a fechar a partida, a sete minutos dos 90, o Sp. Braga empata. Após um lançamento longo de linha lateral, Francisca cabeceou certeiro para o fundo das redes sportinguistas. Estabelecida a igualdade, que podia ter sido alterada quando Fontemanha escorregou à entrada da área do Sporting CP e deixou isolada uma jogadora bracarense.

No prolongamento, e com a saída da defesa Marchão para a entrada da avançado Capeta, a equipa feminina da Listada tentou chegar à baliza adversária mas sem sucesso... Os penaltis iam mesmo acontecer.

Perante os castigos máximos, o Sporting CP foi o primeiro a rematar. Tatiana Pinto chutou sem hipótese. O Sp. Braga marcou logo de seguida e Carlyn falhou na sua oportunidade. A partir daí, as leoas apontaram todos os penaltis de forma exacta, mas as bracarenses também o fizeram. 5-4 nos penaltis ditaram que o Sp, Braga é o novo detentor da Supertaça Feminina Allianz 2018.

Após esta derrota a abrir o espectro de provas nacionais, o pensamento das leoas é só o de entrar a vencer já no próximo domingo, na primeira jornada do Campeonato Nacional, frente ao Ovarense.

Foto Mário Vasa

"Temos de pensar em nós e na nossa qualidade"

Por Jornal Sporting
07 Set, 2018

Equipa orientada por Nuno Cristóvão vai defender um dos títulos que venceu na temporada passada

É já no próximo domingo, em Viseu, que as leoas dão o pontapé de saída na época 2018/2019. Como tem sido habitual nos últimos dois anos, o adversário na Supertaça será o Sporting de Braga. Ana Borges desvalorizou as mudanças no rival e não espera facilidades. "Sabemos que o Braga contratou muitas jogadoras e houve outras que saíram, mas não é por causa disso que vão ficar mais fracas. Temos de pensar em nós. Se entrarmos em campo com o mesmo espírito com que temos entrado até agora, só nós podemos tornar o jogo fácil", assumiu. 
 
Pela estabilidade no plantel, que sofreu poucas alterações, o conhecimento das jogadoras do Sporting CP é superior, ainda que a extremo leonina não o considere decisivo. " Ao longo dos anos, as jogadoras vão-se conhecendo melhor. Claro que o jogo também vai sendo melhor, porque sabemos as características de cada uma. Temos de pensar em nós e na nossa qualidade e acreditar que o colectivo vai ser ainda mais forte", explicou.
 
Habituadas a vencer títulos, as leoas esperam começar mais uma temporada da melhor maneira. "Temos de nos preparar sempre com o objectivo de ganhar. Neste caso é uma taça, a primeira deste ano, e neste momento é o nosso principal objectivo. Queremos trazê-la para Lisboa", afirmou.
Foto José Cruz

Diana Silva em destaque frente à Roménia

Por Jornal Sporting
04 Set, 2018

Leoa fez dois golos e uma assistência na vitória (5-1) da última jornada de qualificação para o Mundial França 2019

A equipa de futebol feminino da Selecção Nacional goleou, esta tarde de terça-feira, a formação romena por 5-1, neste que foi o último jogo do grupo 6 da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo França 2019, no Estádio Municipal Dr. Machado de Matos (Felgueiras), e Diana Silva esteve em destaque, com dois golos e uma assistência.

À passagem pelo minuto 30, a formação de Francisco Neto encontrava-se em desvantagem no marcador, mas Diana Silva tirou da cartola uma grande assistência para Ana Leite que, rapidamente, estabeleceu a igualdade. Mas a avançado leonina não nasceu apenas para assistir e acabou mesmo por bisar na partida. O primeiro golo surgiu ao minuto 59 quando, isolada, aproveita um erro da guardiã adversária e, para terminar, fechou o marcador (90+1’).

Os restantes golos das quinas foram apontados por Ana Leite (30' e 53’) e A. Nagy (a.g. 42’).

Com Carole Costa, Inês Pereira, Tatiana Pinto, Diana Silva e Ana Borges a titulares e Fátima Pinto como suplente utilizada, o Sporting CP participou de forma directa na vitória da Selecção. De relembrar ainda a ausência de Carolina Mendes nesta jornada, devido a síndrome febril.

Portugal terminou assim a fase de qualificação no terceiro lugar do Grupo 6, com 11 pontos, sem conseguir o apuramento. A Roménia terminou com cinco pontos, na quarta posição. A Itália apurou-se para a fase final no primeiro lugar, com 21 pontos.

Foto Mário Vasa

Bilhetes para a Supertaça de futebol feminino em Viseu

Por Sporting CP
04 Set, 2018

Leoas podem fazer a segunda tripleta consecutiva da sua (recente) história

A equipa de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal disputa este domingo (9 de Setembro pelas 17h45) no Estádio do Fontelo, em Viseu, a 4ª edição da Supertaça diante do Sporting Clube de Braga.

Depois de conquistar todos os títulos nacionais em disputa nas épocas 2016/2017 e 2017/2018 (Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Supertaça) as leoas pretendem mais um feito inédito: ser o primeiro clube a conquistar por duas vezes a Supertaça após as primeiras três edições terem tido três vencedores diferentes: Futebol Benfica (2015), Valadares (2016) e Sporting CP (2017). Desta forma, o bicampeão nacional Sporting Clube de Portugal repete a final da Supertaça da época passada (com o Sporting Clube de Braga) que venceu, após prolongamento, por 3-1 com um fantástico hat-trick de Ana Capeta.

O Sporting Clube de Portugal informa todos os interessados em marcar presença neste jogo, que os bilhetes gratuitos poderão ser levantados no Piso 1 da Loja Verde do Pavilhão João Rocha esta 4ª, 5ª e 6ª feira no horário normal, ou seja, entre as 10h e as 20h. Os Sportinguistas do norte do país poderão levantar os convites nos Núcleos do Sporting Clube de Portugal de Viseu, Aveiro, Mealhada e São João da Madeira. Por último, informar que no próprio dia de jogo haverão bilhetes disponíveis no Estádio do Fontelo, em Viseu, a partir das 10h. Contamos com o apoio de todos os Sportinguistas.  

Foto Mário Vasa

Grande estreia frente à Casa do Povo de Pego

Por Jornal Sporting
31 Ago, 2018

Equipa B feminina arranca o Campeonato Nacional da II Divisão em casa no dia 23 de Setembro

Já está agendada a grande estreia da equipa B feminina do Sporting Clube de Portugal no Campeonato Nacional da II Divisão. Marque na sua agenda: a segunda jornada da prova realiza-se no dia 23 de Novembro, em casa, frente à Casa do Povo de Pego. E sim, leio bem, trata-se mesmo da segunda jornada, pois o CAC, que seria a 10.ª equipa da Série D, desistiu da competição e deixou um lugar vazio no sorteio. Sendo que as leoas iriam visitar o clube de Odivelas, esta decisão levou a que folgassem na ronda inaugural. 

Conheça os resultados do sorteio da primeira volta, que se realizou na Cidade do Futebol, e ditou a ordem das cinco séries: 
1.ª jornada, folga Sporting CP (16 de Setembro);
2.ª jornada, SPORTING CP-Casa do Povo de Pego (23 de Setembro);
3.ª jornada, U. Torreense-SPORTING CP (14 de Outubro);
4.ª jornada, SPORTING CP-Damaiense (21 de Outubro);
5.ª jornada, Benfica-SPORTING CP (28 de Outubro);
6.ª jornada, SPORTING CP-Ponte Frielas (4 de Novembro);
7.ª jornada, 'Os Vidreiros'-SPORTING CP (11 de Novembro);
8.ª jornada, SPORTING CP-U. Sintrense (18 de Novembro);
9.ª jornada, U. Almeirim-SPORTING CP (25 de Novembro)
 
Série A
Lousada
Ribeirão 1968
Freamunde
'Os Sandinenses'
Gil Vicente
Romaiz
Sp. Braga
Parada
Centro Social Bonitos de Amorim 
Águas Negras Tabuadelo 
 
Série B
Cucujães 
Cesarense 
Escola F. Hêrnani Gonçalves 
Oliveira do Douro
Lusitano Vildemoinhos 
Sousense 
Valadares Gaia
Fiães 
Grijó 
 
Série C
Seia
Clube Condeixa 
Mocidade Desportiva Eirolense 
Poiares
Marítimo Murtoense 
Cadima
Souselas
D. Laura Santos Moimenta da Serra 
Lordemão 
Meirinhas 
 
Série E
Pescadores Costa Caparica
Atlético 
Amora
Bairro Santo António
Estoril
Barreirense 
Palmelense 
Guia 
Escola FF Setúbal 
Quintajense 

Páginas

Subscreva RSS - Futebol Feminino