Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

'Leões' perdem com Sp. Braga e complicam contas

Por Jornal Sporting
24 Abr, 2016

Derrota por 2-0 na Academia de novo após má entrada na segunda parte do jogo

A equipa de iniciados do Sporting CP perdeu esta manhã na recepção ao Sp. Braga, na Academia, por 2-0, num encontro a contar para a terceira jornada da fase final do Campeonato Nacional Sub-15 que veio complicar, e muito, as contas para revalidar o título conquistado na derradeira temporada na última ronda da prova.

Com duas alterações cirúrgicas feitas por Pedro Venâncio nas opções iniciais – os dois médios construtores, com as saídas de Gonçalo Rodrigues e André Sabino e as entradas de Samuel Lobato e João Araújo –, o conjunto ‘leonino’ teve um início de jogo a jogar pelo seguro e com uma circulação de bola condicionada pela pressão alta dos minhotos. Assim, e até aos dez minutos, altura em que um bom passe de ruptura de Samuel Lobato não teve a melhor recepção de Rui Reis que ficaria na cara do guardião contrário, Guilherme fez o único remate de cabeça à baliza, na sequência de um canto, mas sem perigo para o guarda-redes Sportinguista Guilherme Reis (3’).

O encontro estava dividido e com ambas as equipas com mais vontade de não errar do que propriamente iniciativa para forçar o erro contrário, o que afastou o perigo das duas balizas – até ao intervalo, não houve uma única oportunidade de golo. Félix Correia, o elemento mais inconformado com o encaixe táctico que o jogo ia promovendo e sempre a arriscar em acções 1x1 sobretudo em situações de transição, e Tiago Gouveia fizeram os dois únicos remates mas por cima da trave dos bracarenses.

O nulo ao intervalo levantava uma dúvida: que Sporting CP iria surgir na segunda parte? Aquele que, na primeira jornada, no Restelo, conseguiu a reviravolta no marcador para a vitória em cinco minutos? Ou aquele que, na segunda ronda, frente ao Benfica, teve dez minutos desastrosos onde sofreu quatro golos? A resposta foi mesmo... a segunda.

Logo aos cinco minutos da etapa complementar, Nuno surgiu isolado frente a Gonçalo Reis após um erro dos ‘leões’ na primeira fase de construção mas permitiu a defesa ao guarda-redes ‘verde e branco’; pouco depois, aos 43 minutos, Eduardo Ribeiro aproveitou uma bola não aliviada à entrada da área para rematar forte ao poste. Rafael Fonseca, no minuto seguinte, ainda teve uma boa oportunidade para adiantar o Sporting CP, permitindo a primeira grande intervenção do bracarense Bruno, mas seriam os visitantes a inaugurarem o marcador por Diogo Vieira, que tinha acabado de entrar e fez o 1-0 na primeira vez que tocou na bola (47’).

O golo afectou, e muito, os jogadores ‘leoninos’, que vacilaram naquilo que melhor tinham feito na primeira parte: segurança na circulação de bola e boa organização defensiva. Assim, e já depois de uma boa oportunidade de Eduardo Ribeiro cortada pelo central Carlos Silva (51’), Nuno apontou o 2-0 aos 52 minutos com um bom remate de pé esquerdo fora da área. O Sporting CP teve ainda uma flagrante chance para reentrar na partida, mas Rui Reis permitiu a defesa a Bruno numa grande penalidade por corte com a mão na área de um defesa bracarense. Faltavam 15 minutos para o final do encontro, mas esse seria o último fôlego dos ‘leões’ para conseguirem lutar ainda por outro resultado, apesar de mais uma boa oportunidade de Félix Correia a três minutos do final.

Com este resultado, o Sporting CP desceu ao quarto lugar com três pontos (uma vitória e duas derrotas), atrás de Benfica (nove pontos) e com os mesmos pontos de Sp. Braga e Belenenses. Na próxima jornada, os ‘leões’ recebem o conjunto da Cruz de Cristo.

“A vida continua, vamos continuar na luta!”

Por Jornal Sporting
17 Abr, 2016

Pedro Venâncio analisa a derrota pesada face ao Benfica

O treinador da equipa de iniciados considera terem existido duas partes muito distintas no encontro que o Benfica venceu por 5-0, com todos os golos a serem conseguidos depois do intervalo, mas recusa deitar a toalha ao chão e afirma que os jovens ‘leões’ irão continuar a lutar até final do Campeonato.

“Na primeira parte estivemos bem, conseguimos estar organizados, conseguimos anular as situações em que sabíamos que o Benfica era forte e conseguimos sair nas transições como queríamos. Na segunda parte houve as bolas paradas o cansaço acumulado e vários factores que nos fizeram não conseguir jogar de igual para igual”, afirmou o técnico ‘verde e branco’.

Perante uma derrota expressiva com os rivais, Pedro Venâncio abordou também o trabalho de recuperação que terá de ser feito de forma a estar bem no próximo jogo, frente ao Braga, que consistirá sobretudo em recuperar os níveis anímicos dos jogadores.

“A partir de terça-feira voltamos ao trabalho e trabalharemos a parte psicológica, vamos tentar levantar os índices de confiança e preparar o jogo com o Sp. Braga, que também vai ser complicado. Já estivemos a falar com eles e a dizer-lhes que a vida continua e que é feita disto. Vamos continuar na luta!”, esclareceu o líder da equipa.

O próximo encontre frente ao Braga está marcado para o próximo Domingo, às 11 horas.

Iniciados sofrem derrota por 5-0 com o Benfica

Por Jornal Sporting
17 Abr, 2016

Jovens ‘leoninos’ concederam os cinco golos na segunda parte

A equipa de iniciados do Sporting CP saiu derrotada por números expressivos na Academia, na 2.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional, frente ao Benfica. O jogo teve duas metades completamente distintas, com a primeira a não ter qualquer golo e a sobressair o equilíbrio dos conjuntos, mas com a segunda a mostrar um Benfica forte mas sobretudo muito eficaz.

O encontro começou muito dividido, com ambas as equipas a respeitarem-se e a optarem por processos seguros de forma a não se exporem demasiado, tendência que se foi mantendo ao longo da primeira parte. Ainda assim foi a equipa visitante a primeira a criar perigo, com Umaro Embaló a desarmar Edivan Pascoal no meio-campo ofensivo e com uma boa jogada individual o número 7 das ‘águias’ a conduzir até à entrada da área e a rematar ao lado, com perigo.

O flanco direito do Benfica, com Umaro e o lateral-direito João Ferreira, foi-se mostrando ao longo do primeiro tempo uma dor de cabeça para a defensiva ‘leonina’, mas o guarda-redes Guilherme Fernandes esteve sempre atento e acabou por solucionar bem os lances de perigo que surgiram num par de vezes. Pelo lado contrário, a melhor ocasião acabou por surgir depois de um excelente pormenor de Félix que de seguida isolou Tiago Gouveia, mas com este a já não ter clarividência e frescura para finalizar, depois de contornar o guarda-redes ‘encarnado’.

Depois do intervalo o jogo voltou no mesmo sentido, mas na sequência de um canto mal assinalado, os ‘encarnados’ inauguraram o marcador. Bola batida por Umaro e Alexandre Penetra, de cabeça ao primeiro poste, a concretizar para o fundo das redes. A equipa ‘verde e branca’ reagiu mal ao golo sofrido e as ‘águias’ não perdoaram no período de menor fulgor do adversário. Através de uma transição rápida, o ponta-de-lança Gonçalo Gomes surgiu isolado e não tremeu na cara da baliza, colocando o resultado com dois golos de diferença.

O conjunto do Benfica faria o terceiro e quarto golos poucos minutos depois, primeiro novamente na sequência de um canto em que um ressalto fortuito acabou por entregar o golo a Sandro Cruz e, depois, com Ronaldo Camará a marcar isolado depois de um bom passe de Umaro. O Sporting CP tentou reagir mas o melhor que fez foi enviar uma bola à barra por Félix Correia, ainda desviada pelo guarda-redes do Benfica. Aos 59 minutos de jogo, José Gata foi expulso por entrada muita dura sobre o médio ‘leonino’ Nuno Cardoso, mas ainda seria o Benfica a conseguir o último golo da partida, estabelecendo o marcador final em 5-0.

Com a derrota, os ‘leões’ ficam a três pontos do Benfica, que está na liderança e soma agora seis na fase final do Campeonato Nacional de iniciados.

"Merecemos a vitória pela reacção que tivemos"

Por Jornal Sporting
10 Abr, 2016

Pedro Venâncio comenta a vitória por 2-1 diante do Belenenses

A equipa de iniciados do Sporting CP estreou-se com uma vitória na fase final do Campeonato Nacional, diante do Belenenses por 2-1. O jogo começou de forma negativa para os 'leões', tendo sofrido o golo logo nos minutos iniciais, facto que desagradou a Pedro Venâncio, treinador da equipa 'verde e branca'. "Acho que merecemos a vitória, não pelo que fizemos na primeira parte, porque a demos de avanço, consentido um golo a uma equipa que não criou assim tanto perigo, mas pela reacção que a equipa teve na segunda parte", referiu o técnico. 

O conjunto 'leonino' entrou no segundo tempo de forma completamente distinta, e segundo Pedro Venâncio foi a mudança na atitude que assim o determinou. "Acertamos algumas coisas no intervalo, tranquilizámos os miúdos e fizemos uma segunda parte já bem mais semelhante ao que tem sido a equipa. Mudou principalmente a atitude. Não se pode entrar na fase final com a atitude com que entrámos. Têm de entrar com a determinação com que entraram na segunda parte", explicou.

Com os três pontos conseguidos, o Sporting CP inicia da melhor forma a fase final que apurará o campeão no escalão sub-15, seguindo-se agora três embates em casa, sendo o primeiro com o Benfica, no próximo Domingo às 11 horas. O treinador dos jovens 'leões' diz que o objectivo é a revalidação do título, e que para isso os próximos encontros na Academia serão essenciais. "As expectativas são, dentro das nossas condições, chegar novamente ao título, sabendo que não vai ser fácil. Jogo após jogo temos de lutar pelo resultado até ao final. Recebemos agora as três equipas em casa, começando pelo Benfica que vai ser difícil, mas queremos receber as pessoas em nossa casa. Os miúdos gostam de receber esse apoio e de sentir as pessoas a empurrá-las de fora para dentro". 

Iniciados arrancam fase final com vitória no Restelo

Por Jornal Sporting
10 Abr, 2016

Triunfo por 2-1 frente ao Belenenses na primeira jornada após boa reviravolta

A equipa de iniciados do Sporting CP começou da melhor forma a fase final do Campeonato Nacional Sub-15, vencendo no Restelo o Belenenses por 2-1 na primeira jornada. Os 'leões' até começaram a perder mas conseguiram dar a volta e derrotar os 'azuis' pela primeira vez esta temporada, depois dos dois empates registados na primeira fase (0-0 na Academia, 1-1 no Restelo).

O jogo começou com a equipa da casa por cima, mais determinada e a querer surpreender o conjunto 'verde e branco', e conseguiu mesmo fazê-lo. Na primeira jogada de perigo, o Belenenses finalizou à figura; na segunda fez mesmo o golo. Uma boa iniciativa individual do número 7 da equipa da casa desequilibrou a defensiva 'leonina', e o mesmo jogador acabou por conseguir o golo através de um bom remate ainda de fora da área. A partir daí, os jovens 'leões' assumiram a iniciativa de jogo, tentaram chegar à frente, mas o colectivo do Belenenses conseguiu quase sempre anular os ataques 'verde e brancos'. 

Só na segunda parte, com uma entrada completamente distinta, e a equipa do Sporting CP muito mais agressiva com e sem bola, houve verdadeiras oportunidades de golo, das quais surgiu o empate. Tiago Gouveia - sempre um dos mais incomformados -, cruzou à procura de Rui Reis que, mesmo muito apertado pelos dois centrais, conseguiu receber a bola e isolar-se, fazendo o 1-1. A equipa visitante, claramente por cima do jogo, manteve a intensidade e foi uma questão de tempo até à reviravolta. Poucos minutos depois do empate, o Sporting CP voltou a marcar, desta feita numa jogada de insistência, com o guarda-redes da casa a conseguir evitar o golo por duas vezes mas, à terceira, Tiago Gouveia a rematar para o fundo das redes. 

Nos minutos após o segundo golo o Sporting CP prosseguiu na busca pelo terceiro mas, apesar de algumas ocasiões criadas, o momento do último passe e a finalização não foram condizentes com o caudal ofensivo que a equipa criava. Rui Reis, na sequência de uma bola dividida após um canto, teve a melhor oportunidade para confirmar a vitória 'leonina', mas o guarda-redes da casa não o permitiu. Já nos últimos minutos, o Belenenses ainda tentou chegar ao golo que valesse o empate, sobretudo recorrendo a um jogo mais directo e às bolas paradas, mas nunca conseguiu chegar com real perigo à baliza 'verde e branca'.

Com a vitória, o Sporting CP soma os primeiros três pontos na fase final, especialmente importantes por se seguirem três jogos em casa, sendo o próximo com o rival Benfica, que também começou com uma vitória, diante do SC Braga.

"Ganhar jogo a jogo para superar as dificuldades"

Por Jornal Sporting
09 Abr, 2016

Pedro Venâncio fez análise à fase final e à deslocação de amanhã ao Restelo

O técnico da formação de iniciados comentou os desafios que os seus comandados terão de enfrentar, lembrando que a equipa que cometer menos erros sagrar-se-á vencedora da fase final da competição. Na primeira fase, mais concretamente na 6.ª jornada, o Sporting CP não conseguiu desfazer o nulo, em casa, frente ao Belenenses. Na segunda volta, os ‘verde e brancos’ também não foram além de um empate (1-1) no Restelo. Curiosamente, o Restelo volta a ser palco para os ‘leões’ e Pedo Venâncio falou de fases de época diferentes.

“Temos vindo a melhorar durante toda esta caminhada que estamos a fazer desde que começámos a trabalhar com este grupo. Os nossos miúdos estarão certamente melhores do que quando jogaram com o Belenenses. Certamente, o adversário também estará melhor, mas são fases de época diferentes. Nestes jogos, ganha quem cometer menos erros. Os jogadores têm estado a evoluir como equipa e individualmente”, referiu, antes de defender que não vale a pena olhar para o calendário de uma forma geral, pois a ordem de disposição dos jogos pouco importa. Na primeira volta, o Sporting CP terá um jogo fora e os dois seguintes em casa.

“O ano passado jogámos fora e em casa alternadamente e fomos campeões. Nós já sabíamos que tínhamos de jogar o primeiro fora por causa do acertar de calendário com os outros escalões – no dia 10 já havia jogos na Academia. Ganhando fora o primeiro jogo, realmente é um passo importante, mas se ganharmos o primeiro jogo fora e depois não conseguirmos ganhar os outros em casa, não adianta. Interessa é ganhar jogo a jogo para irmos superarando as dificuldades, que vão ser muitas”, vincou o treinador ‘leonino’, para depois falar da postura que os jogadores irão apresentar nos vários ‘duelos’.

“Não tenho dúvidas de que os meus jogadores irão defender as cores e, principalmente, o símbolo que levam ao peito até ao fim para que, no final, possamos ser felizes”, concluiu.

Iniciados começam fase final domingo no Restelo

Por Jornal Sporting
04 Abr, 2016

Sorteio da fase final do Campeonato Nacional Sub-15 realizou-se hoje

A equipa de iniciados de futebol do Sporting CP vai começar a fase final do Campeonato Nacional Sub-15 com uma deslocação ao Restelo para defrontar o Belenenses, de acordo com o sorteio hoje realizado na sede da Federação Portuguesa de Futebol.

Nas jornadas seguintes, os comandados de Pedro Venâncio jogarão três vezes em casa, frente a Benfica, Sp. Braga e Belenenses. De referir que, na Série F da primeira fase, os ‘leões’ empataram duas vezes frente aos ‘azuis’, na Academia (0-0) e no Restelo (1-1).

O calendário para a fase final do Campeonato Nacional Sub-15 é o seguinte:

- 1.ª jornada (10/4): Benfica-Sp. Braga e Belenenses-SPORTING

- 2.ª jornada (17/4): Sp. Braga-Belenenses e SPORTING-Benfica

- 3.ª jornada (24/4): SPORTING-Sp. Braga e Belenenses-Benfica

- 4.ª jornada (1/5): Sp. Braga-Benfica e SPORTING-Benfica

- 5.ª jornada (8/5): Belenenses-Sp. Braga e Benfica-SPORTING

- 6.ª jornada (15/5): Sp. Braga-SPORTING e Benfica-Belenenses 

Iniciados Sub-14 A vencem Benfica na final

Por Jornal Sporting
27 Mar, 2016

Triunfo do Sporting CP no VII Torneio Internacional de Vila Franca do Rosário

A equipa de iniciados Sub-14 A do Sporting CP conquistou hoje o VII Torneio de Vila Franca do Rosário, após derrotar o Benfica na final após desempate através da marca de grandes penalidades (4-1). No tempo regulamentar, manteve-se o nulo na partida.

Recorde-se que, antes, os ‘leões’ tinham vencido o Grupo B da primeira fase, triunfando frente a Rangers (5-0), Estoril (5-0) e Torreense. No outro grupo, além do Benfica, estavam também Recreativo Huelva, Belenenses e Vila Franca do Rosário.

De referir, a título de curiosidade, que o patrono desta edição do Torneio era Augusto Inácio, antigo jogador e treinador campeão do Sporting que comanda hoje o departamento de Relações Internacionais do Clube.

'Leões' vencem no Cartaxo e reforçam liderança

Por Jornal Sporting
22 Mar, 2016

Triunfo por 2-0 na segunda parte na penúltima jornada da segunda fase

A equipa de iniciados do Sporting CP venceu hoje ao final da tarde no Cartaxo por 2-0, numa partida a contar para a nona jornada da Zona Centro da segunda fase do Campeonato Nacional Sub-15. Recorde-se que, ainda antes desta ronda, os ‘leões’ já tinham assegurado a qualificação para a fase final da prova.

Após uma primeira parte sem golos, os suplentes Edson Ceita (nos minutos iniciais da segunda parte) e Nuno Cardoso (em período de descontos) decidiram para os ‘leões’.

Com este resultado, o Sporting CP passa a somar 23 pontos (sete vitórias e dois empates), mais nove do que o Tondela. Na próxima jornada, a última da segunda fase, os ‘leões’ recebem a Académica na Academia.

De referir que, nesta altura, além do conjunto ‘verde e branco’, também Benfica e Belenenses já asseguraram presença na fase final. A última vaga será disputada no próximo fim-de-semana entre FC Porto e Sp. Braga.

"Jogo acabou com resultado bastante enganador"

Por Jornal Sporting
13 Mar, 2016

Pedro Venâncio reagiu ao empate a uma bola diante do Tondela

Pedro Venâncio era um técnico inconformado depois de um novo empate da sua equipa, desta vez fora de portas, diante do Tondela. No entanto, o treinador ‘verde e branco’ mostrou-se consciente quanto ao excesso de desconcentração apresentado pelos jogadores ‘leoninos’ nos momentos de finalização.  

“Foi um jogo que acabou com um resultado bastante enganador. Nós fomos a equipa que mais dominou o jogo. A primeira parte foi muito bem conseguida e conseguimos chegar à vantagem de um golo. Nos restantes 35 minutos praticámos excelente futebol, mas também falhámos golos incríveis. Demonstrámos muita falta de concentração nos momentos em que isso não pode acontecer. Quem não marca, acaba por sofrer, foi isso que nos aconteceu num lance algo consentido. Se tivéssemos ganho por seis ou sete, não seria um exagero”, afirmou, antes de desviar o foco para o jogo da próxima jornada.

“Temos de reflectir, até Sábado. A importância da soma dos três pontos a três jornadas do fim é enorme. Não só porque significa a passagem à fase final, mas também porque nos permite fazer algumas experiências para a recta que se adivinha. Refiro-me a utilização de um ou outro miúdo menos utilizado em jogos que também são importantes. Ainda assim, o mais importante é garantir os pontos necessários já na próxima jornada”, vincou Pedro Venâncio, referindo-se ao duelo da 8.ª jornada desta segunda fase do Campeonato Nacional de iniciados (apuramento de campeão), Zona Centro, diante do Borbense. 

Páginas

Subscreva RSS - Iniciados