Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Foto José Cruz

Tiago Machado reforça Sporting CP/Tavira

Por Jornal Sporting
17 Out, 2018

Corredor de 32 anos é uma aposta forte para a próxima temporada

Depois de nove anos no pelotão internacional, Tiago Machado volta a Portugal para vestir as cores do Sporting CP/Tavira na próxima temporada. Aos 32 anos, o corredor natural de Famalicão explica as razões que o fizeram abandonar a Katusha (equipa russa onde passou quatro épocas. “Apresentaram-me uma proposta com pés e cabeça. É um projecto ambicioso, em que vamos tentar quebrar a hegemonia de um rival na Volta a Portugal. Tudo o que peço é estar à altura dos acontecimentos para dignificar a camisola que irei levar ao peito”, admite.



Tendo estado em dez grandes voltas (três Tour, cinco Vueltas e dois Giros), Tiago Machado junta a experiência à vontade de vencer a principal prova do panorama nacional. Além disso, não esqueceu a vida pessoal. “Foi, sem dúvida, para estar mais perto da minha família. Também queria regressar com capacidade física para poder disputar os lugares cimeiros da Volta a Portugal. Agora vamos para a estrada todos unidos a ver se quebramos a hegemonia”, deseja.

Para os seguidores da modalidade, as características de Tiago Machado são sobejamente conhecidas, mas o corredor apresentou-se aos Sportinguistas. “Considero-me um ciclista completo. Quando deixei Portugal, e nos primeiros anos lá fora, andava muito bem nos contrarrelógios e na montanha defendia-me bem. Acho que são características fundamentais para estar na luta pela Volta a Portugal. Agora tenho a maturidade que não tinha há alguns anos e sinto-me pronto para lutar pelos postos cimeiros”, revela.

Após representar o Boavista, RadioShack, NetApp e Katusha, o Sporting CP/Tavira será mais um desafio na carreira de Tiago Machado. “Venho para um grande Clube. Uma grande parte da história do desporto português foi escrita por atletas do Sporting CP, como o Joaquim Agostinho, no caso do ciclismo. Não é fácil vir para um Clube com tanta responsabilidade, mas temos de encarar a situação e confiar no nosso potencial. Posso estar à altura”, acredita.



Marco Chagas, consultor do ciclismo leonino, elogiou as qualidades do ciclista, depositando enormes esperanças na próxima temporada. “Na actualidade, é um dos corredores portugueses com maior potencial para discutir qualquer corrida, inclusive a Volta a Portugal. Pelas provas dadas, pelos resultados que conseguiu até hoje, pela idade e pelo seu espírito, continuará a ser um corredor de referência pela forma aguerrida de correr. Creio que os anos e a forma como tem sabido gerir a sua carreira fazem com que o Tiago regresse a Portugal com a consciência da responsabilidade que tem no ciclismo português e nesta nossa equipa”, explicou.

A grandeza de Tiago Machado no panorama nacional foi, de resto, bastante reforçada por Marco Chagas. “Se perguntar aos corredores mais jovens, o Tiago será, a par do Rui Costa, o corredor de maior dimensão, que os mais jovens melhor conhecem. O Tiago Machado faz parte desse lote, naturalmente”, garantiu.

Para Vidal Fitas, a equipa ganhou um reforço de valor inegável para a próxima temporada. “Posso inclui-lo num dos cinco melhores portugueses de sempre e vem para acrescentar qualidade. Torna a nossa equipa mais forte, sem dúvida. O Tiago tem umas potencialidades que, em Portugal, possivelmente mais ninguém tem”, referiu.  



Apesar de se ter destacado internacionalmente como um trabalhador em prol de outros companheiros, o director desportivo do Sporting/Tavira está convicto de que Tiago Machado tem capacidade para ser candidato a vencer corridas. “A nível internacional, conseguiu alguns resultados de grande relevo e pensamos que podemos transportar isso para nível nacional. Há um trabalho a fazer, mas o Tiago nunca deixou de sonhar, nunca deixou de lutar por isso quando teve oportunidade, nunca se acomodou. Há ali uma parte, que é o sonho, que nunca perdeu. O trabalho de pô-lo com a mentalidade de que pode ganhar corridas em Portugal é mais fácil”, concluiu. 

 

Afonso Silva fechou participação no Mundial

Por Jornal Sporting
27 Set, 2018

Jovem leão esteve no contrarrelógio e na prova de fundo

O júnior Afonso Silva terminou a prova de fundo dos Mundiais de Ciclismo (que se vão realizando em Innsbruck, na Áustria) no 70.º lugar, a 19 minutos do vencedor. Remco Evenepoel, belga que já tinha vencido o contrarrelógio individual, conquistou a segunda medalha de ouro. 

Foto César Santos

Marco Chagas é o novo consultor para o ciclismo

Por Jornal Sporting
25 Set, 2018

Leão assumido e o último a ganhar a Volta a Portugal com a camisola do Sporting CP, Marco Chagas chega a Alvalade para cuidar da 'sua' modalidade

Iniciou a carreira de leão ao peito aos 16 anos e tornou-se um dos maiores corredores do emblema verde e branco e do panorama nacional. Marco Chagas é o novo consultor da direcção-geral de modalidades para o ciclismo e, numa visita ao Museu Sporting, mostrou-se orgulhoso com o convite. "Sinto-me muito honrando. É uma responsabilidade e estou aqui para ajudar o departamento das modalidades. Só penso em trabalhar para o futuro do ciclismo deste grande Clube", referiu, não esquecendo a parceria com o ciclismo de Tavira: "Temos uma união e vamos continuar a trabalhar em conjunto".

Vencedor da Volta a Portugal por quatro vezes – duas das quais pelo Sporting CP, em 1985 e 1986 –, é Sportinguista assumido e nunca esqueceu o Clube que ama. "Toca-me muito estar aqui. Sou Sportinguista desde criança e sempre o acompanhei, mesmo estando noutras equipas. Fico muito contente com esta oportunidade. É incrível o apoio das pessoas nas estradas quando veem o nosso símbolo e as nossas cores", confessou o consultor para o ciclismo.

A acompanhar a visita ao Museu, com ênfase na zona do ciclismo, Miguel Afonso, elemento do Conselho Directivo para as modalidades comentou: "É um grande homem, um grande profissional e um grande Sportinguista". Miguel Albuquerque, director-geral para as modalidades, mostrou-se igualmente satisfeito com a nova contratação. "É um atleta com história no Sporting CP e no ciclismo. Um grande reforço para nós. Significa trazer mais um campeão para uma casa de campeões".

Afonso Silva participou no contrarrelógio dos Mundiais

Por Jornal Sporting
25 Set, 2018

Jovem corredor foi o único representante do Sporting CP/Tavira

Afonso Silva terminou no 48.º lugar do contrarrelógio individual de juniores dos Mundiais de ciclismo, que se vão realizando em Innsbruck, na Áustria. O jovem corredor do Sporting CP/Tavira foi um dos representantes portugueses na prova e terminou a praticamente cinco minutos do belga Remco Evenepoel, que conquistou a medalha de ouro. 

Foto César Santos

Alejandro Marque conquista Volta à China

Por Jornal Sporting
23 Set, 2018

Corredor leonino terminou segunda parte da prova no primeiro lugar do pódio

Alejandro Marques assegurou, este domingo, a conquista do primeiro lugar do pódio na segunda parte da Volta à China. O corredor leonino, que no dia de ontem alcançou, pela primeira vez, a liderança da prova, com quatro segundos de vantagem para o segundo classificado, voltou a entrar na máxima força em Anshum.

Com a marca 10:24.05 horas, o atleta do Sporting/Tavira manteve-se na frente da corrida, terminando a etapa com o mesmo tempo do segundo classificado, Artem Ovechkin, da Terengganu Cycling Team.   

 
Foto César Santos

Marque subiu à liderança na China

Por Jornal Sporting
22 Set, 2018

Vantagem de quatro segundos à entrada para a última etapa

Alejandro Marque está imparável na Volta à China e, com apenas uma etapa para o fim da prova, chegou à liderança da classificação geral. O espanhol fez segundo na quarta tirada (atrás do russo Artem Ovechkin, da Terengganu Cycling Team) e ganhou o tempo necessário para ultrapassar vários corredores que estavam à sua frente. Neste momento, tem uma escassa vantagem de quatro segundos para defender em Anshun, no dia de amanhã. Caso consiga, dará uma vitória espectacular ao Sporting CP/Tavira numa corrida internacional. 

Foto César Santos

Tudo igual na China

Por Jornal Sporting
19 Set, 2018

Segunda etapa não trouxe mudanças na geral

Alejandro Marque continua na linha da frente da volta à China. Depois da terceira etapa, disputada em Qingyuan Fogang, o espanhol mantém-se no quarto lugar da geral, a apenas 17 segundos de Anthony Giacoppo, australiano que venceu a tirada de hoje ao sprint (Frederico Figueiredo foi o melhor leão, acabando no 19.º lugar).

Foto DR

Marque mantém-se no topo na Volta à China

Por Jornal Sporting
18 Set, 2018

Sporting CP/Tavira continua com um corredor entre os melhores

Ao segundo dia, tudo na mesma. Alejandro Marque manteve o quarto lugar na classificação geral da Volta à China (segunda parte), apesar do modesto 40.º lugar na primeira etapa em linha. Juan Sebastián Molano (Manzana Postobon) foi o mais rápido em Yongzhou Ningyuan, mas a camisola amarela continua com o australiano Anthony Giacoppo (Bennelong SwissWelness Cycling Team). No dia de hoje, Rinaldo Nocentini conseguiu o 12.º lugar e foi o melhor classificado do Sporting CP/Tavira. 

Foto DR

Marque continua a brilhar na China

Por Jornal Sporting
17 Set, 2018

Espanhol vai dando cartas em território asiático

Depois de ter terminado no sétimo lugar da primeira parte da Volta à China, Alejandro Marque abriu a segunda prova com um quarto lugar no prólogo. O espanhol do Sporting CP/Tavira percorreu os 6,9 km em Xinning Langshan em 08:37, a 7 segundos do australiano Anthony Giacoppo (Bennelong SwissWelness Cycling Team), que assumiu a liderança da prova. Nicola Toffali terminou no 24.º lugar e foi o segundo melhor leão no dia inaugural. Amanhã, a etapa disputa-se em Yongzhou Ningyuan. 

Foto DR

Alejandro Marque termina Volta à China no sétimo lugar

Por Jornal Sporting
15 Set, 2018

Espanhol conseguiu finalizar a corrida entre os melhores

Acabou a primeira parte da Volta à China (amanhã começa a segunda) e o Sporting CP/Tavira colocou um corredor no top-10. Alejandro Marque melhorou a classificação que tinha à partida para a sétima e última etapa (vencida por Manuel Peñalver, espanhol da Trevigiani), saltando do nono para o sétimo lugar. Depois de entrar no top-10, ao terceiro dia de prova, o espanhol manteve a regularidade, intrometendo-se entre ciclistas de equipas internacionais. Ficou a 23 segundos do vencedor Juan Sebastián Molano, colombiano da Manzana Postobon. Frederico Figueiredo(26.º posto), Rinaldo Nocentini (32.º), Valter Pereira (34.º), Nicola Toffali (60.º) e David Livramento (76.º) também chegaram ao fim. 

Páginas

Subscreva RSS - Ciclismo