Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Modalidades

Pesca Desportiva

Está aqui

Pesca Desportiva

A Pesca Desportiva foi introduzida no Sporting Clube de Portugal na década de 50 com o intuito de ser praticada como actividade de lazer e de competição, sendo o primeiro registo a participação no Torneio do Tejo organizado pelo G.D. Azambuja em 1952, existe também um registo de 15 de Julho de 1956, da nossa presença Concurso Internacional do Rio Almonda, em Torres Novas, e a primeira conquista que se tem conhecimento remonta a 1963 quando a equipa do Sporting vence a IX edição do Torneio do Tejo com a equipa composta pelos atletas João Hipólito da Silva, Alvaro Rocha Pires e Joaquim Maria Ventura. No entanto, a primeira grande conquista da equipa de Pesca Desportiva foi no ano de 1967 com a conquista do Campeonato Regional de clubes.

A secção de pesca iniciou a actividade Federada no ano de 1979 segundo consta nos livros de regiso da FPPD.

No inicio da década de 90 o Sporting CP passou a dedicar-se exclusivamente à vertente de competição federada, tendo os seus atletas Carlos Mata, Francisco Roma, José Pinto, Jaime Gonçalves, Fernando Ferreira, Alberto Silva, Nuno Cunha, Paulo Martins, José Cruz, Carlos Barão, Daniel Bertelo, Felipe Bertelo, entre outros, vencido diversas provas dos seus campeonatos individuais. Em 1999, Carlos Mata sagrou-se Campeão Ibérico Individual Absoluto e em 2000 o Sporting é Campeão Regional de Clubes da 1ª divisão da ARCPD.

Na década 2000 a equipa reforça-se com a vinda de Atletas com títulos de Campeões do Mundo, como Anibal Cruz, Mário Barros, Mario Baptista, que juntamente com Carlos Mata, Francisco Roma, Manuel Minderico, Nuno Cunha, Jose Pinto, José Almeida, entre outros, sagram-se Campeões Nacionais da 2ª Divisão em 2003 ascendo ao topo da modalidade onde permaneceram vários anos com diversas conquistas individuais. Também nesta década os seus atletas Mario Barros e Mario Baptista integraram a selecção Nacional participando nos campeonatos da Europa e do Mundo entre outras provas internacionais. Em 2010 volta a ser Vice-Campeão Nacional de clubes da 2ª Divisão e ascende novamente ao escalão máximo da Pesca, em 2012 conquista o 3º lugar no campeonato nacional de Clubes da 2ª divisão com nova subida ao topo da modalidade.

Na ultima década todos os atletas tem participações nos campeonatos regionais e nacionais a titulo individual e por equipas. Clube tem promovido a modalidade realizando anualmente provas inter-clubes nas valas da lezíria ribatejana, na pista do rio raia e na barragem dos patudos, tendo na sua IV edição homenageado a titulo póstumo um o seu atleta e seccionista Francisco Roma.

Em 2015 conquista o titulo de campeão regional da ARCPD e ascende novamente aos nacionais tendo nesta década atingindo varias conquista individuais em provas inter-clubes e nos campeonatos individuais.


PALMARÉS

4 - Campeão Regional de Clubes ARCPD 1ª divisão (1967; 2000; 2015; 2019)
1 - Campeão Nacional de Clubes 2ª divisão (2003)
1 - Vice-campeão Nacional de Clubes 2ª divisão (2010)
1 - Medalha de Bronze Nacional Clubes 2ª divisão (2012)
1 - Campeonato Nacional Individual de Pesca de Rio (1968 - Joaquim Ventura)
1 - Campeonato Ibérico Individual de Pesca de Rio (1999 - Carlos Mata)
1 - Vice-campeão Regional de veteranos ARCPD (2016 - Joaquim Camoesas)
1 - Vice-campeão Regional Sénior ARCPD (2017 - Paulo Cruz)
1 - Vice-campeão Nacional Deficientes (2017 - Emanuel Esteves)
1 - Campeão Regional Sénior ARCPD (2021 - Emanuel Esteves)