Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

“O vencedor só podia ser o Sporting”

Por Jornal Sporting
17 Out, 2015

Análise do treinador Tiago Fernandes à vitória sobre o Belenenses (2-1)

No final do encontro que colocou o Sporting na liderança isolada da Zona Sul do Campeonato Nacional de juniores, o treinador Tiago Fernandes não tinha dúvidas sobre a justiça da vitória do Sporting sobre o Belenenses (2-1).

“Vencemos de forma justa. Se houvesse alguém a sair vencedor deste jogo seria o Sporting, pelas oportunidades que criou. Foi a equipa que entrou para ganhar e mereceu a vitória que foi difícil, contra um adversário que estava motivado porque ainda não tinha perdido”, destacou o técnico, contente com a liderança isolada, mas ciente do que ainda há para fazer. “O nosso objectivo é ir sempre à frente e mantermo-nos lá até ao final da primeira fase. Temos trabalhado jogo a jogo, sempre confiantes no nosso processo e no nosso caminho. Temos muito para evoluir e para crescer, ainda não fizemos nada”.

“Procurámos assumir o jogo, desequilibrar com jogadas trabalhadas, assimilar as processos, manter o máximo de posse possível e ter qualidade no passe, na recepção e no remate, que é isso que define os melhores jogadores dos outros”, acrescentou ainda o técnico.

Tiago Fernandes sublinhou também o facto de terem sido utilizados no jogo de hoje três juvenis (Tipote, Luís Maximiano e David Tavares) e seis juniores de primeiro ano. “Isto é que me dá gozo: vê-los crescer e apostar na formação. Porque apostar na formação é isto; não é falar, é pôr estes miúdos sem medo e mostrar que eles têm qualidade. O processo tem de ser mesmo este, trabalhar para colocar jogadores na equipa B e na equipa A”.

Juniores isolam-se na liderança

Por Jornal Sporting
17 Out, 2015

Vitória por 2-1 sobre o Belenenses, segundo classificado da Zona Sul

O Sporting bateu esta tarde o Belenenses por 2-1, isolando-se na liderança da Zona Sul do Campeonato Nacional de juniores, na partida a contar para a 10.ª jornada da prova.

Os ‘leões’ entraram determinados a vencer e, na primeira meia hora, instalaram-se no meio-campo adversário, empregando grande pressão e dispondo de várias oportunidades para abrir o marcador. Aos 11’, o juvenil Leandro Tipote fez o 1-0: Jovane Cabral trabalhou bem pela esquerda, conduziu a bola para dentro e executou um passe entre linhas para Tipote que, à entrada da área, rematou ao ângulo sem hipóteses. Foi um golo entre muitos outros que podiam ter sido, já que, beneficiando do vento, o Sporting criou inúmeras ocasiões no primeiro tempo, especialmente em cantos e livres laterais.

No início da etapa complementar, Heriberto Tavares aproveitou uma desconcentração ‘leonina’ e fez o empate (47’), dando o mote para uma segunda parte mais equilibrada e dividida em termos de duelos individuais. Já próximo do apito final, aos 81’, os ‘verde e brancos’ conseguem pôr-se de novo em vantagem, numa bola parada batida por Pedro Ferreira e concretizada ao segundo poste por Jovane Cabral, que fez um golo de belo efeito e colocou os ‘leões’ isolados na frente, com 26 pontos (mais três que o Belenenses) e somando a oitava vitória consecutiva.

“Queria que tivéssemos ainda mais golos”

Por Jornal Sporting
10 Out, 2015

Técnico Tiago Fernandes analisa goleada sobre Casa Pia (6-0)

O Sporting somou hoje a sétima vitória consecutiva no Campeonato Nacional, batendo o Casa Pia, no seu reduto, por 6-0. O treinador Tiago Fernandes acredita que a equipa está a evoluir e na direcção certa.

“Tivemos uma entrada forte, a procurar marcar logo. Fizemos um golo num remate de fora de área e aí houve uma injecção de confiança na equipa. Tentamos sempre resolver cedo para depois podermos gerir e começar a fazer com que o adversário saia de zonas defensivas para termos mais espaço para explorar. É isso que tem acontecido e o importante é que vamos somando vitória após vitória e evoluindo, que é o que estou a sentir que está a acontecer”, referiu o treinador no final do encontro.

Tiago Fernandes acredita que o trabalho realizado desde que assumiu o comando da equipa de juniores está a dar frutos. “Desde o primeiro dia que lhes incuti a ideia que comigo teriam que ser mais rigorosos e mais profissionais, porque se querem ser jogadores têm de ser disciplinados e querer melhorar todos os dias. Penso que perceberam isso. Talvez tenham demorado algumas semanas, mas com o evoluir do trabalho está a ser evidente que estamos no caminho certo, a melhorar todos os dias e acreditamos que podemos ter um final feliz”, acrescentou.

Com esta vitória por seis golos, os ‘verde e brancos’ são já o melhor ataque da prova, com 32 golos marcados. Tiago Fernandes ambiciona... mais. “Queria que tivéssemos ainda mais golos, porque ainda pecamos um pouco na finalização. Mas é uma questão de hábito e entrosamento, porque estamos a falar de dois escalões que nunca tinham jogado juntos. Encontraram-se agora em juniores, mas nunca tinha havido uma junção deste grupo em anos anteriores e agora estão a começar a conhecer-se melhor. O grupo soube acolher bem os juniores de primeiro ano e é isso que conta para mim: somos um todo, não há Sub-18, nem Sub-19 nem Sub-17; somos o Sporting”.

 

Sporting goleia Casa Pia

Por Jornal Sporting
10 Out, 2015

Vitória por 6-0 com ‘hat-trick’ de Ronaldo e ‘bis’ de Jovane

O Sporting venceu esta tarde, fora, o Casa Pia por 6-0 na 9.ª jornada da Zona Sul da 1.ª fase do Campeonato Nacional, cimentando assim o primeiro lugar na prova, com 23 pontos (sete vitórias e dois empates) e o melhor ataque (32 golos marcados).

A equipa da casa entrou tentando adiar o máximo possível a vitória ‘leonina’, que começou a ser construída aos 22’ por Jovane Cabral, num remate pela esquerda que ainda desviou em Lebre – já depois de o mesmo Jovane ter falhado uma oportunidade clamorosa, atirando por cima ao segundo poste, e de Ronaldo se ter atrapalhado com a bola na cara do guarda-redes.

Com o golo, a premiar a entrada forte dos ‘verde e brancos’, o Casa Pia quebrou e o Sporting aproveitou. Em cinco minutos, Ronaldo Tavares ‘bisou’, primeiro a aproveitar uma defesa incompleta, depois a cabecear na sequência de um canto pela direita, levando o 3-0 para o intervalo. A melhor oportunidade dos da casa espelha bem o seu desnorte atacante: ocorreu num lance caricato, em que Abdu Conté cortou na direcção errada e quase fez o auto-golo.

A segunda parte começou com duas boas oportunidades para o Casa Pia, mas rapidamente o jogo entrou no seu curso normal e os ‘leões’ assumiram o comando da partida. Havia uma vantagem a gerir, mas uma goleada a procurar – a equipa de Tiago Fernandes nunca baixou os braços e procurou sempre ampliar a vantagem.


Já depois de Leandro Tipote ter protagonizado uma boa ocasião depois de uma defesa incompleta do guarda-redes Guilherme, Ronaldo apontou o ‘hat-trick’ num bom remate no coração da área – saindo pouco depois ovacionado pelos adeptos ‘leoninos’ que se deslocaram ao Estádio do Casa Pia. Perto da meia hora da segunda parte, Jovane Cabral, que esteve em tarde endiabrada, ameaçou com um tiro à entrada da área (defendido uma vez mais por Guilherme) e logo depois fez o quinto da tarde. Quando todos pensavam que o jogo terminaria com a mão cheia, Tipote foi isolado por Abilton Ebo na direita e, só com o guarda-redes pela frente, apontou o seu primeiro golo na prova em cima do apito final, selando a sétima vitória consecutiva dos ‘leões’ no Campeonato.

 

“Hoje soubemos jogar e lutar à Sporting”

Por Jornal Sporting
03 Out, 2015

Análise de Tiago Fernandes ao triunfo frente ao Benfica por 2-0

Tiago Fernandes, treinador da equipa de juniores do Sporting, mostrou-se muito satisfeito com a atitude dos jogadores no ‘derby’, que terminou com o triunfo por 2-0, e destacou a forma sólida como a equipa soube defender para justificar o resultado.

“Foi um jogo equilibrado com duas equipas boas e onde soubemos respeitar o adversário retirando as suas mais valias e colocando em prática aquilo que melhor conseguimos fazer”, começou por sintetizar o treinador ‘verde e branco’, completando: “Conseguimos ser fortes defensivamente e fazer um primeiro golo numa altura em que estávamos por cima do jogo, dando seguimento aos nossos processos. Depois soubemos sofrer com menos um, fomos coesos a defender e matámos o jogo com mais um golo no fim, que foi a cereja no topo do bolo”.

Depois da sexta vitória consecutiva no Campeonato, após dois empates no arranque da prova, o timoneiro ‘leonino’ espera dar continuidade ao bom momento. “Queremos ganhar todos os jogos. Estamos a ficar mais fortes, a trabalhar bem, a assimilar processos e a construir uma equipa de homens maduros e ambiciosos que respeitem o enorme Clube que é o Sporting. Hoje soubemos jogar à Sporting, lutar à Sporting e manter sempre os níveis de concentração elevados. Fomos uns justos vencedores”, salientou.

Com mais um triunfo, o Sporting manteve a liderança partilhada do Campeonato com o Belenenses com 20 pontos, mais seis do que a Académica e mais sete do que o Casa Pia, próximo adversário dos ‘leões’ numa partida que se jogará em Pina Manique.

Juniores vencem ‘derby’ frente ao Benfica

Por Jornal Sporting
03 Out, 2015

Sporting mantém liderança da Zona Sul após boa vitória por 2-0

A equipa de juniores deu hoje continuidade ao bom momento que atravessa, somando a sexta vitória consecutiva na Zona Sul da primeira fase do Campeonato Nacional na recepção ao Benfica, por 2-0. Jovane Cabral e Al Hassan apontaram os golos.

A primeira parte não teve muitas oportunidades de golo mas mostrou sempre um conjunto ‘leonino’ com mais vontade de inaugurar o marcador numa partida com muita luta mas nem sempre bem jogada. Depois de algumas ameaças em lances de estratégia, o Sporting adiantou-se mesmo no resultado, com Jovane Cabral a aproveitar uma bola solta na área após livre de Pedro Ferreira para marcar aos 32 minutos.

Pouco antes do intervalo, o Benfica tentou fazer algo mais para se chegar à baliza ‘verde e branca’ mas, na jogada com mais objectividade dos ‘encarados’ nos 45 minutos iniciais, Marvin chegou atrasado a um cruzamento de Aurélio Buta.

No segundo tempo, as características do jogo mantiveram-se, com mais luta do que futebol, mas com os ‘leões’ a darem em determinados períodos a iniciativa de jogo ao adversário para saírem em transições rápidas. Foi exactamente num lance desses que Hélder Almeida esteve muito próximo de marcar, após cruzamento de Bruno Fernandes, mas Fábio Duarte ainda conseguiu ir evitando o 2-0 para os ‘verde e brancos’.

Uma coisa é certa: contra onze ou contra dez jogadores – David Tavares foi expulso por segundo amarelo aos 81 minutos, numa alegada simulação, depois de ter entrado aos 64 minutos –, o Benfica pouco ou nada fez face a mais uma exibição muito sólida dos ‘leões’ em termos defensivos e seria mesmo o Sporting a aumentar a vantagem aos 84 minutos por Al Hassan, no seguimento de uma assistência de Gil Santos em contra-ataque. O tento acabou por ‘matar’ o encontro, que chegaria ao fim com o justíssimo triunfo dos comandados de Tiago Fernandes de novo sem sofrer golos.

Com este resultado, o Sporting mantém a liderança partilhada com o Belenenses com 20 pontos (seis vitórias e dois empates), mais seis do que a Académica e sete do que o Casa Pia, que perdeu hoje frente ao conjunto do Restelo. Na próxima jornada, os ‘leões’ deslocam-se a Pina Manique para defrontarem o Casa Pia.

“Personalidade, rigor e carácter até ao fim”

Por Jornal Sporting
26 Set, 2015

Análise de Tiago Fernandes ao triunfo ‘leonino’ em Oeiras

Tiago Fernandes, treinador da equipa de juniores do Sporting, mostrou-se satisfeito com o triunfo ‘leonino’ em Oeiras, realçando de forma orgulhosa a forma como a equipa não desistiu nunca de chegar ao golo, algo obtido já em período de descontos.

“Fizemos um total de nove remates na primeira parte mas conseguimos apenas chegar ao golo já no final. Esta equipa tem trabalhado e crescido muito, continuando a somar bons resultados. Temos que ser fortes para ganhar estes jogos e dar continuidade ao momento, encontrando soluções para superar os obstáculos”, começou por comentar.

“Ninguém imagina o trabalho diário que é feito: dez horas a cortar imagens, preparar os treinos, planificar trabalho individual para os jogadores, fazer perceber cada sector do que é jogar à Sporting”, complementou antes de fazer uma análise mais específica às dificuldades que a partida trouxe: “Não chegámos ao golo mais cedo por um conjunto de factores, desde a falta de eficácia na hora de marcar à defesa mais baixa que o Oeiras foi tendo. É um adversário que vinha de bons resultado, difícil e com um bom treinador. No entanto, temos de manter a mesma qualidade pensando que se não é à primeira nem à segunda... é à nona que marcamos. O golo acabou por surgir num lance que trabalhamos também durante a semana. Demonstrámos personalidade, rigor e carácter até ao fim”.

Por fim, Tiago Fernandes enalteceu o trabalho que esta geração tem feito e deixou o apelo para todos os Sportinguistas irem à Academia no próximo fim-de-semana, altura em que os ‘leões’ recebem o Benfica num jogo a contar para a oitava jornada.

“Estamos a criar um espírito de grupo forte. No início houve uma espécie de tratamento de choque. Hoje somos mais fortes, unidos e a grande festa que fizemos após o golo é o resultado dessa alegria que existe e, também, do sentimento de dever cumprido. Muitos não acreditavam em nós mas estamos a mostrar que temos um grupo forte. No próximo jogo vamos receber o Benfica e esperamos contar com muitos Sportinguistas para nos apoiarem na Academia”, concluiu.

Juniores triunfam em Oeiras

Por Jornal Sporting
26 Set, 2015

Vitória justa pela margem mínima com golo nos descontos

A equipa de juniores do Sporting conseguiu hoje uma complicada mas justa vitória na visita a Oeiras, em encontro a contar para a sétima jornada da Zona Sul da primeira fase do Campeonato Nacional. Aya Diouf, no primeiro minuto de descontos, fez de cabeça o golo que decidiu a partida e deu aos ‘leões’ o quinto triunfo consecutivo.

Após uma entrada forte em campo, o conjunto ‘leonino’ viu o Oeiras equilibrar a partida até à meia hora, altura em que o Sporting se conseguiu instalar no meio-campo visitado e beneficiou de inúmeras oportunidades para marcar ainda antes do intervalo: depois do primeiro aviso de Pedro Empis, aos 28 minutos, Francisco Sousa atirou para grande defesa de Tomás Pereira (31’); Bruno Fernandes rematou a rasar a base do poste (33’); Ronaldo Tavares cabeceou para golo com a bola embater nas costas de um contrário quando seguia para a baliza (35’); Bruno Paz disparou também muito perto do poste na sequência de uma transição rápidas (39’); e Diouf cabeceou por cima após um lance de estratégia bem executado com cruzamento de Bruno Fernandes (42’).

No segundo tempo, o Oeiras voltou a tentar aproximar-se mais da baliza ‘leonina’ mas sem nunca criar grandes oportunidades de golo, a não ser um cabeceamento depois de um canto da direita que não passou longe do alvo. No entanto, os últimos 25 minutos voltaram de novo a ter domínio claro do Sporting, com Gil Dias a acertar no poste de cabeça à passagem dos 66 minutos. Bruno Fernandes e o mesmo Gil Dias ainda tiveram o golo na mira mas apenas no primeiro minuto de descontos os ‘leões’ conseguiriam chegar ao justo triunfo, com Aya Diouf a cabecear da melhor forma depois de um canto apontado por Pedro Ferreira na esquerda e a lançar a festa em Oeiras.

Com este resultado, o Sporting mantém-se na liderança da Zona Sul a par do Belenenses com 17 pontos (cinco vitórias e dois empates), tendo também a melhor performance no capítulo dos golos (24 marcados, apenas seis sofridos). Na próxima jornada, os ‘leões’ recebem o Benfica (que somou hoje a terceira derrota seguida na prova) na Academia.

Juniores goleiam Sacavenense

Por Jornal Sporting
19 Set, 2015

Sporting vence em Alcochete por 4-0 com Ronaldo Tavares em destaque

Já dizia Cristiano Ronaldo que “os golos são como o ketchup”. Depois de uma primeira parte com uma mão cheia de oportunidades falhadas e um nulo ao intervalo, o ponta-de-lança Ronaldo Tavares confirmou que só custa entrar a primeira, ao fazer três golos e uma assistência numa segunda parte de sonho.
A equipa de juniores do Sporting defrontou esta tarde, em Alcochete, o Sacavenense, em jogo a contar para a 6.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional de Juniores. Os ‘leões’ estiveram sempre muito fortes, mas passaram por 45 minutos de enorme desacerto em frente à baliza. No entanto, a equipa de verde-e-branco esteve sempre com o pé no acelerador, criando jogadas de perigo tanto pelas alas como pelo meio e não permitiu qualquer lance ofensivo à equipa visitante.

Mas era preciso marcar. E aqui entra Ronaldo Tavares e a teoria do “ketchup. O avançado, que havia desperdiçado algumas chances em frente à baliza na primeira parte, pegou na bola pela direita aos 51’ e arrancou para 45 minutos de sonho, oferecendo o golo a Jovane Cabral com um excelente cruzamento. Estava feito o primeiro e, a partir daí, o domínio ‘leonino’ foi ainda maior.

Aos 71’ Ronaldo Tavares respondeu com um cabeceamento perfeito a um cruzamento da esquerda de Jovane Cabral, bisando aos 81’, com o pé direito, isolado frente a Joel Dias. O Sporting ia criando oportunidades umas atrás das outras, e foi já aos 90’ que o avançando confirmou que só custa entrar o primeiro golo, assinando um ‘hat’-trick’ com mais um perfeito golpe de cabeça.

O Sporting goleou assim o Sacavenense por 4-0 e ascendeu ao 1º lugar com 14 pontos, beneficiando da derrota do Benfica em casa, frente ao Belenenses, por 2-4.

“Voltámos a entrar fortes”

Por Jornal Sporting
12 Set, 2015

Tiago Fernandes analisa vitória em Loures

Após nova vitória no nacional de juniores, o técnico ‘leonino’ Tiago Fernandes realçou a forte entrada da sua equipa que poderia ter sido traduzida em mais golos. “Voltámos a entrar fortes nesta partida, um facto que nos tem caracterizado. Entrámos concentrados e com vontade de ganhar, fizemos dois golos cedo e os índices de confiança estavam muito altos mas, o penalti que falhámos e que nos poderia ter dado outra margem no marcador fez com que a equipa se ressentisse psicologicamente, perdesse mais bolas e, por outro lado, deu mais confiança ao adversário”.

Apesar desse mau momento, o treinador ‘verde e branco’ ficou satisfeito pela reacção. “Nestas situações menos boas é importante saber gerir esses momentos e dar a volta aos mesmos. Soubemos fazê-lo. Ainda assim devo dizer que o nosso guarda-redes não fez uma única defesa ao longo de toda a partida. Foram momentos em que apenas tivemos menos bola”, adianta.

Por fim, Tiago Fernandes valorizou a conquista de mais três pontos naquele que foi o quinto jogo do campeonato. “Pontos extremamente importantes na nossa caminhada, num jogo muito disputado e perante uma equipa difícil, que jogou com bloco baixo. Uma boa partida da nossa parte”, concluiu.

Páginas

Subscreva RSS - Juniores