Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Foto Rui Farinha

Nova vitória na Liga Revelação

Por Sporting CP
19 Ago, 2019

Leões batem CD Aves por 4-0

A equipa sub-23 do Sporting Clube de Portugal deslocou-se esta segunda-feira ao terreno do CD Aves para disputar a segunda jornada da Liga Revelação.

Os Leões entraram muito bem na partida e Joelson Fernandes fez o primeiro golo logo aos oito minutos. Gonzalo Plata rematou para a entrada da pequena área, onde estava Pedro Mendes, mas o atleta verde e branco falhou o alvo e o esférico ressaltou para Joelson, que colocou a bola no fundo das redes.

 

Quatro minutos depois, Tomás Silva fez o segundo tento. Nuno Mendes descobriu o capitão da formação de Alvalade, que rematou de primeira junto ao poste.

A partida que chegou ao intervalo com a vantagem de dois golos para o conjunto Leonino, que dominou por completo a primeira parte.

No segundo tempo, a equipa de Leonel Pontes aumentou o marcador para 3-0, através de Pedro Mendes. Matheus Nunes aproveitou um erro do guarda-redes adversário, interceptou a bola e correu para a grande área onde assistiu com perfeição o ponta de lança Leonino que assim fez o primeiro da conta pessoal.

Quando o cronómetro já estava nos 90 minutos, assistiu-se ao golo da noite, que pertenceu novamente aos Leões: depois de um canto marcado do lado direito, a bola foi aliviada para fora da área pela defensiva avense e Mitrovski – que entrou na segunda parte – aproveitou e, de primeira, aumentou o resultado para 4-0.

O jogo terminou com nova vitória da formação do emblema de Alvalade. O SCP volta a jogar na próxima sexta-feira, às 18h00, frente ao Vitória SC.

 

Foto Mário Vasa

Leonel Pontes: "Vamos tentar fazer o nosso jogo e jogar bom futebol"

Por Sporting CP
18 Ago, 2019

Treinador realizou a antevisão à partida desta segunda-feira

O treinador da equipa de sub-23 do Sporting Clube de Portugal fez a antevisão à segunda partida da Liga Revelação, frente ao CD Aves, que se realiza nesta segunda-feira, e começou por analisar o adversário: “O CD Aves é uma equipa que acabou por empatar o jogo contra o Vitória Sport Clube. É uma equipa madura e fisicamente bem constituída e com jogadores com bastante qualidade. É um jogo difícil do ponto de vista competitivo e estratégico. O CD Aves já tem uma rotina estabelecida. Para nós vai ser um desafio jogar frente à equipa campeã [da Liga Revelação na época passa]. Vamos tentar fazer o nosso jogo, jogar bom futebol, contrariar os pontos fortes deles e tentar colocar em prática o que temos vindo a trabalhar e vencer o jogo.”

Esta partida vai ter poucas semelhanças com o jogo frente ao SC Braga, na opinião do técnico Leonino: “São jogos diferentes. As equipas quando jogam contra o SCP têm outro tipo de estratégia e tentam equilibrar o jogo. Esta vitória [diante do SC Braga] dá-nos confiança mas não acrescenta muito mais do que isso. Temos de continuar a dar o nosso melhor todos os dias e colocar em prática as nossas ideias.”

Ainda sobre o jogo inaugural, onde Leonel Pontes comentou no final que houve momentos a rectificar, este acabou por explicar quais foram: “Houve aspectos relacionados com a perda de bola e momentos em que podíamos atacar e manter a bola no meio-campo adversário que não conseguimos fazer, mas vamos tentar rectificar esses momentos e melhorar outros.”

Foto Mário Vasa

Matheus Nunes: “Esperamos sempre a vitória”

Por Sporting CP
17 Ago, 2019

Atleta Leonino fez a antevisão à partida frente ao CD Aves

A equipa de sub-23 do Sporting Clube de Portugal vai disputar a segunda jornada da Liga Revelação frente ao CD Aves, no próximo dia 19 de Agosto e Matheus Nunes, jogador da formação verde e branca afirmou que o plantel “vai entrar para ganhar”: “Esperamos sempre a vitória. Temos de olhar para nós e não para o adversário, apesar de o CD Aves ter sido campeão na temporada passada [Liga Revelação]. Vamos fazer o que o mister pedir (…). Temos de trabalhar e se fizermos o que treinamos durante a semana, vamos causar dificuldades ao adversário de certeza.”

O facto de ter vencido a primeira jornada foi um começo bastante positivo: “Ganhar cria sempre um ambiente melhor e é assim que pretendemos continuar no campeonato.”

Também as ideias do treinador Leonel Pontes foram bem interiorizadas: “Temo-nos adaptado bem. O mister tem pedido coisas diferentes, mas todos estamos dispostos a trabalhar, aprender com o mister e a interiorizar as suas ideias.”

Leonel Pontes: “Ganhámos bem o jogo”

Por Sporting CP
12 Ago, 2019

Treinador dedicou vitória a Aurélio Pereira

Depois da partida que opôs a equipa sub-23 do Sporting Clube de Portugal à homóloga do SC Braga (com a vitória dos Leões por 1-0), Leonel Pontes, treinador da formação verde e branca, analisou a partida, começando por dizer que não foi um jogo com muita qualidade: “Acabámos por vencer com algum mérito defensivo, mas com algum demérito ofensivo em alguns momentos do jogo. O vento que se fez sentir nos dois períodos prejudicou. Enquanto as equipas estiveram disponíveis fisicamente houve mais qualidade, nomeadamente na primeira parte, onde se viu um jogo mais repartido. Acabámos por ter a felicidade de fazer o golo. O resultado acaba por ser um resultado normal na primeira parte, que evidencia a nossa qualidade.”

“Na segunda parte, contra o vento, tivemos algumas dificuldades. Soubemos segurar o resultado e acabámos por ter uma oportunidade de golo. Acabámos por justificar bem a vantagem e ganhar bem o jogo”, afirmou.

Houve alguns momentos de jogo que foram muito positivos, na opinião de Leonel Pontes: “Houve duas ou três saídas na construção do jogo em que conseguimos chegar desde o guarda-redes até a zonas de finalização com qualidade. Gostei do processo defensivo, onde a equipa teve paciência, ocupou espaços defensivos e fez a aproximação ao portador da bola. Também gostei da responsabilidade da equipa na seriedade com que enfrentou o jogo e essa questão é fundamental para o crescimento dos jogadores.”
O regresso ao banco dos Leões foi algo que também orgulhou o treinador verde e branco: “Foi com orgulho que acompanhei a equipa do banco. Foi também um regresso após muitos anos que me satisfaz.”

Leonel Pontes dedicou ainda a vitória a Aurélio Pereira, que esteve presente na bancada: “Esta vitória é um pouco para aquilo que ele tem deixado nesta instituição e no futebol de formação. Hoje tivemos o prazer da sua presença e esta vitória vai para ele, porque toda a gente reconhece aquilo que tem dado ao SCP.”

Foto Pedro Zenkl

Liga Revelação começa com vitória

Por Sporting CP
12 Ago, 2019

Leões vencem SC Braga por 1-0

A equipa sub-23 do Sporting Clube de Portugal estreou-se esta segunda-feira na Liga Revelação 2019/2020, recebendo e batendo o SC Braga por 1-0 no Estádio Aurélio Pereira, na Academia Sporting.

Os Leões, que contaram com alguns elementos da equipa principal na bancada a assistir à partida, entraram melhor no jogo, numa primeira parte onde os extremos Gonzalo Plata e Joelson Fernandes tornaram a vida dos adversários complicada. O SCP mostrou-se mais assertivo no momento do ataque e, com naturalidade, chegou ao 1-0. 

Joelson Fernandes já havia ameaçado na jogada anterior, obrigando Rogério a socar a bola para fora. No canto que daí adveio, o extremo esquerdo bateu para o centro da pequena área e Samuel, atleta da equipa adversária, colocou a bola dentro da própria baliza.

A primeira vez que o SC Braga chegou com perigo à baliza de Diogo Sousa já passava da meia hora de jogo, depois de uma bola parada, com o grupo de Leonel Pontes a aliviar o perigo. 
Ainda antes do árbitro apitar para intervalo, o SC Braga voltou a entrar pelo lado direito da defesa, chegando a rematar com perigo, mas Diogo Sousa e João Oliveira aliviaram a jogada, com a partida a ir para intervalo com uma vantagem magra para o lado dos Leões. 

No segundo tempo, o SC Braga entrou melhor, mas o Clube de Alvalade controlou sempre a partida. Ainda houve oportunidade de aumentar o marcador por duas vezes, mas o conjunto verde e branco não conseguiu a finalização com sucesso. O SC Braga também teve oportunidade de marcar no final, mas rematou ao lado.

Os sub-23 Leoninos conseguiram assim os primeiros três pontos da prova, esperando-os agora a deslocação ao terreno do CD Aves.

Foto José Lorvão

“Focamo-nos no nosso trabalho com o objectivo de ganhar”

Por Sporting CP
11 Ago, 2019

Pedro Mendes faz a projecção ao primeiro desafio da Liga Revelação

A equipa de sub-23 do Sporting Clube de Portugal estreia-se na Liga Revelação 2019/2020 esta segunda-feira com a recepção ao SC Braga. Pedro Mendes, atleta da formação Leonina que esteve em evidência na temporada passada, fez a antevisão a esta partida, considerando que ele e os seus companheiros têm de olhar para este desafio como “apenas um jogo, e não a equipa”: “Focamo-nos em nós e no nosso trabalho, com o objectivo de ganhar.”

Para o jogador do Clube de Alvalade, esta época está a ser encarada com “ainda mais confiança e vontade de fazer mais golos”, sendo que o grupo pretende para “lutar para ganhar”: “Como objectivo individual, espero passar os 20 golos. Colectivamente, o título da época passada ficou 'entalado', mas vamos fazer de tudo para ganhar esta nova edição.”

Quanto à integração dos novos colegas no plantel, Pedro Mendes considera que foi positiva: “Damo-nos todos muito bem, já nos conhecemos há muito tempo. Os mais jovens também se dão bem connosco, a integração deles foi muito positiva. Apesar de alguns irem treinar à equipa principal, quando voltam continuam a treinar de uma forma muito boa e dinâmica. Trabalhamos todos para chegar à equipa principal.”

O Sporting CP vs. SC Braga disputa-se esta segunda-feira, dia 12 de Agosto, pelas 16h00, com o desafio a acontecer no Estádio Aurélio Pereira, na Academia Sporting.

Foto José Lorvão

Leonel Pontes: "Esperamos que a evolução seja significativa"

Por Sporting CP
11 Jul, 2019

Tomás Silva também falou sobre a equipa sub-23

Leonel Pontes, novo treinador da equipa sub-23 de futebol do Sporting Clube de Portugal, comentou o regresso ao emblema de Alvalade, os primeiros momentos de pré-época e lançou 2019/2020, revelando aquilo que espera dos atletas.

"É com muito orgulho que regressei a esta casa depois de dez anos fora. Foram 15 anos no Sporting CP, 11 na formação e quatro no futebol profissional. Voltei para este projecto sub-23, que é ambicioso. É um projecto de desenvolvimento de jogadores através de um campeonato competitivo. Queremos rentabilizar as suas qualidades e melhorar os seus defeitos para serem parte integrante da equipa principal num futuro próximo", começou por dizer o técnico ao Jornal Sporting, partindo depois para um lançamento de 2019/2020 e um balanço dos primeiros treinos.

"Esta época vai ser exigente. Estão contabilizados 42 jogos oficiais. É um grupo jovem, com vários sub-18, alguns sub-19, três ou quatro sub-20 e sub-21. Temos matéria-prima para trabalhar. Tem sido exigente, não só pelo calor, mas também pelo número de sessões em que temos trabalhado. Vamos ter mais alguns jogos de treino e está tudo a correr de forma normal na pré-temporada", frisou.

Com um grupo muito jovem, inclusive com jogadores que ainda não atingiram o patamar sénior, Leonel Pontes explicou que, desta forma, a evolução tem tudo para ser maior. "O nível competitivo dos mais jovens será maior se estiverem a competir mais acima. Vamos ver é se já estão prontos para isso. Temos jogadores sub-17 que podem dar o seu contributo pela maturidade futebolística que apresentam. Sabemos que o nível de dificuldade vai aumentando e esperamos que a evolução seja significativa", admitiu.

Leonel Pontes falou ainda da ligação à equipa principal e do que é necessário para um jogador sub-23 dar o salto. "É uma porta que está aberta, mas é pequenina. Para passar por essa porta, tudo tem a ver com o rendimento do jogador. Essa evolução é sinal de qualidade, de competitividade, de que estão preparados para o alto nível. Acho que deve ser o objectivo de todos os jogadores sub-19 e sub-23", concluiu.

Já Tomás Silva, jogador dos sub-23 Leoninos, começou por assegurar que "têm sido treinos intensos, o que é normal". Mas está a correr bem. Temos um plantel jovem, mas com muita qualidade. Está a ser difícil, o cansaço já se nota, mas estamos a trabalhar bem. O mister tem conseguido passar a mensagem que quer e nós temos interpretado bem. Agora é trabalhar e esperar pelos jogos", continuou.

Depois dos treinos em conjunto com as equipas principais do Sporting CP e do GD Estoril Praia – tendo este último terminado com uma ‘vitória’ –, Tomás Silva não escondeu a satisfação. "São ‘jogos’ contra equipas mais velhas, com mais experiência. Defrontar a equipa principal é sempre especial para nós, porque enfrentamos os jogadores que vemos na televisão e com quem queremos jogar. Depois tivemos o jogo-treino contra o GD Estoril Praia, em que conseguimos vencer uma equipa da segunda liga com um projecto para subir", frisou.

Por fim, Tomás Silva deixou uma garantia: "A formação do Sporting CP tem muita talento e temos de potenciar os nossos jogadores. Temos qualidade para que, um dia, muitos dos que aqui estão cheguem à equipa principal. Sabemos que, a qualquer momento, podemos lá chegar e isso motiva-nos. É para isso que trabalhamos todos os dias", concluiu.

Foto Mário Vasa

Sub-23 regressam aos relvados

Por Sporting CP
29 Jun, 2019

Primeiro treino dos Leões sob as ordens de Leonel Pontes

A equipa sub-23 de futebol realizou hoje o primeiro treino da época 2019/2020 na Academia Sporting sob as ordens do técnico Leonel Pontes, com o novo treinador a ter o primeiro contacto com os seus jogadores no relvado.

Tiago Ferreira, treinador de guarda-redes, regressou a uma casa que tão bem conhece, e partilhou o seu conhecimento com os atletas da respectiva posição.

Tal como referiu o presidente do Sporting Clube de Portugal, Frederico Varandas, na entrevista que concedeu à Sporting TV na passada quinta-feira, “quando se fala de Sporting CP, 'formação' é uma palavra que aparece inevitável. Para ser sustentável, o Sporting CP tem de apostar na formação. Não é um custo, é um investimento.” E de forma a recuperar do “abandono que houve nesta área nos últimos cinco anos”, “há miúdos que vão ter de crescer mais depressa”, sendo que “a equipa sub-23 vai ter uma média de idades de 18, 19 anos".

Foto Mário Vasa

Leonel Pontes para a equipa sub-23

Por Sporting CP
21 Jun, 2019

Conjunto Leonino com novo técnico

O treinador Leonel Pontes é o novo líder da equipa sub-23 de futebol do Sporting Clube de Portugal. O madeirense de 46 anos assinou um vínculo válido por duas épocas e regressa assim a uma casa que bem conhece depois de ter trabalhado nos Leões tanto na formação como na equipa principal, onde fez parte da equipa técnica durante várias temporadas.
 
"Foi um desafio fácil de aceitar. Sensibilizaram-se para o que seria uma nova etapa de Sporting CP com alterações estruturais. Assumir o comando da equipa sub-23 foi uma decisão fácil face ao meu historial enquanto profissional do Sporting CP durante muitos anos. Cresci nesta casa, foram 15 anos a trabalhar em todos os escalões da formação do Sporting CP e quatro no futebol profissional", começou por contar ao Jornal Sporting.
 
Sobre a Liga Revelação, onde vai competir com os sub-23 em 2019/2020, Leonel Pontes admitiu que "foi uma competição que levantou algumas dúvidas na sua fase de concepção", mas que teve "muitos resultados positivos, como a possibilidade de ver jovens jogadores a competir num nível maior". "O Sporting CP, pelo seu historial, tem um espaço privilegiado para que os jovens jogadores tenham a ambição de chegar à equipa principal", disse.
 
Sobre os objectivos a que se propõe, o técnico não escondeu que a grande meta é alimentar a equipa principal com jovens jogadores. "Há metas muito bem definidas: criar uma equipa competitiva para ir ganhando as provas em que estamos inseridos ao mesmo tempo que promovemos jogadores desta equipa de forma a providenciarmos ferramentas mais exigentes para a alta competição. Queremos trazer jovens de 17 e 18 anos para que se possam mostrar na Liga Revelação ao mesmo tempo que têm a ambição de jogar na equipa principal, que é o grande objectivo desta competição", referiu.
 
Depois de ter saído do Sporting CP em 2009/2010, Leonel Pontes fez parte da equipa técnica da selecção nacional portuguesa e orientou clubes em Portugal (CS Marítimo), Grécia (Panetolikos), Egipto (Al-Ittihad Alexandria), Hungria (Debreceni VSC) e Espanha (FC Jumilla). Essas aventuras fizeram de Leonel Pontes um técnico mais capacitado. "A experiência lá fora foi incrível. Não só pelas diferenças culturais como também pelos contextos diferenciados. Isto deu-me traquejo para voltar a Portugal com outra experiência e ver o futebol de outra forma, mais abrangente e com maiores soluções para trabalhar no dia-a-dia", frisou.
 
Por fim, Leonel Pontes destacou a honra que teve em servir o Sporting CP durante tanto tempo e assegurou que vai fazer tudo para ajudar naquilo que for possível. "Foi um privilégio trabalhar durante muitos anos no Sporting CP, um Clube que está no meu coração e que nunca foi esquecido. Hoje estou aqui de corpo e alma para melhorar tudo o que esteja ao meu alcance e para tornar o Sporting CP um pouco mais forte", garantiu.

Foto José Lorvão

"Não saio insatisfeito ou incomodado. Pelo contrário"

Por Sporting CP
14 Jun, 2019

Alexandre Santos termina a ligação ao Sporting CP

O Sporting Clube de Portugal chegou a acordo com Alexandre Santos, até agora líder da equipa sub-23, para a saída do treinador que vai trabalhar em França. No Clube de Alvalade desde Dezembro, Alexandre Santos garantiu que a decisão não foi fácil e que deixa o Sporting CP sem qualquer sentimento de insatisfação.
 
"É muito difícil para qualquer treinador tomar a decisão de sair de um Clube tão grande como o Sporting CP. Não é nada fácil e não foi uma decisão tomada de ânimo leve. A ponderação foi grande, mas rápida porque a situação foi inesperada. Não esperava sair porque estava bem no Sporting CP e o mais importante de tudo é que não é uma saída por estar insatisfeito ou incomodado com o Clube. Pelo contrário", disse o técnico ao Jornal Sporting.


 
Em jeito de balanço dos meses em que esteve na frente do conjunto sub-23, Alexandre Santos considerou que "o projecto está a caminhar de forma muito segura e determinada". "Quando entrei, o objectivo era fazer com que os jogadores estivessem preparados para a equipa A e potenciar os talentos que o Sporting CP tem independentemente da sua idade. No próximo ano, a perspectiva era de criar um plantel ainda mais jovem. Era o que estávamos a fazer e estava determinado em continuar, pelo menos, mais um ano. (...) Nos meses em que participei no projecto houve uma total correspondência com os objectivos do Sporting CP, que coloquei sempre à frente dos pessoais porque é assim que deve ser. Procurei sempre trabalhar de forma muito cooperativa com os treinadores da equipa A e assim foi correndo. Potenciámos bastante os jovens que estavam na equipa sub-23", frisou.
 
Questionado sobre o momento mais alto da sua estadia no Sporting CP, Alexandre Santos escolheu o dérbi contra o SL Benfica da última jornada da Liga Revelação que se realizou no Estádio José Alvalade. "Foi determinante para todos nós, jogadores, treinadores, estrutura e staff. Jogar naquele relvado fabuloso e naquele estádio fantástico contra o SL Benfica e fazer, talvez, a melhor exibição da época. Demonstrámos o valor daquela equipa e dissemos a toda a gente que merecíamos ser campeões. Quando entrei, a equipa estava em sétimo e acabámos a um ponto de sermos campeões. Demonstrámos bem que merecíamos ser campeões", referiu.

Foto Mário Vasa

Alexandre Santos agradeceu ainda ao Sporting CP pela forma como lidou com o processo [saíde] e revelou que tem como objectivo de carreira ser treinador da equipa principal dos Leões.
 
"Tenho que agradecer às pessoas que me permitiram representar o Sporting CP. Acharem que eu poderia ser uma mais-valia foi uma das razões que me fez mudar para o Clube. Neste momento, foi difícil expor a minha intenção, mas as pessoas foram íntegras e, tal como no primeiro dia, extremamente honestas e correctas comigo ao ponto de perceberem que o que eu pretendia para a minha carreira era aceitar este projecto. O presidente Frederico Varandas, o Paulo Gomes [director da Academia Sporting] e o Hugo Viana [elemento da estrutura do futebol profissional] foram fantásticos comigo desde o primeiro dia até ao último. Agradeço muito a compreensão e, quem sabe, poderemos voltar a trabalhar juntos. Só foi possível sair porque as pessoas entenderam a minha intenção. Nunca sairia a mal de um Clube desta grandeza. (...) O meu grande objectivo de carreira é, um dia, treinar a equipa A do Sporting CP. É legítimo e ainda ficou com mais presença dentro de mim depois desta passagem muito feliz e boa para a minha carreira", concluiu.

Páginas

Subscreva RSS - Sub-23