Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Handball

Foto Pedro Zenkl

Carlos Camões: "Tenho saudades da família Leonina"

Por Sporting CP
04 Abr, 2020

Técnico de equipamentos do andebol fala sobre o isolamento social

Numa altura em que o país e o mundo atravessam um momento complicado devido à pandemia de COVID-19, Carlos Camões, técnico de equipamentos da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, está em isolamento social juntamente com a mulher, Sandra, colaboradora na lavandaria do Multidesportivo do Estádio José Alvalade, e o filho, Eduardo, responsável pelos equipamentos da equipa de voleibol.

“O isolamento está a correr bem. Agora numa fase já mais adiantada, é um pouco aborrecido porque não temos liberdade para fazer o que quisermos. Saímos apenas para ir às compras, mas importa recordar que não é preciso trazer o supermercado todo, somente o que é necessário”, aconselhou Carlos Camões, admitindo depois que já sente “saudades da segunda família”.

Apesar de a mãe, Sandra, referir que todos têm passado “mais tempo juntos, o que não é possível numa época dita normal”, Eduardo lembra que há algo que lhe faz muita falta, apontando ainda quais as actividades preferidas da família para passar o tempo.

“Pratico desporto e, neste momento, não posso fazê-lo com tanta regularidade. Ainda assim, a internet ajuda a manter o contacto com os familiares e nos tempos livres temos assistido a séries e filmes para nos distrairmos. Entretanto, a minha mãe e o meu irmão vão fazendo bolos”, revelou, deixando depois bem patente aquilo de que sente mais saudades neste momento.

“Tenho muita vontade de regressar ao Pavilhão João Rocha, de sentir aquele ambiente, reencontrar os jogadores, assistir à competição e experienciar a adrenalina antes dos jogos com o pavilhão cheio. Tudo isso e, ainda, voltar a ouvir o ‘Mundo sabe que’”, concluiu.

Foto José Lorvão

Fase final começa na Luz

Por Sporting CP
11 Mar, 2020

Definidos jogos decisivos do Campeonato Nacional Placard

Realizou-se esta quarta-feira o sorteio da fase final do Campeonato Nacional Placard, com a equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal a ficar a saber que vai visitar o rival SL Benfica na jornada inaugural.

O dérbi está marcado para o próximo dia 21 de Março, sendo que a deslocação à Dragão Arena, casa do FC Porto, vai acontecer na terceira jornada. O último jogo da fase final, que termina em Maio, vai acontecer no recinto do CF "Os Belenenses".

Os Leões começam a fase final na segunda posição com 38 pontos, menos um do que o FC Porto.

Confira todas as jornadas e as respectivas datas provisórias:

1.ª jornada (21/03)
SL Benfica vs. Sporting CP

2.ª jornada (28/03)
Sporting CP vs. ABC

3.º jornada (01/04)
FC Porto vs. Sporting CP

4.ª jornada (08/04)
AA Águas Santas vs. Sporting CP

5.ª jornada (11/04)
Sporting CP vs. CF "Os Belenenses"

6.ª jornada (25/04)
Sporting CP vs. SL Benfica

7.ª jornada (02/05)
ABC vs. Sporting CP

8.ª jornada (09/05)
Sporting CP vs. FC Porto

9.ª jornada (13/05)
Sporting CP vs. AA Águas Santas

10.ª jornada (16/05)
CF "Os Belenenses" vs. Sporting CP

Foto José Lorvão

Andebol bate Boavista FC

Por Sporting CP
07 Mar, 2020

Vitória fora de casa no fecho da primeira fase

Na 26.ª e última jornada da primeira fase do Campeonato Nacional Placard de andebol, o Sporting Clube de Portugal foi a casa do Boavista FC triunfar por 18-26, terminando assim a fase inicial da prova na segunda posição da tabela classificativa.

Os Leões chegaram ao intervalo em vantagem por dois golos (8-10), mas foi na segunda metade que construíram a maioria da vantagem, chegando ao fim do desafio com 18-26 e os três pontos.

Com cinco golos, o pivô Tiago Rocha foi o melhor marcador do Sporting CP, seguido de Gonçalo Vieira, Carlos Ruesga, Francisco Tavares e Valentin Ghionea (todos com três). A equipa de Thierry Anti vai agora defrontar a AA Avanca para os oitavos-de-final da Taça de Portugal, com o jogo a estar marcado para o próximo fim-de-semana.

Foto José Lorvão

Thierry Anti: "Devemos ganhar"

Por Sporting CP
06 Mar, 2020

Andebol visita Boavista FC

A 26.ª e última jornada da primeira fase do Campeonato Nacional Placard de andebol realiza-se este sábado e o Sporting Clube de Portugal visita o Boavista FC. Depois de duelos menos felizes com CS Dinamo Bucareste e FC Porto, Thierry Anti quer ver os Leões a regressarem às vitórias.

"É um momento difícil para nós depois de três derrotas. Temos de jogar de forma concentrada e séria contra o Boavista FC, ganhar e somar os três pontos para começarmos a segunda fase com um ponto de atraso. É o último jogo da primeira fase e devemos ganhar", começou por dizer ao Jornal Sporting, continuando.

"Espero um bom jogo. Por vezes, durante a época, temos períodos menos bons, mas temos de olhar em frente. Estamos apenas em Março e a segunda fase começa em algumas semanas. Temos de terminar esta fase com uma vitória, jogar depois para a Taça de Portugal e logo veremos", frisou.

O treinador francês apelou ainda ao bom andebol praticado pelos seus jogadores e à presença de Sócios e adeptos do Sporting CP. "Se jogarmos muito bem, e temos de jogar muito bem, temos de vencer. Não pode haver outro resultado. (...) Onde quer que joguemos, precisamos dos Sportinguistas", referiu.

Também Manuel Gaspar fez a antevisão à partida contra os axadrezados, destacando a importância de ganhar. "Queremos voltar às vitórias. Tivemos um jogo menos conseguido em casa, contra o FC Porto, mas queremos os três pontos contra o Boavista FC. (...) A nossa equipa tem um ADN com fome de vitórias. Apesar destes resultados menos positivos, vamos voltar fortes. (...) Nunca podemos facilitar. Somos o Sporting CP e todos nos querem tirar pontos, mas o nosso objectivo é não perder pontos com ninguém e agora muito menos", contou.

O Boavista FC vs. Sporting CP começa às 18h00 deste sábado, 7 de Março, no Pavilhão Municipal de Pedrouços.

Foto José Lorvão

Thierry Anti: “Não estamos a jogar ao nosso melhor nível”

Por Sporting CP
04 Mar, 2020

Reacção à partida frente ao FC Porto

No rescaldo do encontro frente ao FC Porto, o treinador da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, Thierry Anti, mostrou-se insatisfeito com a exibição dos Leões.

“Neste momento da época não estamos tão bem, estamos a ter alguns problemas. Muitos jogadores estão cansados. Nos últimos 15 minutos não encontrámos boas soluções no ataque e talvez tenha sido por esse motivo. Não estamos a jogar ao nosso melhor nível e, por vezes, os movimentos que treinamos há muito tempo não saem. Para vencermos o FC Porto temos de nos mexer mais na defesa”, começou por dizer.

“Alguns dos remates que fizemos não deviam ter acontecido. Começámos bem a partida, com uma boa intensidade. Claro que fizemos alguns golos no contra-ataque, mas não sei porque no final da primeira parte alguns jogadores mudaram as suas decisões. Fiquei um pouco chateado porque nos momentos decisivos dos grandes jogos alguns jogadores não conseguem seguir a estratégia que estava delineada. Cometer tantos erros neste momento não é normal. (…) Espero que possamos voltar a ter uma boa dinâmica”, afirmou.

Por fim, Thierry Anti admitiu que “o FC Porto foi a equipa mais forte” e recordou a exigência dos dois jogos frente ao CS Dinamo Bucareste.

“Não podemos marcar em todos os ataques, mas não estávamos assim tão mal. Perdemos muitas bolas, mas numa época tens alguns momentos bons e outros maus. Tivemos dois jogos muito difíceis em pouco tempo e apenas um dia para preparar este jogo. Não temos o Pedro Valdés, não sabia se o Luís Frade estaria apto para jogar até esta tarde e ele consegue colocar muita pressão na defesa adversária. Precisamos de mais soluções na defesa e o Carlos Ruesga, tal como outros, não está num bom momento. Ainda assim, foi apenas um jogo contra uma equipa bastante sólida. Têm maior rotação e uma defesa muito forte nos duelos individuais”, concluiu.

Foto José Lorvão

Bom início não garantiu triunfo

Por Sporting CP
04 Mar, 2020

Andebol derrotado frente ao FC Porto na penúltima jornada da fase regular

A equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal perdeu, na noite desta quarta-feira, diante do FC Porto por 23-27, em jogo referente à 25.ª jornada do Campeonato Placard.

Depois do empate no encontro da primeira volta entre as duas equipas, os Leões voltaram a encontrar os dragões, desta vez no Pavilhão João Rocha, com a certeza de que, caso triunfassem, ficariam a apenas um ponto de garantir a passagem à fase final da competição.

Com as bancadas da casa das modalidades Leoninas muito bem constituídas, a formação visitante até foi a primeira a marcar mas, com apenas cinco minutos de jogo decorridos, os comandados de Thierry Anti já venciam por 6-2, resultado contruído com a ajuda das perdas de bola do adversário nas transições ofensivas.

Apesar disso, os dragões conseguiram recuperar da desvantagem e deram a volta ao marcador (8-10) após alguns lances em que o emblema de Alvalade denotou alguma desconcentração e não esteve ao seu melhor nível.

Numa primeira parte com as emoções à flor da pele e Frankis Carol em destaque com cinco golos apontados, o conjunto visitante acabou por levar a melhor e desceu aos balneários a vencer por dois golos de diferença (12-14).

No regresso para a segunda parte, apesar de os Leões só terem conseguido marcar pela primeira vez depois de jogados mais de cinco minutos, rapidamente conseguiram chegar à igualdade (16-16) muito por culpa da excelente exibição do guarda-redes Manuel Gaspar que, entre algumas defesas de elevada dificuldade, ainda marcou um golo e empolgou os Sportinguistas presentes nas bancadas.  

Ainda assim, e tal como já tinha acontecido na primeira parte, os dragões conseguiram recuperar novamente a vantagem e entraram nos últimos dez minutos a vencer por 19-21, vantagem que não voltariam a ceder até ao apito final do juiz da partida e que permite ao FC Porto isolar-se na liderança do campeonato quando falta disputar apenas uma jornada até ao fim da fase regular.

Sporting CP: João Pinto, Edilson Araújo, Gonçalo Vieira, Carlos Ruesga (3), Frankis Carol [C] (8), Aljosa Cudic [GR], Tiago Rocha, Carlos Carneiro, Francisco Tavares (4), Manuel Gaspar [GR] (1), Arnaud Bingo (1), Valentin Ghionea (4), Nemanja Mladenović, Marko Vujin (2), Luís Frade, Matevž Skok [GR] e Duarte Seixas

Foto Mário Vasa

Thierry Anti: "Queremos ganhar"

Por Sporting CP
03 Mar, 2020

Antevisão da recepção ao FC Porto

A equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal recebe esta quarta-feira o FC Porto em jogo a contar para a 25.ª e penúltima jornada da fase regular do Campeonato Nacional Placard. Num clássico em que a dificuldade é grande, os Leões podem garantir a liderança isolada da tabela classifica e Thierry Anti destacou isso mesmo na antevisão à partida.

“Apesar da situação, não penso que este jogo seja o mais decisivo. Contudo, querermos ganhar. Depois ainda temos os play-offs e tudo pode acontecer. Vai ser um jogo muito forte entre duas grandes equipas. Nós jogamos em casa e vamos fazer tudo para sermos primeiros na classificação antes do play-off, mas sabemos que não vai ser assim tão fácil”, disse ao Jornal Sporting, falando do actual momento do grupo verde e branco.

“Era bom conseguirmos manter o registo sem derrotas para o campeonato, mas é complicado. Apesar de já sabermos que não podíamos ganhar a EHF Champions League, foi uma derrota difícil de ultrapassar, mas somos profissionais e teremos de estar prontos para jogar frente ao FC Porto”, frisou.

Quanto ao plantel disponível, Anti conta com algumas baixas, mas espera conseguir contornar a situação. “Vamos tentar encontrar soluções para essas baixas. Apesar de não termos alguns jogadores, com certeza poderemos contar com os nossos adeptos, tendo em conta que é um jogo em casa. (...) Precisamos de ser melhores no ataque, de ser mais concisos e finalizar bem. Talvez a chave deste jogo esteja no nosso ataque”, concluiu o treinador, que se mostrou confiante na sua equipa.

Frankis Carol, capitão Leonino, fez também a antevisão ao Jornal Sporting. “É mais um clássico e sabemos que vai ser um jogo difícil. O FC Porto é uma das melhores equipas de Portugal, mas não creio que vá definir o Campeonato porque ainda faltam muitos jogos, apesar de, claro, podermos dizer que esta vitória é mais um passo em frente nessa direcção”, afirmou.

“É um jogo que todos os jogadores gostam de jogar pela sua dificuldade e importância. Além disso, jogar em casa é sempre importante para nós por causa do apoio dos adeptos e vamos tratar de fazer o nosso trabalho o melhor possível para conseguirmos ganhar”, concluiu o jogador.

Foto Dinamo Bucuresti

Thierry Anti: “A equipa lutou até ao fim”

Por Sporting CP
01 Mar, 2020

Reacção à eliminação da EHF Champions League

Após a derrota em casa do CS Dinamo Bucareste (26-24) que ditou a eliminação da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, Thierry Anti deu os parabéns à formação romena e explicou que os Leões lutaram “até ao fim”.

“Estamos desiludidos porque estamos fora da EHF Champions League, mas é o desporto. Não conseguimos jogar o nosso melhor andebol porque alguns jogadores importantes não estiveram ao seu melhor nível. A equipa lutou até ao fim e tentou conquistar a vitória. No conjunto dos dois jogos, o CS Dinamo Bucareste ganhou. Parabéns ao CS Dinamo Bucareste”, disse o treinador francês na conferência de imprensa.

Foto Dinamo Bucuresti

Fim da caminhada europeia

Por Sporting CP
01 Mar, 2020

Andebol perde em Bucareste

Depois da primeira mão no Pavilhão João Rocha - que terminou com uma vitória romena por um golo -, a equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal foi a casa do CS Dinamo Bucareste perder 26-24 no segundo jogo do play-off de acesso aos oitavos-de-final da EHF Champions League, sendo assim eliminados da competição europeia.

Com uma grande atmosfera no pavilhão, a melhor entrada no jogo pertenceu ao CS Dinamo Bucareste, que inaugurou o marcador e chegou ao 2-0. Do outro lado, o Sporting CP não ia conseguindo bater o guarda-redes Saeid Heidarirad - o iraniano defendeu mesmo dois livres de sete metros seguidos de Valentin Ghionea e Carlos Ruesga. O primeiro golo verde e branco acabou por ser marcado por Luís Frade e as contas começaram a ficar mais equilibradas. À passagem do primeiro quarto de hora, um excelente golo de Marko Vujin empatou o resultado (6-6).

Pouco depois, Ante Kuduz, jogador do CS Dinamo Bucareste, foi expulso com cartão vermelho directo depois de um lance em que derrubou Carlos Carneiro com violência. O central português viu-se mesmo obrigado a sair para dar lugar a Carlos Ruesga. A exclusão do croata motivou os Leões, que conseguiram reduzir a desvantagem para apenas um golo quando Edmilson Araújo foi o autor de uma grande finalização. Por esta altura, e com 11-10 no marcador, Manuel Gaspar já estava na baliza do Sporting CP e ia defendendo vários remates dos romenos.

Contudo, e tal como o CS Dinamo Bucareste, o Sporting CP também viu uma peça importante receber ordem de expulsão. Luís Frade acertou com o cotovelo na cabeça de um adversário e a equipa de arbitragem tirou o pivô do desafio. O conjunto de Thierry Anti não desistiu e marcou dois golos nos últimos instantes da primeira parte, levando o jogo para o intervalo com 14-12 para a equipa da casa.

Ao contrário da metade inicial, no segundo tempo foi o Sporting CP a entrar com tudo. Com golos de Francisco Tavares e de Arnaud Bingo, o empate foi reestabelecido com 14 golos para cada parte, mas três tentos consecutivos do CS Dinamo Bucareste voltaram a cavar um fosso entre as duas equipas.

Manuel Gaspar continuava a ser um dos melhores do Sporting CP e ajudou a que o emblema de Alvalade voltasse a recuperar até chegar a mais um empate a cerca de dez minutos do final. Em mais um livre de sete metros bem convertido, Francisco Tavares fez o 20-20 num período em que a turma verde e branca estava claramente por cima do encontro. No entanto, o CS Dinamo Bucareste voltou a responder em força com vários golos seguidos e com o guardião Saeid Heidarirad a voltar a aparecer com qualidade.

O Sporting CP reforçou a vontade de não desistir quando ficou a um golo de diferença a pouco mais de um minuto do fim (25-24), mas a vitória não foi possível. Assim, o CS Dinamo Bucareste triunfou por 26-24 e seguiu para os oitavos-de-final da EHF Champions League. O Sporting CP terminou a aventura europeia de 2019/2020, mas continua com objectivos internos bem definidos.

Esta quarta-feira, 4 de Março, os Leões recebem o FC Porto no Pavilhão João Rocha para o Campeonato Nacional, prova que lideram.

Foto Mário Vasa

Thierry Anti: “Espero uma vitória e a qualificação”

Por Sporting CP
29 Fev, 2020

Antevisão do decisivo jogo na EHF Champions League

É já este domingo que a equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal disputa a segunda mão do play-off de acesso aos oitavos-de-final da EHF Champions League em casa do CS Dinamo Bucareste. Apesar da desvantagem de um golo depois do jogo no Pavilhão João Rocha, Thierry Anti lembrou que “o objectivo é ganhar” em solo romeno.

“Na EHF Champions League não sabemos qual vai ser o resultado porque todas as equipas são muito boas. Contudo, espero um grande jogo da minha equipa, uma vitória e a qualificação”, disse à Sporting TV.

Para o francês, o ambiente que se vai viver no pavilhão do emblema da capital da Roménia vai tornar a tarefa Leonina mais complicada. Por isso mesmo vai ser necessário um Sporting CP concentrado e competente.

“O CS Dinamo Bucareste, em casa, vai lutar mais porque a atmosfera pode ser muito difícil aqui. Espero que os meus jogadores consigam manter o controlo. É muito importante ter o controlo porque tudo se pode resumir a uma bola na última jogada. Temos de ser inteligentes em algumas situações porque vai ser difícil”, frisou.

Thierry Anti lembrou ainda que o Sporting CP não esteve ao melhor nível “na primeira parte do primeiro jogo” e destacou aquilo que tem de ser melhorado. “Espero que a minha equipa consiga jogar melhor no ataque, com mais movimento para abrir a defesa, para jogar um contra um, para jogar com o pivô, para rematar. Temos de jogar com mais tempo no ataque e de ser mais fortes na defesa. Se possível, temos de utilizar os contra-ataques”, contou.

Marko Vujin também fez a antevisão ao que considera que “vai ser um grande duelo”. “Não podemos resolver o jogo nos primeiros minutos, vamos ter de lutar até ao fim. De certeza que vai estar um grande ambiente, mas já temos essa experiência. Espero que não voltemos a cometer alguns erros que aconteceram na primeira mão para conseguirmos jogar melhor”, disse o lateral-direito sérvio.

O experiente atleta falou ainda sobre os objectivos do Sporting CP para 2019/2020. “Passar a fase de grupos e chegar a este play-off era um objectivo e cá estamos. Mas queremos jogar bem amanhã e passar à próxima fase. Estamos em primeiro no Campeonato Nacional e queremos continuar nessa posição. O objectivo é termos boas prestações nas duas competições”, garantiu.

O CS Dinamo Bucareste vs. Sporting CP está marcado para as 15h30 (hora de Portugal continental) deste domingo, 1 de Março, tendo transmissão em directo na Sporting TV.

Páginas

Subscreva RSS - Andebol