Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Handball

Foto Pedro Zenkl

Luís Frade eleito o melhor jovem do mundo

Por Sporting CP
09 Jul, 2020

Andebolista de 21 anos esteve presente no último Europeu

Luís Frade, jogador da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, foi eleito o melhor jovem jogador do mundo, anunciou o site especializado Handball Planet, numa votação que incluiu apenas atletas nascidos antes ou durante o ano de 1998.

Aos 21 anos, o atleta dos Leões, que conta já no currículo com uma presença em Campeonatos da Europa, foi ainda eleito como o melhor pivô jovem do mundo.

Foto Mário Vasa

Manuel Gaspar: "É a recompensa pelo meu trabalho"

Por Sporting CP
05 Jul, 2020

Guarda-redes da equipa de andebol renova contrato com os Leões

Manuel Gaspar, guarda-redes da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, vai continuar a vestir de verde e branco na próxima temporada depois de ter chegado a acordo com o Clube verde e branco para renovar o contrato que unia as duas partes.

"É um sentimento óptimo poder renovar contrato com o Sporting CP. Esta é a recompensa pelo meu trabalho. É incrível e espero estar à altura das expectativas do Clube", começou por dizer o guardião em declarações ao Jornal Sporting.

Com apenas 21 anos, e depois de em 2018/2019 ter representado o Boa-Hora FC durante meia temporada, o guarda-redes oriundo da formação Leonina elogiou a aposta dos responsáveis verdes e brancos na prata da casa.

"Na próxima época o Sporting CP vai investir muito nos jovens da formação. O Salvador Salvador e o Joel Ribeiro, que estiveram um ano a rodar na primeira divisão, têm muita qualidade e vão ser mais-valias. Temos também o caso do Francisco Tavares, outro jogador que veio da formação e que espelha o bom trabalho que tem estado a ser desenvolvido", considerou.

Por fim, Manuel Gaspar apontou baterias à nova época que está prestes a começar e deixou uma promessa aos Sportinguistas. "O objectivo de todas as equipas do Sporting CP, seja em que modalidade for, é ser campeão e demonstrar um bom nível exibicional. Queremos sempre ganhar e vamos fazer de tudo para que isso aconteça na nova temporada. Posso prometer que vou dar tudo para estarmos sempre na liderança".

Comunicado Sporting Clube de Portugal

Por Sporting CP
02 Jul, 2020

Salvador Salvador e Joel Ribeiro

O Sporting Clube de Portugal informa que os jovens andebolistas Salvador Salvador e Joel Ribeiro, formados no nosso Clube, farão parte da equipa às ordens de Rui Silva para a temporada 2020/21.

Ambos os atletas cumpriram, em 2019/20, uma época de empréstimo ao serviço do Boa Hora FC.

De referir que as boas prestações valeram a Salvador Salvador uma pré-convocatória à Selecção Nacional.

O Sporting Clube de Portugal deseja aos atletas as maiores felicidades pessoais e profissionais neste regresso ao Clube.

Foto José Lorvão

Rui Silva: "Quero um Sporting CP que ganhe e jogue muito bem"

Por Sporting CP
02 Jul, 2020

Técnico de 36 anos assume o comando da equipa de andebol

Aos 36 anos, e depois de na época passada ter sido o braço direito de Thierry Anti, Rui Silva assume agora o comando técnico da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal. Em entrevista concedida à Sporting TV, o treinador, que conta no currículo com passagens pelo FC Porto e pela ADA Maia/ISMAI, admite que, apesar de ter plena noção da “responsabilidade” que é liderar o projecto Leonino, sente-se “preparado para dar alegrias aos adeptos”.

O cumprir de um sonho há muito esperado
“Sinto uma alegria enorme por ter alcançado um dos meus objectivos profissionais. Hoje é um dia muito feliz para mim, alcancei um objectivo que tinha traçado há muito tempo. Deixei de jogar aos 20 e poucos anos porque entendi que nunca conseguiria ser um jogador de topo. Na minha ideia, fazia sentido apostar na carreira de treinador pois, se o fizesse mais cedo, conseguiria um dia chegar a um clube de topo em Portugal”.

A próxima época
“A equipa do Sporting CP na próxima época será extremamente competitiva e candidata ao título. Vai lutar por todos os troféus nacionais e tentar chegar o mais longe possível na nova versão da Liga Europeia. Pode existir preocupação com a saída de alguns nomes, mas estamos a preparar um ciclo de renovação com atletas muito competitivos que vão continuar a dar alegrias aos adeptos e a mim dão-me muita segurança”.

A aposta na formação
“Esta ano vamos integrar no plantel dois atletas que foram cedidos na época passada e que já jogaram num clube da primeira divisão: o Salvador Salvador e o Joel Ribeiro. São atletas com muita qualidade que não vêm para fazer número, mas sim para acrescentar e ajudar a alcançar os nossos objectivos. Vamos também integrar quatro atletas dos juniores, apesar de um deles ter ainda idade de juvenil, porque acreditamos que o processo de crescimento do Clube passará muito pela integração de jovens talentos para que estes possam evoluir com os mais experientes”.

A aprendizagem e a amizade com Thierry Anti
“Trabalhar com Thierry Anti foi fantástico. Criámos uma grande empatia e, apesar de nenhum de nós conhecer o trabalho do outro previamente, percebemos que partilhávamos muitas das ideias de jogo que cada um tinha. Além disso, o Thierry tornou-se um grande amigo para a vida. Aprendi muito com ele no que diz respeito à gestão do ritmo de jogo porque ele vem de uma realidade diferente que é o campeonato francês”.

As competições europeias
“A nova Liga Europeia vai ser uma mini-Champions. O emagrecimento da EHF Champions League não permitiu que grandes nomes do andebol europeu como o Sporting CP pudessem integrar a prova. Vamos jogar com nomes como o Füchse BH ou SSC Karlsruhe da Alemanha, equipas que chegam sempre muito longe nas provas internacionais e que têm jogadores fantásticos. Também o AA León, nome grande do campeonato espanhol, vai estar presente, tal como o CS Dinamo Bucareste”.

O andebol depois da pandemia
“Este será um período em que todos os treinadores vão ter de reinventar-se porque não há literatura em relação a como preparar uma equipa depois de uma pandemia. O tipo de treino que eles têm mantido não é suficiente pois, como é óbvio, baixaram os índices de força e reactividade. Se adoptássemos o mesmo regime de pré-época que antes era habitual, as lesões seriam inevitáveis. Este ano vamos aumentar o período preparatório e vamos ter uma pré-época para a pré-época. Vamos começar com um período de quatro semanas para recuperar os atletas e em Agosto podemos começar a pré-época dita normal”.

O ambiente no Pavilhão João Rocha
“Recordo-me do primeiro jogo em casa e da música que é cantada no início. Fiquei arrepiado e comovido até. Os adeptos são o oitavo jogador, motivam muito a equipa. Sempre gostei do Clube, mas hoje tenho um carinho ainda mais especial porque os Sportinguistas apoiam-nos independentemente do resultado. Celebram quando ganhamos, mas quando as coisas não correm bem são os primeiros a apoiar, algo que não acontece em todos os grandes clubes. Quero vê-los a apoiar-nos ao vivo mal seja possível. Tudo faremos para podermos celebrar todos juntos no final da temporada”.

As ideias do treinador
“Acredito que o andebol se baseia em dois pontos muito importantes: defesa e contra-ataque. Se formos extremamente eficazes a defender e a contra-atacar, nunca vamos precisar do ataque. No entanto, vamos ter uma defesa muito agressiva e muito pressionante. Vamos acelerar na fase da transição ofensiva, queremos marcar muitos golos dessa forma. Quando isso não for possível, vamos trabalhar o ataque de forma inteligente e apelativa para quem assiste. Queremos um Sporting CP que ganhe, mas que também jogue muito bem”.

Comunicado Sporting Clube de Portugal

Por Sporting CP
01 Jul, 2020

Marko Vujin, Valentin Ghionea e Nemanja Mladenović

O Sporting Clube de Portugal informa que terminou a ligação que mantinha com os jogadores da equipa de andebol Marko Vujin, Valentin Ghionea e Nemanja Mladenović.

Aos três jogadores, o Sporting Clube de Portugal deseja as maiores felicidades pessoais e profissionais.

Comunicado Sporting Clube de Portugal

Por Sporting CP
01 Jul, 2020

Edmilson Araújo e Gonçalo Vieira

O Sporting Clube de Portugal informa que chegou a acordo para os empréstimos dos andebolistas Edmilson Araújo e Gonçalo Vieira para a temporada 2020/2021.

Edmilson Araújo vai actuar ao serviço do CS Minaur Baia Mare, da primeira liga da Roménia, enquanto Gonçalo Vieira vai evoluir com as cores do Fenix Toulouse, da primeira liga francesa.

Aos atletas, o Sporting Clube de Portugal deseja as maiores felicidades pessoais e profissionais para a próxima temporada.

Foto Museu Sporting

Dez anos de glória europeia

Por Sporting CP
29 maio, 2020

Andebol Leonino venceu EHF Challenge Cup neste dia em 2010

Foi a 29 de Maio de 2010, há exactamente dez anos, que o Sporting Clube de Portugal venceu a EHF Challenge Cup, tornando-se o primeiro emblema português a vencer uma competição europeia de andebol. A histórica conquista foi a cereja no topo do bolo de um palmarés brilhante da modalidade verde e branca, a quem só faltava um título continental.

No caminho até à final, o Sporting CP superou AO Dimou Thermaikou (Grécia), Stiinta Municipal Dedeman Bacau (Roménia) e RD Slovan (Eslovénia). O adversário na fase derradeira da prova foi o MMTS Kwidzyn, equipa oriunda da Polónia que havia eliminado o CD Xico Andebol nos quartos-de-final. A primeira mão realizou-se fora de casa e o Sporting CP venceu por 25-27, regressando a Portugal com boas perspectivas de atingir o objectivo.

Contudo, foi a segunda mão que ficou na memória de todos os Sportinguistas. Num Complexo Municipal dos Desportos Cidade de Almada completamente lotado e com uma atmosfera fenomenal, o Sporting CP triunfou por 27-26 e confirmou a conquista da EHF Challenge Cup. Foi mais um título europeu para o Clube e o primeiro no andebol.

Orientados por Paulo Faria, os Leões alinharam na segunda mão da final com Vladimir Petrić, João Pinto, Pedro Solha, Fábio Magalhães, Bosko Bjelanović, Mitja Lesjak, Bruno Moreira, Pedro Seabra, Ricardo Correia, Pedro Portela, Humberto Gomes, Ricardo Dias, Carlos Galambas e Hugo Rocha, tendo ainda estado presentes noutras fichas de jogo na competição Fernando Nunes, João Paulo Pinto e José Lopes. Com 57 golos, Pedro Solha foi o melhor marcador da competição.

Esta seria a primeira de duas EHF Challenge Cup conquistadas pelo Clube de Alvalade, que voltou a levantar o troféu em 2016/2017.

Dez anos depois, Paulo Faria recordou o momento passado em Almada e o seu significado. "Esta vitória veio dar o primeiro título europeu para clubes portugueses e serviu como afirmação de que, a nível europeu, o andebol existe em Portugal. (...) Depois desta conquista, criou-se o hábito de os clubes portugueses começarem a ter as competições europeias dentro dos seus objectivos", contou o técnico que liderou o Sporting CP na conquista da EHF Challenge Cup em 2010 em declarações à Sporting TV.

Paulo Faria, que, como jogador, representou o Sporting CP e a selecção nacional, entre outras equipas, não escondeu a satisfação pelo mediatismo e a atmosfera a que a final teve direito. "Na altura, sentimos um pouco o que sentem as equipas e os jogadores de futebol. Tivemos a imprensa desportiva e não desportiva a participarem diariamente no processo. Tivemos as televisões e uma grande manifestação de apoio. Sendo o Sporting CP um Clube de dimensão nacional, sentimos apoio de todo o lado. Vivemos um stress competitivo e positivo. O ambiente em Almada estava impressionante. Estava esgotado e se fosse no Pavilhão Atlântico estaria esgotado também. As pessoas tinham muita vontade de estar presentes naquele momento histórico", referiu.

Carlos Galambas, pivô do Sporting CP que venceu a EHF Challenge Cup em 2010, não tem dúvidas de que os Leões foram "a melhor equipa nessa competição". "Merecemos ganhá-la. Vencemos com todo o mérito e há que salientar sempre o facto de termos sido a primeira equipa portuguesa a conquistar uma competição europeia no andebol", referiu, lembrando depois a forma como foram recebidos pelos Sportinguistas em Almada.

"Estagiámos na Academia Sporting e estávamos ansiosos. A ida do pavilhão da Academia até Almada foi fantástica. Quando chegámos lá, parecia um jogo de futebol. Parecia um grande dérbi de futebol, mas era a final da EHF Challenge Cup. Os adeptos não nos deixaram ficar mal e foi um ambiente fantástico. Foi um dia que nunca mais vou esquecer", garantiu Carlos Galambas.

Foto José Lorvão

Thierry Anti: "Foi um prazer treinar os jogadores do Sporting CP"

Por Sporting CP
21 maio, 2020

Francês abordou saída do comando técnico do andebol em entrevista

De saída do comando técnico da equipa de andebol do Sporting CP, Thierry Anti abordou os motivos da sua partida numa entrevista concedida à Sporting TV, recordando ainda os oito meses em Lisboa, a luta pela liderança do campeonato e o apoio dos adeptos Leoninos.

Regresso a França

“Gostei muito de Portugal e do Sporting CP. As pessoas são extraordinárias, foi uma bela experiência, mas optei por voltar a casa, para junto da minha família”.

Sportinguistas ficam na memória

“Foi um prazer treinar os jogadores do Sporting CP. Também pelos adeptos, são fantásticos. Ouvi-los cantar antes de cada jogo foi incrível. Agora sou Sportinguista”.

Foco estava na conquista do campeonato

“Para mim, a derrota em casa frente ao FC Porto não foi um problema. Era melhor ter ganho, mas não estávamos bem naquela altura. Não tínhamos o Pedro Valdés, o Luís Frade estava limitado e foi uma decepção sermos eliminados da EHF Champions League. Ainda assim, estávamos motivados para a segunda fase. Não foi bom perder em casa contra o FC Porto, mas depois do jogo pensei que era uma boa motivação para o que aí vinha e que podíamos virar as coisas”.

Dois momentos especiais

“O segundo jogo contra o IK Sävehof e quando defrontámos o SL Benfica”.

Um agradecimento especial

“Obrigado ao Rui Silva (treinador-adjunto), que agora é meu amigo. Vou ficar com um excelente contacto com o Rui, temos a mesma ideia de trabalho”. 

O jogador que mais o surpreendeu

“É difícil mas, honestamente, o Frankis Carol é um jogador fantástico. É um super jogador, pode jogar em grandes clubes. Para mim, é um atleta especial. Foi um grande prazer treinar todos os jogadores. Espero que os Sportinguistas continuem a vir ao Pavilhão João Rocha apoiar a equipa. É possível que eu regresse para apoiar também”.

A aposta na formação

“Creio que ajudei os jogadores jovens e que lhes dei muita confiança. (…) Uma equipa como o Sporting CP deve ter jovens formados no Clube, eles precisam de jogar. O Manuel Gaspar progrediu muito, o Gonçalo Vieira precisa de confiança. O Francisco Tavares é muito técnico e há ainda Salvador Salvador e Joel Ribeiro. Há alguns jogadores muito interessantes”.

Um possível regresso a Portugal no futuro

“Sou Sportinguista. Mesmo que pudesse voltar a Portugal para treinar outra equipa, diria que não. A experiência em Portugal é o Sporting CP, para mim é assim”.

O que mais vai deixar saudades

“A atmosfera neste Pavilhão era especial, os adeptos cantavam durante todo o jogo. O que me vai fazer mais falta no Sporting CP é ver os jovens e menos jovens de verde e branco, é como se fosse uma pequena cidade dentro de Lisboa. Vai fazer-me falta o espírito da família Sporting”.

A relação com as outras modalidades

“Tinha muito boa ligação com os treinadores das outras modalidades. São bons técnicos e boas pessoas”.

O “jogador português”

“Para mim, o jogador português é muito técnico. Táctico também, mas por vezes está demasiado tranquilo. O jogador português deve ser mais exigente porque o campeonato tem jogos fáceis e alguns difíceis. Se o campeonato for mais difícil, os jogadores nacionais vão ser mais fortes”.

Foto Pedro Zenkl

Carlos Camões: "Tenho saudades da família Leonina"

Por Sporting CP
04 Abr, 2020

Técnico de equipamentos do andebol fala sobre o isolamento social

Numa altura em que o país e o mundo atravessam um momento complicado devido à pandemia de COVID-19, Carlos Camões, técnico de equipamentos da equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal, está em isolamento social juntamente com a mulher, Sandra, colaboradora na lavandaria do Multidesportivo do Estádio José Alvalade, e o filho, Eduardo, responsável pelos equipamentos da equipa de voleibol.

“O isolamento está a correr bem. Agora numa fase já mais adiantada, é um pouco aborrecido porque não temos liberdade para fazer o que quisermos. Saímos apenas para ir às compras, mas importa recordar que não é preciso trazer o supermercado todo, somente o que é necessário”, aconselhou Carlos Camões, admitindo depois que já sente “saudades da segunda família”.

Apesar de a mãe, Sandra, referir que todos têm passado “mais tempo juntos, o que não é possível numa época dita normal”, Eduardo lembra que há algo que lhe faz muita falta, apontando ainda quais as actividades preferidas da família para passar o tempo.

“Pratico desporto e, neste momento, não posso fazê-lo com tanta regularidade. Ainda assim, a internet ajuda a manter o contacto com os familiares e nos tempos livres temos assistido a séries e filmes para nos distrairmos. Entretanto, a minha mãe e o meu irmão vão fazendo bolos”, revelou, deixando depois bem patente aquilo de que sente mais saudades neste momento.

“Tenho muita vontade de regressar ao Pavilhão João Rocha, de sentir aquele ambiente, reencontrar os jogadores, assistir à competição e experienciar a adrenalina antes dos jogos com o pavilhão cheio. Tudo isso e, ainda, voltar a ouvir o ‘Mundo sabe que’”, concluiu.

Foto José Lorvão

Fase final começa na Luz

Por Sporting CP
11 Mar, 2020

Definidos jogos decisivos do Campeonato Nacional Placard

Realizou-se esta quarta-feira o sorteio da fase final do Campeonato Nacional Placard, com a equipa de andebol do Sporting Clube de Portugal a ficar a saber que vai visitar o rival SL Benfica na jornada inaugural.

O dérbi está marcado para o próximo dia 21 de Março, sendo que a deslocação à Dragão Arena, casa do FC Porto, vai acontecer na terceira jornada. O último jogo da fase final, que termina em Maio, vai acontecer no recinto do CF "Os Belenenses".

Os Leões começam a fase final na segunda posição com 38 pontos, menos um do que o FC Porto.

Confira todas as jornadas e as respectivas datas provisórias:

1.ª jornada (21/03)
SL Benfica vs. Sporting CP

2.ª jornada (28/03)
Sporting CP vs. ABC

3.º jornada (01/04)
FC Porto vs. Sporting CP

4.ª jornada (08/04)
AA Águas Santas vs. Sporting CP

5.ª jornada (11/04)
Sporting CP vs. CF "Os Belenenses"

6.ª jornada (25/04)
Sporting CP vs. SL Benfica

7.ª jornada (02/05)
ABC vs. Sporting CP

8.ª jornada (09/05)
Sporting CP vs. FC Porto

9.ª jornada (13/05)
Sporting CP vs. AA Águas Santas

10.ª jornada (16/05)
CF "Os Belenenses" vs. Sporting CP

Páginas

Subscreva RSS - Andebol