Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Athletics

Foto César Santos

“Tenho de agradecer ao Sporting CP por me apoiar sempre”

Por Jornal Sporting
13 Ago, 2018

Nelson Évora chegou esta tarde a Lisboa e no meio de uma calorosa recepção, fez questão de agradecer ao Clube

Nelson Évora, o mais recente campeão europeu de triplo salto, chegou na tarde desta segunda-feira ao aeroporto de Lisboa e foi recebido com uma chuva de aplausos e alegria dos portugueses presentes, que o deixaram sem palavras.

“É sempre muito bom poder voltar a casa e ver este brilho nos olhos das pessoas, que estão tão felizes por nos receber. É sempre especial”, começou por dizer.

O atleta leonino, que conseguiu ontem (domingo) o feito que faltava na sua carreira, com a marca de 17,10 metros, a melhor desta época, deixou uma palavra aos adeptos verdes e brancos. “É impossível ver tudo, mas tenho realmente de dar valor àqueles que me apoiam e tenho de agradecer a todos os Sportinguistas e ao próprio Sporting CP por me apoiar sempre”, referiu, prosseguindo com um agradecimento ainda mais especial ao Clube.

“Algo que não ninguém sabe, foi que quando houve o Campeonato de Clubes, eu era uma das peças fundamentais para o Sporting CP. Tendo tido um pequeno problema físico, o Sporting CP dispensou-me para poder ter a tranquilidade de recuperar. Tenho de agradecer essa compreensão, até porque se calhar, se fosse outro clube, isso não teria acontecido. Precisei dessa paz e aqui está a recompensa. Um muito obrigado”, vincou.

Para terminar, Nelson Évora fez questão de responder aos críticos que o ‘chutavam para canto’. “Vou estar sempre fora de moda, não me importo. Eu não sigo a moda, a moda é que me segue. Temos de fazer o que nos compete, desfrutar ao máximo e não estar preocupado com o que os outros pensam. Se somos bem-sucedidos, se fazemos aquilo que gostamos, vale a pena”, concluiu.

Foto Mário Vasa

Évora de ouro

Por Jornal Sporting
12 Ago, 2018

Atleta leonino é o novo campeão europeu de triplo salto, com a sua melhor marca da época. Era o título que lhe faltava, juntando ao ouro olímpico e mundial

Nelson Évora conquistou, neste domingo, a medalha de ouro no triplo salto, em Berlim. A representar Portugal, o atleta do Sporting CP fez a marca de 17,10m e alcançou título europeu que lhe fugia.

O agora campeão europeu tinha-se apurado para a final com a sexta marca e tinha em Copello, do Azerbaijão, o adeversário directo. Apesar de ter passado grande parte da final na frente de Évora, o azerbaijano viu o atleta potuguês ultrapassá-lo na quinta tentativa e sagrar-se campeão com o seu melhor salto da temporada (17,10m).

Foto Mário Vasa

Um salto bastou a Nélson Évora

Por Jornal Sporting
10 Ago, 2018

Atleta do Sporting CP conseguiu o apuramento para a final do triplo salto dos Europeus de Berlim

Com apenas um salto válido, Nélson Évora garantiu, na sexta posição, o apuramento para a final de triplo salto dos Campeonatos da Europa de atletismo, com a marca de 16,62 metros. Relembrar que o atleta leonino participa nestes Europeus com a terceira melhor marca do ano (17,05 metros). Évora disputa a final da disciplina a 12 de Agosto.

Após ficar fora das finais dos 100 metros, Lorene Bazolo carimbou, esta sexta-feira, um lugar nas meias-finais dos 200m. Com a marca de 23,60 segundos, a atleta do Sporting CP apurou-se na quarta posição, sendo que volta a entrar em acção ainda hoje.

A competir nos 4x400 metros femininos, Cátia Azevedo e Dorothée Évora não conseguiram ir além das meias-finais da prova. Com a marca de 3.33,35 minutos, juntamente com Rivinilda Mentai, Joceline Monteiro, ficaram-se pelo sétimo lugar na tabela classificativa.

 
Foto José Cruz

Evelise Veiga e Irina Rodrigues nas finais do Europeu

Por Jornal Sporting
09 Ago, 2018

Cátia Azevedo foi eliminada da meia-final dos 400m em Berlim

No quarto dia de provas do Campeonato da Europa de Atletismo, em Berlim, Evelise Veiga conquistou o apuramento para a final do salto em comprimento.

Igualando o recorde nacional de sub-23, a atleta do Sporting Clube de Portugal qualificou-se na 12.ª posição, com a marca dos 6,61 metros, tornando-se na segunda atleta a chegar às finais da especialidade, depois de Naíde Gomes.

"Na final, vou tentar desfrutar do meu trabalho, tentar melhorar o meu recorde pessoal, que é o recorde nacional sub-23. Este é um ambiente fantástico que nos dá mais motivação. Estarmos aqui com atletas que já conquistaram medalhas olímpicas e mundiais, logo no meu primeiro Europeu, é muito bom", afirmou.

À semelhança da saltadora, também Irina Rodrigues alcançou o apuramento para a final no lançamento do disco. Com a marca dos 59,22 metros, no terceiro ensaio, a atleta leonina garantiu o 4.º lugar na competição.

"Naquele momento, nem queria acreditar. Depois, o sentimento de que valeu a pena tanto trabalho, tanto sacrifício, tantas lesões. A felicidade de estarmos duas portuguesas, pela primeira vez, numa final do disco. É um sinal de que estamos a crescer", sublinhou.

Cátia Azevedo foi a última atleta do Sporting CP a entrar em acção para disputar a primeira meia-final dos 400 metros. Terminando na oitava posição, com a marca dos 52,23 segundos, não conseguiu carimbar o tão desejado apuramento para a final.

“Não sei o que dizer. Há dias assim, tive uma perda de energia devido a uma alteração fisiológica e não cheguei onde pretendia, que era a final”, revelou.

Fora das finais dos 400 metros, a leoa volta a entrar em acção amanhã, às 12h40, para ajudar a equipa portuguesa na estafeta de 4x400 metros femininos.

 
Foto Mário Vasa

Cátia Azevedo na meia-final dos 400m

Por Jornal Sporting
08 Ago, 2018

Atleta leonina fez o seu segundo melhor tempo de sempre, com 51,84 segundos no Europeu de Berlim

No terceiro dia de prova, foi a vez de Cátia Azevedo, Patrícia Mamona, Sara Ribeiro, Sara Moreira, Inês Monteiro - a representar Portugal - e Svitlana Kudzelich - pela Bielorrússia - entrarem em acção.

De manhã, Cátia Azevedo conseguiu o segundo lugar na eliminatória e qualificou-se para a meia-final dos 400m, com o seu melhor tempo da época (51,84 segundos).


No triplo salto, Patrícia Mamona foi eliminada, não indo além dos 12.92m no terceiro salto. A actual campeã da Europa da disciplina despediu-se de Berlim na 16.° posição.


Nos 10.000m, o Sporting CP esteve representado pelas restantes quatro atletas. Sara Ribeiro acabou a prova em 32.53,71 minutos, ficando em 10.° lugar, enquanto Sara Moreira e Inês Monteiro desistiram da final, sendo que a atleta Svitlana Kudzelich terminou na oitava posição, com um tempo de 32.46,34 minutos.


Amanhã, entram em pista nos Europeus, além de Cátia Azevedo, Evelise Veiga, no salto em comprimento, e Irina Rodrigues, no lançamento do disco.

Foto Mário Vasa

Europeus de Berlim

Por Jornal Sporting
07 Ago, 2018

Participações de Yazaldes Nascimento, Carlos Nascimento e Lorene Bazolo

No segundo dia de provas do Campeonato da Europa de Atletismo, os três leões classificados para as meias-finais dos 100 metros entraram no Olímpico de Berlim para defenderem o seu tempo.

Yazaldes Nascimento foi o terceiro classificado na segunda meia-final dos 100 metros, com o tempo de 10.22 segundos, este que foi o seu melhor tempo da época, ficando a apenas 0,20 segundos de chegar à derradeira prova. Na primeira meia-final, Carlos Nascimento terminou em sexto, com a marca de 10.31 segundos, também terminando a sua prestação na competição.

O mesmo aconteceu a Lorene Bazolo que, a competir nos 100 metros femininos, arrecadou o oitavo lugar da primeira meia-final, com o tempo de 11.46 segundos.

Da parte da manhã, João Vieira viu-se obrigado a desistir dos 50 quilómetros de marcha, devido a problemas nos gémeos.

Foto D.R.

Três atletas apurados para as meias-finais dos 100 metros

Por Jornal Sporting
06 Ago, 2018

Yazaldes Nascimento, Carlos Nascimento e Lorene Bazolo em grande no primeiro dia de competição

Esta segunda-feira fica marcada pelo início da participação dos leões no Campeonato da Europa de Atletismo, em Berlim. Yazaldes Nascimento, Carlos Nascimento e Lorene Bazolo foram os primeiros atletas leoninos a competir, na prova de 100 metros, garantindo a presença nas meias-finais da competição, que se irão realizar amanhã (terça-feira), pelas 18h30.

Yazaldes Nascimento foi o primeiro a entrar em acção, conseguindo o primeiro lugar na segunda série, ao terminar os 100 metros em apenas 10.33 segundos. Já Carlos Nascimento ficou com o segundo lugar da classificação, na quinta série da mesma prova, com o mesmo tempo do companheiro.

Lorene Bazolo fechou o dia e atingiu o quinto lugar na série dois dos 100 metros femininos, com a marca de 11.51 segundos, conseguindo qualificar-se por tempo.

Amanhã, além das meias-finais, atenção ainda para a estreia de João Vieira, nos 50 quilómetros de marchas, pelas 7h35.

Foto D.R.

14 leões presentes em Berlim

Por Jornal Sporting
06 Ago, 2018

Participação no Campeonato da Europa de Atletismo conta com a luta por medalhas

Começa hoje (segunda-feira) a participação leonina no Campeonato da Europa de Atletismo, em Berlim. A competição, que conta com 14 atletas verdes e brancos em representação da Selecção Nacional, é uma das mais importantes da época desportiva.

Patrícia Mamona, que irá competir no triplo salto – começando a sua participação no próximo dia 8 de Agosto – lançou a sua ambição, depois de boas prestações. “Os últimos resultados dão mais confiança, mas é mais uma coisa psicológica. Tinha wild card para Europeus, que era uma coisa que queria ir. Depois da minha lesão tive sempre fé de que iria conseguir, mas o facto de conseguir os mínimos e de saltar duas vezes 14 metros esta época, que para mim foi basicamente mês e meio, foi muito positivo. É uma marca que me dá confiança para uma final que é aquilo que estou à procura neste momento e depois de uma final tudo pode acontecer”, começou por dizer, prosseguindo com um comentário a onde pode chegar em Berlim.

“Primeiro, tenho de chegar à final. Não posso falar de uma final se ainda não estou lá, porque acho que o mais importante é mesmo isso, ainda por cima para uma pessoa que nestas competições internacionais tem tendência para se exaltar e saltar. Nesta não posso jogar pelo seguro, porque o seguro é inconstante. Espero estar num bom pico de forma”, confessou a leoa.

Também a atleta Sara Moreira, que irá competir nos 10.000 metros (8 de Agosto), comentou a participação neste que é o seu quinto Europeu. “Tenho os pés na terra. Estou muito grata por estar novamente no Europeu. Sabemos que, a este nível, não é fácil e eu já tive experiências muito negativas, por isso estar presente é sempre altamente motivador. A fase de adaptação ao novo treinador já aconteceu, apesar disso, em termos de resultados desportivos, poderá não se reflectir. De qualquer forma, estou tranquila. Fiz a preparação que tínhamos delineado, portanto é desfrutar do momento, dar o meu melhor e que o meu melhor chegue para aquilo que ambiciono”, explicou.

Para uma prova tão competitiva, a atleta leonina confessou existirem muitas adversárias a ter em consideração. “À partida somos todas candidatas. Obviamente sei de alguns nomes que são, como eu, candidatas. Ser candidata vale o que vale. É preciso é chegar lá e corre tudo bem e estar com cabeça no sítio para conseguir superar-me e conseguir um bom resultado”, finalizou.

 

Foto Mário Vasa

Lorene Bazolo atinge a melhor marca da temporada

Por Jornal Sporting
29 Jul, 2018

Atleta leonina conquista o bronze no Meeting Internacional de Luxemburgo

A competir no Meeting Internacional de Luxemburgo, Lorene Bazolo, octocampeã no Campeonato Nacional de Clubes de pista ao ar livre, voltou a mostrar a garra que tanto a caracteriza ao conquistar a medalha de bronze e a melhor marca da temporada de 11,33 segundos, nos 100 metros.

A 23 milésimos de segundo da primeira classificada, a atleta do Sporting Clube de Portugal ficou atrás da vencedora Kristal Awuah (11,20) e da segunda classificada Philip Asha (11,31).

Foto D.R.

Oito lideranças individuais e uma colectiva em sub-23

Por Jornal Sporting
29 Jul, 2018

Campeonato Nacional de esperanças, em Guimarães, terminou com saldo positivo para os leões

Decorreu este fim-de-semana (28 e 29 de Julho) as provas do atletismo sub-23, que tiveram lugar em Guimarães. Com uma delegação de 65 atletas, o Clube conseguiu alcançar oito primeiros lugares individuais e um colectivo (feminino) no último dia de competição.

No feminino, o Sporting CP atingiu o primeiro posto cinco vezes nas individuais, ficando também em primeiro no colectivo com um total de 188 pontos.

No triplo salto, Jéssica Barreira ficou no primeiro lugar do pódio ao fazer a marca de 12,45m, tendo sido também esta a classificação da atleta no lançamento do dardo com 46,28m. Sara Duarte, nos 5000m, fez um tempo de 17.40,30 minutos, sendo líder na prova. Nos 800m, Salomé Afonso correu 2.07,64 minutos, ganhando esta prova e, ainda, as estafetas 4x100 juntamente com as colegas Carina Vanessa, Beatriz Gameiro e Carina Paim(3.55,31 minutos).

No segundo posto da classificação, ficaram Cláudia Ferreira, no lançamento do dardo com 44,49m, e Carina Vanessa, nos 200m (25,17 segundos). Para fechar os pódios Femininos, Catarina Karas, a competir no 100m barreiras (14,36 segundos), e Eveline Sanches, nos 200m (25,25 segundos).

Nas provas masculinas, as contas também foram satisfatórias. Onze pódios, ficando em segundo no colectivo da competição com 145 pontos.

No primeiro lugar, Jorge Moreira, nos 3000m obstáculos, registou uma marca de 9,13.77 minutos, sendo acompanhado no pódio – terceiro posto – por Diogo Rosário que completou a prova em 9,19.99 segundos. Já Oleksandr Lyushchenko saltou 7,24m, alcançou a liderança do comprimento. Edujose Lima lançou o disco a 55,92m e atingiu a primeira classificação e o companheiro da modalidade Mykyta Sudashov ficou em terceiro ao registar 47,59m.

Com o lançamento do martelo a 60,45m, Miguel Carreira ficou no segundo lugar, a mesma posição do colega de Clube Francisco Barreto que, no salto em altura, atingiu a marca dos 2,08 m seguido do atleta Nélson Pinto que ficou em terceiro com 2,03m. Edson Gomes, nos 100m barreiras, alcançou um tempo de 14,68 segundos e o consequente segundo posto, assim como João Pinto que fez 200m em 21,79 segundos.

Além dos pódios, outros atletas leoninos alcançaram honrosos lugares, com quatro quartos lugares no feminino – Joana Ogura (triplo salto), Lília Martins (5000m), Rita Ribeiro (800m) e Mariana António (100m Barreiras) - e um quarto lugar no masculino – equipa estafetas 4x100m, Martim Faustino, João Teixeira, Miguel Tapadas e Gonçalo Santos - a somar aos bons resultados registados.

Encerrou com chave de ouro mais um fim-de-semana do atletismo jovem do Sporting CP.

Páginas

Subscreva RSS - Atletismo