Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Foto José Lorvão

Bicampeões da Europa

Por Sporting CP
16 Nov, 2019

37.º título europeu para o Sporting CP

O Sporting Clube de sagrou-se este sábado Bicampeão Europeu de judo ao vencer a Liga dos Campeões da modalidade. A prova disputou-se no Pavilhão Multiusos de Odivelas e os Leões bateram na final os russos do Yawara-Newa por 3-2.

Tudo começou com uma vitória de grande nível nos quartos-de-final contra os georgianos do Golden Gori, equipa que estava entre o lote dos favoritos. Kherlen Ganbold começou por bater Vazha Margvelashvili por ippon nos -66kg, com João Fernando (-73kg) a ceder pela margem mínima contra Lasha Shavdatuashvili.

Seguiu-se um fenomenal triunfo de João Martinho sobre Luka Maisuradze em -81kg. O adversário até se colocou na frente, mas João Martinho respondeu com um ippon que levantou os muitos adeptos presentes no recinto. A vitória chegou no combate seguinte, com Nikoloz Sherazadishvili (-90kg) a bater Beka Gviniashvili por ippon. Numa luta para cumprir calendário em +90kg, Jorge Fonseca perdeu com Gela Zaalishvili e as contas ficaram fechadas com 3-2 a favor do Clube de Alvalade.

Nas meias-finais, o Sporting CP encontrou os russos do Ratiborets, tendo vencido por 4-1. David Reis perdeu o primeiro combate com Muloradzhab Khalifaev em -66kg, mas João Fernando (ippon, -73kg), Frank de Wit (ippon, -81kg), Nikoloz Sherazadishvili (ippon, -90kg) e Jorge Fonseca (waza-ari, +90kg) superaram Gamzat Zurgaraev, Alim Kalaev, Ekubzhon Nazirov e Dmitrii Dovgan, respectivamente.

Por fim, e já à tarde, chegou a grande final numa reedição do derradeiro duelo da edição de 2018 contra o Yawara-Newa (Rússia). Kherlen Ganbold começou da melhor maneira e bateu Zelimkhan Ozdoev por ippon no ponto de ouro, tendo João Fernando sido derrotado por Denis Iartcev no seguimento.

Pedia-se uma vitória Leonina para voltar a estar na frente e foi precisamente o que João Martinho fez. Numa luta muito combativa contra Denis Kalinin, o atleta verde e branco pontuou um waza-ari no ponto de ouro e levou o Multiusos de Odivelas - que estava muito bem composto - ao rubro.

Nikoloz Sherazadishvili entrou em cena sabendo que um triunfo garantia mais um título europeu para o Sporting CP. Khusen Khalmurzaev até conseguiu um waza-ari, mas o espanhol do emblema de Alvalade mostrou o que sabe, empatando o marcador, primeiro, e marcando um ippon, mais tarde. Rebentou a festa no pavilhão, com a equipa e os adeptos a festejaram a conquista da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo.

Por fim, Jorge Fonseca defrontou Anton Krivobokov e perdeu por 3-2, mas o mais importante estava feito. O Sporting CP voltou a chegar ao topo da Europa do judo e adicionou mais um título continental ao palmarés, amealhando agora 37.