Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Sporting renova parceria com Iguarivarius

Por Jornal Sporting
05 Ago, 2015

Ligação entre entidades dura há mais de dois anos

O Sporting Clube de Portugal e o grupo IGV/Iguarivarius renovaram a sua ligação através da assinatura de um memorando de entendimento e um protocolo, que visa o apoio às modalidades olímpicas e ainda um patrocínio concreto ao judo ‘leonino’.

Mário Lino, presidente do grupo Iguarivarius, mostrou-se satisfeito com o acordo alcançado. “O apoio corresponde a uma das acções da nossa actividade, neste caso ligada à responsabilidade social da empresa. O Sporting é um grande Clube nacional, europeu e mundial e com um palmarés muito grande na área do judo. O nosso accionista principal e presidente executivo foi também campeão nacional na modalidade e por isso é uma honra estarmos em parceria com o Sporting” confessou.

Já Vicente Moura, vice-presidente 'leonino' para as modalidades, destaca a importância do protocolo. “Está em vigor há praticamente dois anos e tem sido muito profícuo e importante. É um apoio constante ao judo português, com o financiamento para competições internacionais e para os atletas. Tem permitido alcançarmos resultados muito importantes a nível nacional e internacional”, explicou o responsável pelas modalidades ‘verde e brancas’.

Pavilhão João Rocha já começou!

Por Jornal Sporting
03 Ago, 2015

Obras arrancaram hoje e terminam em Março de 2017

Agosto é um mês de férias mas nem por isso centenas de pessoas deixaram de circular entre o Multidesportivo de Alvalade e a zona envolvente do Estádio. E, para os mais atentos, hoje foi um dia especial: arrancaram as obras relativas ao futuro Pavilhão João Rocha, com as primeiras escavadoras e camiões na área onde nascerá a Cidade Sporting.

As intervenções irão agora decorrer até Março de 2017, data prevista para a inauguração da obra. O Pavilhão e restante projecto estarão concluídos no final de 2016, havendo depois o período normal de vistorias, ligações de ramais e licenças de utilização.

A construção assegurada pela Ferreira Build Power, com a coordenação geral da Ficope, contará não só com um Pavilhão com capacidade para 3.000 lugares, além de um campo de jogos de 7 e mais dois de 5. Haverá ainda espaço para a nova Loja Verde, com 400 metros quadrados, e a extensão tecnológica do Museu Mundo Sporting (600 metros quadrados), entre muitas outras funcionalidades explicadas na última Assembleia Geral.

De referir também que continua em aberto a Missão Pavilhão, que permite a todos os Sócios e adeptos ‘leoninos’ a hipótese de gravar para sempre o seu nome na história do Clube através do Mural que irá nascer junto ao Pavilhão João Rocha.

Loja Verde com horário alargado

Por Jornal Sporting
30 Jul, 2015

Portas abertas até à meia-noite no dia do Troféu Cinco Violinos

A Loja Verde terá o seu horário de funcionamento alargado no próximo sábado, dia 1 de Agosto, com as portas a ficarem abertas até à meia-noite.

Recorde-se que, nesse dia, irá realizar-se no Estádio José Alvalade o Troféu Cinco Violinos frente à Roma, depois da habitual apresentação do plantel aos Sócios.

Falar de coerência e de quem é ‘expert’

Por Jornal Sporting
27 Jul, 2015

Bruno de Carvalho abordou vários temas da actualidade

Bruno de Carvalho, Presidente do Sporting, abordou hoje vários temas da actualidade, do chumbo das propostas votadas em assembleia geral da Liga na Federação às declarações de Luís Duque, passando ainda pelo estágio na África do Sul, o plantel ‘verde e branco’ e o patrocínio das camisolas. Começando pelo primeiro tema, o líder ‘leonino’ explicou, “com factos”, as diferenças em relação ao presidente da Liga.
 
“Ontem fui claro que era necessário haver alguma calma e ponderação. No entanto, o presidente da Liga achou preferível ofender o presidente de um clube, clubes esses que deveria defender. Gosto de falar de factos: os clubes, que são a força motriz do futebol e do negócio, trabalharam durante meses para alterar vários pontos a nível de arbitragem e de disciplina. Todos sabem que o presidente da Liga é também o vice-presidente da Federação. Portanto, ou se esforçou pouco, demonstrou desrespeito pelos clubes e é incompetente, ou se esforçou muito e mostrou que não é capaz. Podia entrar em frases feitas mas prefiro falar das coisas em que é um ‘expert’: sair do Clube em 10.º ou 12.º lugar, ele tem experiência e eu não; sair e ter processos de gestão danosa, passando pelo Conselho Fiscal e ficando suspenso de Sócio tem grande conhecimento e eu não; ser apoiado e gostar por uma pessoa que por outras palavras disse que era um vigarista há uns anos; estar impedido de sair do País quando era autarca, ele sabe e eu não. Costuma recordar que foi campeão mas numa altura em que o passivo passou de 27 para 500 milhões de euros”, começou por comentar Bruno de Carvalho.
 
“Cheguei ao Sporting com um Clube dividido, fracturado, após a pior época desportiva de sempre, conseguimos um segundo lugar, a qualificação para a Liga dos Campeões, e depois um terceiro lugar e uma vitória na Taça de Portugal. Este é um currículo mais invejável e demonstra quem conhece o mundo do futebol e quem consegue uma boa gestão. Factualmente, percebe-se quem vive no mundo do futebol e quem está no faz de conta. É preciso real vontade de mudar e que se cinjam a factos”, complementou.
 
Recusando a escalpelizar o mercado, Bruno de Carvalho garantiu que “os objectivos de reforçar a equipa foram cumpridos, não se prevendo nenhuma saída”, mas referiu que “é preciso reflectir por causa das lesões”. Ao mesmo tempo, o Presidente do Sporting falou da importância do estágio na África do Sul e das primeiras semanas de Jorge Jesus.
 
“Era o que esperávamos, as coisas estão a correr bem, vamos crescendo mas ainda longe de onde queremos estar. Vencer é sempre bom mas queremos sobretudo estar preparados para as provas a sério, na Supertaça, no ‘playoff’ da Champions e no início do Campeonato. Ainda estamos longe do que queremos mas estamos satisfeitos”, comentou, acrescentando: “É sempre positivo pela relação íntima que temos com a África do Sul, pelas delegações e pela ligação a Nelson Mandela. É importante sentir o carinho e o reconhecimento. Vamos abrir mais duas academias em Nelspruit e em Joanesburgo, além daquela que já temos. Sabemos que se o jogo tivesse sido em Joanesburgo teríamos muitos mais pessoas e estádio cheio mas tenho a certeza que as pessoas estarão mais atentas na próxima edição”, salientou.
 
A propósito do patrocínio das camisolas, Bruno de Carvalho explicou que o Clube está em negociações. “O Sporting tem de saber valorizar a sua marca. Não podemos fechar os contratos de qualquer maneira. Percebo a preocupação das pessoas mas o patrocínio vai ser feito, demorando mais ou menos tempo. O importante é defender a grandeza da marca do Sporting e os seus interesses e direitos. Estamos a fazer o trabalho como gostamos: com calma, de forma séria. Valor? Não sei. Mas temos a certeza que se o Sporting fechar um contrato milionário vai ter de o dizer à CMVM, porque assim mandam as regras. Se não for comunicado à CMVM, é porque não se calhar não foi milionário”, comentou o líder ‘leonino’.

“O futebol está virado para os interesses”

Por Jornal Sporting
25 Jul, 2015

Bruno de Carvalho comenta chumbos da AG da Federação

Bruno de Carvalho, Presidente do Sporting, aproveitou o dia para fazer uma visita ao Cabo da Boa Esperança, cenário que acabou por servir para o líder ‘leonino’ comentar o chumbo das propostas da Liga de Clubes na assembleia geral extraordinária da Federação Portuguesa de Futebol, a propósito do sorteio como forma de escolha dos árbitros e as mudanças no Regulamento Disciplinar que se encontra hoje em vigor.

“Esta decisão na assembleia geral da Federação é uma derrota para os clubes e mostra que Luís Duque e os seus pares não defenderam os interesses dos mesmos. O que quero dizer é em nome dos clubes, do Sporting e dos amantes de futebol. O Cabo da Boa Esperança foi um local de desgostos, monstros e adamastores mas Bartolomeu Dias acreditou e conseguiu passar a sua boa esperança”, referiu o Presidente ‘leonino’.

“Estamos num mundo de hipocrisia e incompetência. Os delegados não faziam a mínima ideia do que estava a ser falado em relação ao sorteio dos árbitros e ao regulamento disciplinar. Fica a impressão de que a Federação está de costas voltadas com os clubes e que os clubes não têm ninguém que os defenda. É importante perceber o que quer dizer tudo isto e esperar que cheguem outros Bartolomeus Dias. Houve um revés grande hoje, não para o Sporting mas para o futebol”, acrescentou Bruno de Carvalho.

Depois, o líder ‘verde e branco’ escalpelizou a decisão e explicou a falta de sentido na mesma. “O que a Federação faz é a utilização dos activos dos clubes e depois está de costas voltadas para os clubes. Tudo foi muito ponderado por todos os intervenientes mas os clubes não têm quem os defenda. O futebol está virado para os interesses. Que o novo presidente da Liga não seja ultrapassado pelos outros nas votações. Quem legisla tem de entender que é mentira quando se diz que o futebol é o que os clubes querem. Estas alterações foram rejeitadas num local que emana do público. Devem estar a pensar que vão jogar com os jogadores deles. Se não houver clubes também não há selecções nem negócios”, salientou o Presidente do Sporting.

“É preciso perceber o que é o mundo do futebol. Devemos analisar tudo isto com ponderação mas lutar por um presidente que defende os clubes sem ser algo hipócrita. Também aqui se achava ser impossível passar e isso acabou por acontecer. O futebol português merece crescer e não ter os seus clubes falidos”, rematou.

História de Martunis sensibiliza Pacquiao

Por Jornal Sporting
24 Jul, 2015

Lutador partilha ligação nas redes sociais

O ‘boxeur’ Manny Pacquiao, um dos maiores desportistas mundiais, mostrou-se sensibilizado com a história de Martunis, o jovem indonésio que sobreviveu a um tsunami em 2004 e a quem o Sporting cumpriu o sonho de vida, dando-lhe a possibilidade de se fazer homem no Clube que formou o seu ídolo, Cristiano Ronaldo.

Pacquiao, eleito lutador da década de 2000 pela Associação de Escritores de Boxe da América (BWAA), partilhou, na sua página oficial de Facebook, uma ligação que conta a história de Martunis, desde o tsunami que o celebrizou, até ao seu ingresso na Academia, em Alcochete, anunciado na II Gala Honoris Sporting. Em poucas horas, a publicação já tinha excedido os 13 mil gostos.

Nesse texto, salientam-se as palavras de Martunis durante a apresentação – em que sublinha que o Sporting cumpriu o seu sonho de vida – mas também o intuito dos ‘leões’, explicado pelo Presidente do Clube, Bruno de Carvalho: “O Martunis vai trabalhar na Academia. Vamos trabalhar também no seu desenvolvimento como ser humano e homem”. É também possível ver uma imagem de Martunis no Estádio José Alvalade.

Recorde-se que Martunis tinha apenas seis anos quando, em Dezembro de 2004, a terra tremeu em Banda Aceh, no extremo Norte da Ilha de Sumatra, numa das maiores tragédias naturais da história, que o fez perder a mãe e os dois irmãos. Foi encontrado perdido e desidratado com uma camisola da Selecção Nacional portuguesa e, mais tarde, assumiu-se fã do Sporting, por ter sido o Clube que formou o seu ídolo, Cristiano Ronaldo.

Em 2005, a história sensibilizou o próprio Ronaldo, que fez questão de conhecer Martunis, de ajudar a pagar as suas despesas de educação e de lhe dar conta da sua admiração por o jovem viver com um drama pessoal que poucos adultos teriam força para ultrapassar. Agora, na Academia, o jovem de 17 anos terá todos os meios para se tornar um novo homem.

Loja Verde com horário de Verão

Por Jornal Sporting
22 Jul, 2015

Alterações em vigor até ao final de Agosto

A Loja Verde arrancou esta semana com o horário de Verão, que manterá até ao próximo dia 30 de Agosto.

Assim, aos domingos o espaço passa a encerrar às 18h, em vez das habituais 14h

Governo timorense visita Sporting

Por Jornal Sporting
22 Jul, 2015

Estádio, Museu e Academia foram os pontos de passagem

O Secretário de Estado de Timor-Leste, Leovigildo Hornai, fez-se acompanhar pela sua comitiva numa visita institucional às instalações do Sporting Clube de Portugal, numa óptica de estreitar relações entre o governo timorense e o Clube de Alvalade.

Vicente Moura, vice-presidente das modalidades ‘leoninas’, que representou o Presidente Bruno de Carvalho neste encontro, referiu-se à importância do encontro entre as partes. “Esta é uma visita no âmbito da aproximação do Sporting com núcleos e com as entidades estatais de nações amigas. Hoje o caso concreto é Timor-Leste, onde temos uma filial Sportinguista. O Secretário de Estado da Juventude e do Desporto visitou-nos e tinha curiosidade para conhecer ‘in loco’ as condições de trabalho do Sporting e a sua dimensão. Ficaram impressionados e deixaram uma mensagem expressiva no livro de honra do Museu”, explicou o dirigente, mostrando ainda confiança no futuro desta ligação. “Em breve poderemos trocar instrumentos de colaboração e protocolares para renovar e fortalecer os laços com Timor-Leste. Naturalmente que o país tem jogadores de grande talento, pois tanto nascem lá como cá em Portugal e é importante que o Sporting esteja sempre atento e informado sobre os talentos que vão surgindo em todo o Mundo”, concluiu.

Já Bruno Mascarenhas, vogal para a expansão e núcleos do Clube, explicou como se deu o encontro. “Tivemos a informação da visita do senhor Secretário de Estado a Portugal e sabemos que o país está agora a reerguer-se, a criar as suas infra-estruturas e a fazer uma grande aposta no desporto. Tem uma população jovem e ávida da prática desportiva. Tendo em conta as relações históricas que temos, a filial Sporting Clube de Timor que conta com uma presença histórica e muito bem posicionada no país, fazia todo o sentido ter aqui o senhor Secretário de Estado e a sua comitiva. Queremos ter uma relação mais próxima com filial e as instituições timorenses”, evidenciou.

Do lado timorense, Leovigildo Hornai explica o interesse timorense no Sporting. “A intenção da visita foi para ver de perto o desenvolvimento da Academia Sporting. O Clube tem muita qualidade e um grande Estádio. Da parte do governo de Timor-Leste que tutela o desporto, queríamos fazer esta visita para ver de perto qual a possibilidade de uma cooperação de futuro”, disse, aproveitando a oportunidade para agradecer a simpatia ‘leonina’. “A hospitalidade foi um ponto alto, com o máximo de atenção por parte do vice-presidente e da estrutura do Clube”, elogiou, mostrando ainda um plano bem traçado para o futuro do país. “Em Timor queremos continuar a investir no futebol para promover o talento dos nossos jovens timorenses, de forma a estarem prontos para competir a nível internacional. Vamos discutir a possibilidade de uma futura relação com o Sporting para desenvolver os clubes nacionais. Estamos na era do Sporting. É um ano em grande para o Clube, com grandes contratações”, concluiu o Secretário de Estado.

Por fim, Augusto Inácio, o novo director das relações internacionais do Clube de Alvalade, falou com agrado da visita do governo timorense. “Foi uma honra receber o senhor Secretário de Estado de um país que é praticamente novo. O Sporting está sempre disponível para procurar os princípios de um novo país. Veio conhecer o Estádio e a Academia e, dentro do que podemos fazer, vamos intensificar as relações entre as partes. Mas nada como visitar ‘in loco’ as condições e este foi um intercâmbio muito bom. Estamos sempre disponíveis para ajudar neste aspecto. Agora faz sentido um segundo encontro para saber exactamente aquilo que Timor quer”, rematou.

Apresentação no Troféu Francisco Stromp

Por Jornal Sporting
22 Jul, 2015

Andebol, futsal e hóquei entram em acção em torneio de pré-época

Disputa-se, nos próximos meses de Agosto e Setembro, o Troféu Francisco Stromp, torneio de pré-época que vai servir de apresentação para as equipas de andebol, futsal e hóquei em patins.

A formação de andebol ‘leonina’ terá como adversário o BM Ciudad Encantada, emblema de Cuenca que milita na Liga ASOBAL. Já o futsal vai defrontar o vice-campeão espanhol El Pozo Murcia e o hóquei terá pela frente os espanhóis do Hockey Club Liceo, da Corunha.

As partidas de andebol e futsal realizam-se no mesmo dia, a 25 ou 26 de Agosto – falta ainda definir a data exacta em função do jogo do ‘playoff’ de acesso à Liga dos Campeões de futebol – sendo certo que se realizarão no Pavilhão Multiusos de Odivelas, às 19h30 e 21h30, respectivamente.

Já o plantel de hóquei em patins entra em acção no dia 19 de Setembro, no Pavilhão do Livramento.

Esta será, sem dúvida, mais uma grande oportunidade de assistir ao vivo aos jogos de preparação das nossas modalidades.

“Agora há rigor, método e planificação”

Por Jornal Sporting
18 Jul, 2015

Entrevista de Bruno de Carvalho no ‘Jornal de Notícias’

“Agora há rigor, método e planificação”, destacou o líder ‘leonino’ em relação aos dois anos de constante evolução do Clube. “Não se gere uma instituição com a grandeza e os pergaminhos do Sporting por espasmos. Os tempos mudaram. Já estávamos a preparar tudo para fazer um investimento nesta época para lutarmos pelo título”, acrescentou.

Ao longo da entrevista, Bruno de Carvalho enalteceu o papel dos Sócios na forma como apoiaram o projecto desde que foi eleito, em Março de 2013, e frisou o orgulho por ocupar o cargo. “Foram eles (os Sócios e adeptos) e a sua inquebrável união em torno do projecto, que lhes prometemos para o Clube, que nos permitiram sermos hoje um Clube, se calhar o único em Portugal, equilibrado financeiramente. E isso com uma gestão transparente em que tudo é conhecido dos Sócios”, referiu. “Todos os mandatos são uma enorme responsabilidade. O Sporting é a minha vida. Não utilizo esta frase como um desabafo ou um queixume por não ter tempo para mais nada mas como um grande motivo de orgulho por me darem a oportunidade de fazer do meu amor a minha vida”, complementou nesta parte da conversa de três páginas.

Em relação ao futebol, e à semelhança do que já tinha destacado na véspera ao Canal do Clube, o Presidente do Sporting reforçou que a SAD ‘verde e branca’ não tem necessidade de vender ninguém e elogiou as primeiras semanas de trabalho da estrutura do futebol, com Jorge Jesus, Octávio Machado e Manuel Fernandes. “Eu e Jorge Jesus temos trabalhado juntos muito bem. Temos muito em comum, desde logo uma paixão intensa pelo futebol e um amor incondicional pelo Sporting e, claro, um objectivo muito forte que nos une desde a primeira hora: lutar por títulos”, comentou. “Octávio Machado e Manuel Fernandes vieram trazer um ‘know how’ que lhes é reconhecido e reforçaram a estrutura de apoio ao treinador e ao Presidente. Com a circunstância de serem três regressos a casa, daqueles que já se comenta serem os ‘Três Grandes’”.

Por fim, Bruno de Carvalho abordou também a questão do sorteio dos árbitros. “Foi aprovado na Assembleia da Liga. Quando existe qualidade, o sorteio não tem de ser receado. O sorteio não é um objectivo encerrado em si próprio, é o caminho de não ter medo de procurar a credibilização do futebol e a criação e manutenção do conceito de luta pela verdade desportiva. Não é contra os árbitros, é a favor dos árbitros”, explicou.

Páginas

Subscreva RSS - Notícias