Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

Taxonomy term

Foto José Lorvão

Márcia Pardal reforça voleibol feminino

Por Sporting CP
24 Jul, 2019

Sporting CP com nova contratação

Aos 20 anos, Márcia Pardal é a mais recente contratação da equipa de voleibol feminino do Sporting Clube de Portugal. A central chega a Alvalade oriunda da Lusófona Voleibol e garantiu estar muito orgulhosa por usar o Leão ao peito.
 
"É muito gratificante estar num Clube desta dimensão. Quero representar da melhor forma o voleibol feminino. (...) Ainda tenho muito para aprender e quero fazer isso no Sporting CP. Quero lidar com tudo com empenho e trabalho", começou por dizer ao Jornal Sporting.

Revelando que viu "alguns jogos" da equipa verde e branca na época passada e que "tinha algumas amigas a jogar na equipa", Márcia Pardal considerou que a secção fez "um grande trabalho" ao chegar à primeira divisão. "Quero dar continuidade a esse esfrço", reforçou.
 
Por fim, Márcia Pardal demonstrou estar a par das metas de quem representa o Clube de Alvalade. "O Sporting CP tem objectivos bem definidos. Quero contribuir ao máximo para os alcançarmos. Vou dar o meu melhor", concluiu.

Amanda Cavalcanti é Leoa

Por Sporting CP
21 Jul, 2019

Central vai integrar o plantel do voleibol feminino

Amanda Cavalcanti é a mais recente contratação da equipa de voleibol feminino do Sporting Clube de Portugal. A central, proveniente do AE Pedro E. Lobato, vai integrar o plantel das campeãs nacionais da segunda divisão.

A atleta Leonina revelou que tem “muitas espectativas em relação a esta época” e acredita que a equipa é forte o suficiente para “conseguir conquistar os títulos” que vai disputar.

Amanda sabe que o Sporting CP “luta por todos os títulos, é um grande Clube e muito reconhecido”. “Para além de que acredito que temos uma boa equipa e boa estrutura, o que nos vai ajudar a alcançar os objectivos”, acrescentou.

Enquanto atleta, Amanda sabe que “por ser jovem”, vai ter a oportunidade de “crescer bastante enquanto atleta, e sei que isso vai ser possível no Sporting CP”. A voleibolista revelou ainda que “essa foi uma das razões por ter sido uma aposta” e que vai “trabalhar muito para evoluir para conseguir triunfar”.

A central verde e branca já partilhou o balneário com algumas das futuras colegas, e sabe que é “uma equipa bastante disposta a trabalhar, com muita garra e vontade de vencer”.

Terminou deixando algumas palavras aos Sportinguistas: “queria dizer que estou muito contente por me terem dado a oportunidade de representar o Sporting CP, vou trabalhar ao máximo para ajudar a equipa e acredito que conseguirei fazê-lo, e espero contar com o apoio de todos”.

Bruna Gianlorenço reforça voleibol

Por Sporting CP
19 Jul, 2019

Leoas com mais uma cara nova

Bruna Gianlorenço é reforço da equipa de voleibol feminino do Sporting Clube de Portugal. A jogadora brasileira já falou com o Jornal Sporting e mostrou-se bastante satisfeita pela chegada a Alvalade.
 
"A expectativa é a melhor possível. Todos sabemos que o Sporting CP é o maior Clube de Portugal. É um Clube que tem vindo a fazer tudo da melhor maneira para chegar ao mais alto escalão.
Já tenho noção da dimensão do Clube, já a conhecia do Brasil, mas fiquei a perceber ainda melhor quando vim para Portugal há duas épocas", disse a atleta de 30 anos.
 
Tal como Ana Couto, distribuidora que foi recentemente contratada pelo Sporting CP, Bruna Gianlorenço foi campeã nacional em 2018/2019 ao serviço do Leixões SC. "Saber que ia estar na mesma equipa que a Ana Couto pesou na minha escolha, até porque a qualidade dela é indiscutível. Tem tudo para ser uma reedição do que foi no Leixões SC. Sabemos trabalhar juntas e isso é meio caminho andado", explicou.
 
Jogando habitualmente na zona 4, Bruna Gianlorenço tem como principal qualidade a recepção e a defesa. "Não sou muito alta, meço apenas 1,71 metros, mas tenho uma grande impulsão. Tenho como principal característica jogar com qualidade no fundo da quadra. Para mim, a recepção e a defesa são primordiais. O Rui [Pedro Costa, treinador das Leoas] disse que começa o jogo pensar na recepção, o que é bom", admitiu.
 
Por fim, a Leoa falou do Pavilhão João Rocha e deixou uma mensagem aos Sportinguistas. "Tive a experiência recente de assistir a um jogo de futsal e foi, para mim, uma das melhores atmosferas que já vi. Em toda a minha carreira nunca tinha sentido nada parecido e estava de fora. Acredito que, estando dentro, vai ser incrível. A entrega vai ser sempre total. O Sporting CP tem esta grandiosidade porque todos vivem o Clube. (...) Podem esperar mais do que 100% de entrega dentro e fora das quatro linhas. Já vivo o ambiente do Sporting CP desde o dia em que percebi que fazia parte desta família. Nunca vai faltar entrega e dedicação. Podem esperar por títulos e espero que nos apoiem", concluiu.

Foto José Lorvão

João Fidalgo vai continuar de Leão ao peito

Por Sporting CP
15 Jul, 2019

Líbero verde e branco renovou com o Sporting CP

João Fidalgo, jogador de voleibol do Sporting Clube de Portugal desde 2017/2018, prolongou o seu vínculo contratual com o Clube de Alvalade e não escondeu o regozijo que sente por continuar a representar os Leões. “Sinto um orgulho muito grande por ter sido um dos felizardos a jogar no Sporting CP aquando do regresso da modalidade de voleibol ao Clube há dois anos atrás. Agora começa um novo ciclo: já sentíamos o carinho por parte dos Sportinguistas nos jogos e quando treinávamos em Lisboa; tínhamos contacto com os atletas das outras modalidades e com as pessoas do Clube... Mas agora tudo isso vai passar a ser o nosso dia-a-dia e estamos com grandes expectativas!”, João acrescentou que “esta mudança será muito importante para todos nós, talvez não tanto para os atletas portugueses que conhecem a dimensão do Clube, mas principalmente para aqueles que estão a chegar e que vão perceber que é preciso respeitar o símbolo que trazem ao peito diariamente, com trabalho e com as vivências diárias”.

Relativamente a Gersinho, o novo treinador dos Leões, o jogador verde e branco acredita que o técnico trará “novas ideias”, o que “gera entusiasmo aos atletas”. João destacou ainda que “não é segredo para ninguém que o Hugo Silva fez um excelente trabalho no Sporting CP, fomos campeões nacionais logo no 'ano zero', mas o Clube e o treinador entenderam que era altura de mudar e nós atletas temos de estar preparados para isso. Obviamente que essa mudança gera alguma expectativa de conhecer novas metodologias de trabalho e isso faz sempre com o que os atletas evoluam”.

O líbero Leonino reconhece que o plantel vai “'misturar' alguns jovens com muito potencial e afirmados num panorama nacional, com algumas caras novas que vêm principalmente do Brasil, também eles jogadores com excelentes referências. E agora há sempre o período de adaptação a esta nova realidade e às ideias do treinador”.

João Fidalgo garantiu aos Sportinguistas que “da nossa parte não faltará o trabalho, o empenho e a raça que esperam ver em campo e no trabalho diário... Mas só o tempo dirá que tipo de resposta é que podemos dar. Claro que a nossa expectativa e a do Sporting CP será sempre lutar pela conquista de todas as competições em que o Clube está inserido e o voleibol não vai fugir à regra, vamos prometer isso mesmo, luta e entrega em todas as frentes porque queremos regressar aos títulos, queremos dar essas alegrias aos adeptos... Os momentos que vivemos quando conquistámos o título nacional foram inesquecíveis e é nisso que vamos estar focados, é isso que queremos oferecer aos Sportinguistas”.

Foto Mário Vasa

Sorteios dos Campeonatos Nacionais de Voleibol

Por Sporting CP
13 Jul, 2019

Conheça os adversários dos Leões e Leoas para 2019/2020

Realizou-se na manhã deste sábado, 13 de Julho, os sorteios dos Campeonatos Nacionais de voleibol masculino e feminino referentes à nova época, com as equipas do Sporting Clube de Portugal a ficarem a conhecer os oponentes que vão defrontar nos respectivos campeonatos.

Os seniores masculinos, que competem no Campeonato Nacional Honda e que vão tentar recuperar o título de campeão nacional perdido na época passada, iniciarão a sua caminhada em casa no dia 19 de Outubro. As seniores femininas, que na temporada passada conquistaram o campeonato nacional da segunda divisão, ascendendo desta forma à divisão principal do voleibol português, começarão o seu percurso a 13 de Outubro.

1.ª volta Campeonato Honda (seniores masculinos):

1.ª jornada
19.10.2019 Sporting CP vs. SC Caldas
2.ª jornada
26.10.2019 Sporting CP vs. Leixões SC
3.ª jornada
27.10.2019 Sporting CP vs. Vitória SC 
4.ª jornada
01.11.2019 Sporting CP vs. Famalicense AC 
5.ª jornada
03.11.2019 Esmoriz GC vs. Sporting CP
6.ª jornada
09.11.2019 VC Viana vs. Sporting CP
7.ª jornada
16.11.2019 Sporting CP vs. Castelo Maia GC
8.ª jornada
20.11.2019 Sporting CP vs. CN Ginástica
9.ª jornada
23.11.2019 Sporting CP vs. SL Benfica
10.ª jornada
24.11.2019 AAS Mamede vs. Sporting CP 
11.ª jornada
01.12.2019 AJ Fonte Bastardo vs. Sporting CP 
12.ª jornada
*
13.ª jornada

14.12.2019 SC Espinho vs. Sporting CP

*O calendário fornecido pela Federação Portuguesa de Voleibol não contempla o Sporting CP na 12.ª jornada

1.ª volta Campeonato Nacional da I Divisão (seniores femininos):

1.ª jornada
13.10.2019 GC Vilacondense vs. Sporting CP 
2.ª jornada
20.10.2019 Sporting CP vs. AV Famalicão
3.ª jornada
26.10.2019 Leixões SC vs. Sporting CP
4.ª jornada
27.10.2019 Boavista FC vs. SPORTING CP
5.ª jornada
03.11.2019 Sporting CP vs. CD AVES
6.ª jornada
10.11.2019 AJM/ FC Porto vs. Sporting CP
7.ª jornada
17.11.2019 Sporting CP vs. Clube Kairos
8.ª jornada
23.11.2019 Sporting CP vs. Castelo Maia GC 
9.ª jornada
24.11.2019 Porto Volei vs. Sporting CP
10.ª jornada
01.12.2019 Sporting CP vs. SC Braga
11.ª jornada
08.12.2019 CF Belenenses vs. Sporting CP

Ana Couto no Sporting CP

Por Sporting CP
13 Jul, 2019

Jogadora de voleibol reforça Leoas

A distribuidora Ana Couto é a mais recente contratação da equipa de voleibol feminino do Sporting Clube de Portugal. Na hora de falar pela primeira vez como atleta verde e branca, Ana Couto não escondeu a satisfação de representar o Clube do coração.

"Estou muito contente por fazer parte do Sporting Clube de Portugal. Sou Sportinguista desde pequenina e é o realizar de um sonho de criança. O entusiasmo está no máximo. O Sporting CP é um dos grandes clubes em Portugal e conseguir pertencer à equipa é óptimo. Enquanto jogadora da selecção nacional e actual campeã nacional, chegar ao Clube é muito gratificante", começou por explicar a jogadora de 28 anos.

Ana Couto chega ao Sporting CP depois de ter vencido as três últimas edições do Campeonato Nacional ao serviço do Leixões SC. Agora, o objectivo é fazer o mesmo no Clube de Alvalade. "Alcancei o tricampeonato no Leixões SC, mas conseguir continuar a ganhar no Clube que apoio desde pequenina é um sonho e um objectivo", garantiu.
Admitindo ter "acompanhado o percurso da equipa sénior feminina" e conhecer "algumas jogadoras", a internacional lusa destacou um "projecto muito aliciante". "É uma equipa que vai lutar pelos lugares de cima e é onde eu mais desejo estar", acrescentou.

Sobre o Pavilhão João Rocha, a atleta destacou a atmosfera criada pelos adeptos Leoninos. "Vi há pouco tempo um jogo de futsal no Pavilhão João Rocha e estava-me a arrepiar na bancada. Imagino quando jogar com um ambiente desses... toca-me no coração, sendo Sportinguista", lembrou, descrevendo-se como uma atleta com “sangue frio”. "Costuma-se dizer que sou a estratega da equipa. Sou bastante aguerrida e lutadora. Nos momentos da verdade é preciso ter sangue frio para se tomar as decisões certas", referiu.

Por fim, Ana Couto deixou uma mensagem aos Sportinguistas. "Estou bastante orgulhosa por poder pertencer a um Clube como o Sporting CP. Da minha parte, podem esperar muita dedicação, esforço e entrega, até porque é o meu Clube do coração", concluiu.

Marluci Toazzi é Leoa

Por Sporting CP
10 Jul, 2019

Zona 4 vai reforçar a equipa de voleibol feminino

Marluci Toazzi, atleta brasileira de 31 anos, proveniente do Kv M-Technologie Prishtina Volley [Kosovo] e que joga na zona 4, vai rumar à capital portuguesa para integrar o plantel de voleibol feminino do Sporting Clube de Portugal.

“Estou muito contente por fazer parte do Sporting CP, sei que em 2017 o voleibol feminino regressou ao Clube e que a equipa fez um bom percurso desde a terceira divisão até à conquista do campeonato da segunda divisão e respectiva ascensão à primeira, portanto tenho muito orgulho em jogar por um Clube tão renomeado em Portugal e internacionalmente e poder fazer parte da história do Sporting CP juntamente com as minhas colegas e equipa técnica deixa-me muito feliz ”.

Enquanto jogadora, Marluci assume que prefere “o lado técnico e habilidoso” e que está pronta para “ajudar o nosso Sporting CP”.

Na época de 2017/2018, Marluci jogou pelo Atlético Voleibol Clube Famalicão na primeira divisão do Campeonato Nacional, onde adquiriu experiência e conhecimento do voleibol português: “É bastante gratificante estar novamente na primeira divisão em Portugal e poder ajudar as minhas colegas vai ser muito bom”. Marlucci é das jogadoras com mais experiência na equipa: “Em termos de dedicação e entrega à equipa, ao Clube, aos treinos e aos jogos, depois na questão táctica no que conseguir ajudar, farei o meu melhor... Mas o que importa realmente é a equipa, a nossa união, e a experiência também traz isso, e nesse aspecto espero poder ajudar”.

Marluci revelou estar “muito ansiosa” pelo dia em que se vai estrear na Casa das Modalidades Leoninas: “Já ouvi muitas coisas boas sobre os adeptos do Sporting CP, que realmente são fiéis e que estão sempre presentes independentemente da modalidade, proporcionando uma energia maravilhosa. Estou muito ansiosa por poder desfrutar disso e não tenho duvidas de que os adeptos serão o nosso 13.º jogador e que nos vão ajudar”.

A jogadora verde e branca garantiu aos Sportinguistas “muita dedicação e empenho para conquistar todos os objectivos do Clube”.

 

Foto António Vale

Renovações em busca do título

Por Sporting CP
09 Jul, 2019

Seis jogadoras de voleibol feminino prolongam ligação

Depois das conquistas dos Campeonatos Nacionais da III (2017/2018) e da II Divisão (2018/2019), a equipa de voleibol feminino do Sporting Clube de Portugal apresenta-se em 2019/2020 com o objectivo de triunfar no mais alto escalão da modalidade a nível nacional. Para isso, seis Leoas prolongaram as respectivas ligações ao Clube.
 
Natali Herasymiv, Daniela Loureiro, Beatriz Rodrigues, Matilde Saraiva, Bárbara Pereira e Kate Yeazel renovaram os respectivos contratos pela equipa verde e branca, tendo demonstrado, na hora de assinar os respectivos vínculos, muito orgulho e felicidade por continuar em Alvalade.


 
"É excelente para nós, enquanto atletas, representar um grande Clube. Atingimos o auge máximo do voleibol e queremos levar o Sporting CP onde merece. Estando no Sporting CP, não podemos prometer menos do que o melhor. Queremos continuar a lutar por títulos. O que podemos dizer aos adeptos é que vamos estar em todos os jogos com a máxima entrega e dedicação", começou por dizer Daniela Loureiro ao Jornal Sporting. "Para nós, os adeptos terem estado no Pavilhão João Rocha foi espectacular e uma ajuda extra para lhes darmos o presente final. Este ano queremos o mesmo ou mais", acrescentou.
 
Já Matilde Saraiva destacou o prazer de jogar pelo "Clube do coração". "Desde que nasci que sou Sportinguista e que acompanho o Clube. É um sonho tornado realidade representar o meu Clube do coração. Sou uma atleta muito dedicada, focada e exigente, pelo que podem contar com o meu máximo. Como equipa, somos muito trabalhadoras e estamos focadas no objectivo final", frisou a Leoa.


 
Bárbara Pereira mostrou-se "muito feliz por dar continuidade a um projecto" onde está desde a última época. "Fomos Campeãs Nacionais e o objectivo para 2019/2020 é o mesmo, mas numa fasquia mais elevada", garantiu, com Natali Herasymiv a concordar com a meta para a temporada que aí vem. "Sinto-me muito feliz. Não estava à espera desta oportunidade. A adaptação foi um pouco complicada porque nunca tinha jogado na II Divisão, mas vou crescer e evoluir. Vou dar o meu máximo e tudo o que puder para tentarmos ganhar o campeonato", frisou.


 
Por fim, Beatriz Rodrigues admitiu ser "uma honra" estar no mais alto escalão com o Sporting CP. "Representar o Sporting CP é simplesmente incrível. Desde pequenina que sou Sportinguista e é uma honra estar neste Clube e na melhor divisão do voleibol. Tivemos muito trabalho desde o início da época e nem toda a gente percebe o que passámos, mas unimo-nos e conseguimos o título. Este ano vai ser igual para ficarmos em primeiro lugar", começou por contar, falando ainda do apoio Leonino. "A assistência nos nossos jogos foi aumentando ao longo da época e isso ajudou-nos bastante. Espero ter mais este ano", concluiu.

Francisco Pombeiro reforça voleibol

Por Sporting CP
05 Jul, 2019

Distribuidor Leonino está “ansioso por se estrear no Pavilhão João Rocha”

Francisco Pombeiro chegou para reforçar a equipa de voleibol Sporting Clube de Portugal. O distribuidor proveniente da AJ Fonte do Bastardo está feliz por estar “inserido num grande projecto”: “Queremos ganhar tudo em que estivermos inseridos. O objectivo é mesmo esse: vencer todas as competições. Da minha parte, prometo dar o maior contributo possível e tentar aprender ao máximo com os mais experientes deste grupo”.

Como atleta, o jogador de voleibol de 23 anos valoriza o facto de encarar “cada ponto se como fosse o último”: “Gosto de vibrar com o jogo. Não gosto, nem consigo, estar no meu melhor nível se não estiver a vibrar com a bancada. (...) Gosto bastante de sentir uma grande envolvência e visto que o Sporting CP costuma ter sempre muitos adeptos a assistir aos jogos, acho que vai ser muito bom para mim e acredito que os Sportinguistas também vão gostar bastante desta postura”.

Francisco anseia pelo dia em que se vai estrear no Pavilhão João Rocha com a listada verde e branca: “Sempre que joguei no pavilhão enquanto adversário, quando começava a parte d' «O Mundo Sabe Que» com todos os Sportinguistas a cantarem e com os cachecóis no ar, mesmo fazendo o máximo de esforço possível para estar concentrado no jogo, há sempre aqueles arrepios e o sonho de um dia poder jogar num Clube assim, e não podia estar mais feliz por saber que da próxima vez que os adeptos cantarem todos juntos e erguerem os cachecóis, vão estar a puxar pela minha equipa”.

Em relação à temporada que se avizinha, o agora distribuidor Leonino afirmou que o Sporting Clube de Portugal é a “equipa que mais potencial tem para evoluir no campeonato”, tudo devido às contratações e às renovações que têm vindo a ser realizadas. “Sei que temos muitos jovens portugueses com grande potencial e num Clube grande como o Sporting CP deve-se sempre apostar nisso, numa equipa a longo prazo e com muita margem de progressão, e essa é uma característica muito positiva da nossa equipa este ano. O facto de também termos jogadores experientes vai proporcionar uma ligação muito boa (…) entre atletas que podem acrescentar algo ao jogo devido à sua juventude e os mais velhos que estarão lá para nos fazer evoluir mais”, referiu o atleta verde e branco.

Gil Meireles reforça voleibol Leonino

Por Sporting CP
03 Jul, 2019

O agora líbero Leonino sente que “foi um objectivo cumprido”

Gil Meireles, líbero de 24 anos, chegou para reforçar a equipa de voleibol do Sporting Clube de Portugal. O agora atleta verde e branco falou com o Jornal Sporting, afirmando que “chegar a este nível foi um objectivo cumprido”.

O voleibolista, que na época transacta representou o Esmoriz GC, explicou que jogar com João Fidalgo é algo que o entusiasma: “Em todos os Clubes por onde passei, era quase sempre certo de que iria fazer parte da equipa que iria jogar no fim-de-semana, e foram raras as vezes em que isso não acontecia. Estar num Clube como Sporting CP e ter um 'rival' como o João [Fidalgo] é muito bom para a minha evolução.”

Outro foco de motivação é o apoio dos Sportinguistas no Pavilhão João Rocha: “Sempre gostei de ter a atenção do público. Durante a minha formação adorava grandes finais porque o pavilhão estava cheio e a envolvência é outra. No Sporting CP não é preciso haver um jogo importante para o pavilhão estar composto. É muito bom, é sinal que o voleibol está vivo.”

Páginas

Subscreva RSS - Voleibol